sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Lição 7 - Eu Sei em Quem Tenho Crido, 1 parte

Lição 7 - Eu Sei em Quem Tenho Crido, 1 parte
3º trimestre de 2015 - A Igreja E O Seu Testemunho - As Ordenanças De CRISTO Nas Cartas Pastorais
Comentarista da CPAD: Pr. Elinaldo Renovato de Lima
Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva
Questionário
NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
 
 
TEXTO ÁUREO
"[...] porque eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele Dia." (2 Tm 1.12)
 
 
VERDADE PRÁTICA
O crente, assim como o líder, precisa ter convicção de sua chamada e de sua condição de salvo em JESUS CRISTO.
 

LEITURA DIÁRIA
Segunda - Pv 25.13 O mensageiro fiel para com os que o enviam
Terça - At 24.14 Crendo em tudo quanto está escrito na Lei e nos Profetas
Quarta - Jo 6.69 Crendo em JESUS CRISTO, Filho de DEUS
Quinta - 1 Co 4.2 Os despenseiros devem ser achados em fidelidade
Sexta - 1 Tm 1.12 Para que o nome do Senhor JESUS CRISTO seja glorificado
Sábado - Hb 10.22 Crendo com inteira certeza de fé e tendo o coração purificado
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - 2 Timóteo 1.3-8; 2.1-4
2 Tm 1.3 - Dou graças a DEUS, a quem, desde os meus antepassados, sirvo com uma consciência pura, porque sem cessar faço memória de ti nas minhas orações, noite e dia; 4 - desejando muito ver-te, lembrando-me das tuas lágrimas, para me encher de gozo; 5 - trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Loide e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em ti. 6 - Por este motivo, te lembro que despertes o dom de DEUS, que existe em ti pela imposição das minhas mãos. 7 - Porque DEUS não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação. 8 - Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes, participa das aflições do evangelho, segundo o poder de DEUS,
2 Tm 2.1 - Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em CRISTO JESUS. 2 - E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros. 3 - Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de JESUS CRISTO. 4 - Ninguém que milita se embaraça com negócio desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.
 
OBJETIVO GERAL
Evidenciar que, uma das provas de que o líder é chamado por DEUS, refere-se a sua capacidade de suportar o sofrimento por amor a CRISTO.
 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Refletir a respeito das orações e ação de graças em favor da liderança.
Saber que o líder e o crente necessitam ter convicções fortes em DEUS.
Compreender que o sofrimento também faz parte da vida cristã.
 
INTERAGINDO COM O PROFESSOR
Prezado professor, a partir desta lição estaremos estudando a respeito da Segunda Epístola de Timóteo. É importante ressaltar que esta foi a última carta de Paulo. Esta epístola foi escrita em uma época em que os crentes estavam enfrentando uma forte oposição por parte do imperador Nero. Paulo estava sob a custódia do governo romano, sendo tratado como um criminoso comum e abandonado por alguns amigos (1.15). O apóstolo tinha consciência de que sua carreira estava chegando ao fim, porém diante de todas as adversidades e sofrimentos, ele não perdeu a esperança. Paulo se despede do amigo Timóteo, exortando-o a perseverar na fé cristã como um bom soldado cristão.
 
PONTO CENTRALO líder precisa ter segurança de sua salvação em JESUS CRISTO.
 
Resumo da Lição 7 - Eu Sei em Quem Tenho Crido
I - ORAÇÕES E AÇÃO DE GRAÇAS (1.3-5)
1. "Ao amado filho" (v. 2).

2. A sensibilidade de Paulo.
3. A fé de Timóteo (v. 5).
II - A CONVICÇÃO EM DEUS (v.v. 6-14)
1. Dons espirituais (v. 6).
2. "ESPÍRITO de fortaleza, e de amor, e de moderação" (v. 7).
3. Apóstolo dos gentios (v. 11).
III - UM CONVITE AO SOFRIMENTO POR CRISTO (2.1-13)
1. O fortalecimento na graça (v. 1).
2. Soldado de CRISTO (v. 3).
3. O lavrador (v. 6).
 
SÍNTESE DO TÓPICO I - Paulo ora e agradece a DEUS pela vida de Timóteo, seu filho na fé.
SÍNTESE DO TÓPICO II - O pastor, assim como os crentes, necessita ter convicção de sua salvação em JESUS CRISTO.
SÍNTESE DO TÓPICO III - A nossa fé em JESUS não nos isenta de enfrentar perseguições e sofrimentos.
 
 
RESUMO RÁPIDO DO Ev. HENRIQUE
I - ORAÇÕES E AÇÃO DE GRAÇAS (1.3-5)
1. "Ao amado filho" (v. 2).
 Para Paulo Timóteo não era apenas um filho na fé, mas um filho mesmo, pois este viveu anos sem seus parentes com Paulo cuidando dele e educando-o intelectualmente e espiritualmente.
2. A sensibilidade de Paulo. Paulo amava e demonstrava esse amor com ações e palavras.
3. A fé de Timóteo (v. 5). Do mesmo que Paulo teve uma infância estudando a Palavra de DEUS e depois em sua juventude com Gamaliel, Timóteo além de aprender no Judaísmo, também aprendeu com sua avó Lóide e com sua mãe Eunice a fé cristã, a pura revelação da palavra de DEUS pelo ESPÍRITO SANTO. Fe não fingida quer dizer fé que produz almas. Fé sem obras é morta (Tiago)
II - A CONVICÇÃO EM DEUS (v.v. 6-14)
1. Dons espirituais (v. 6). Timóteo recebera um dom do ESPÍRITO SANTO pela imposição do mãos do presbitério e por Paulo em particular, mas devido a sua timidez, o guardara para si. Paulo o exorta a exercitar esse dom, pois isso não só atestava seu ministério mas também abençoava as pessoas.
2. "ESPÍRITO de fortaleza, e de amor, e de moderação" (v. 7). É preciso ser homem. é preciso enfrentar o pecado onde quer que esteja. Obreiro tem que ter coragem. Timidez e medo não deve existir entre aqueles que professam a fé em JESUS.
3. Apóstolo dos gentios (v. 11). Paulo não pertencia ao primeiro grupo de apóstolos. Foi o primeiro apóstolo do segundo grupo que existe até hoje. Os apóstolos da igreja como está em Ef 4.11.
III - UM CONVITE AO SOFRIMENTO POR CRISTO (2.1-13)
1. O fortalecimento na graça (v. 1). Coragem e fé são indispensáveis àqueles que lideram. Principalmente para enfrentarem as lutas espirituais.
2. Soldado de CRISTO (v. 3). O soldado agrada ao que o alistou e luta sem sair fora das regras da guerra, assim nós agradamos a JESUS que nos escolheu e colocou em seu exército, lutam,os sem que o pecado nos corrompa.
3. O lavrador (v. 6).  Plantamos a semente de acordo com os frutos que desejamos. Ninguém planta semente de abacate para colher laranja. Assim plantamos oração, jejum e estudo da bíblia para colhermos almas para CRISTO. Às vezes demora a nascer a árvore, mas com cuidado, adubo, água e limpando o terreno certamente colheremos muitos frutos.
 
Veja nosso estudo sobre isso http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao6-dem-2tr14-o-ministerio-de-apostolo.htm
Veja Vídeos em http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
 
 
 
 
FIGURA
SIGNIFICADO
APLICAÇÃO
PRÊMIO
SOLDADO
 
Disciplina na aflição
(1 Co 9.7a; 2 Co 10.3-5; 
Ef 6.10-17)
Resistência e
perseverança
no sofrimento
Aprovação
do
Comandante
ATLETA
 
Disciplina no
cumprimento das regras 
(1 Co 9. 24-27)
Resistência e
perseverança no
que é reto
Coroa
da
vitória
LAVRADOR
 
Disciplina na paciência 
e perseverança
(1 Co 9.7b,10-12)
 
Resistência e perseverança para colher os frutos
Resistência e perseverança para colher os frutos do labor
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
CONHEÇA MAIS
*Uma carta da prisão
"A segunda carta de Paulo a Timóteo foi escrita no ano de 66 ou 67 d.C. (aproximadamente). Foi escrita durante a prisão em Roma. Depois de um ano ou dois de liberdade, Paulo foi novamente preso e executado durante o governo do imperador Nero". Leia mais em Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, CPAD, p. 1710.
 
SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO top 1"Desejando muito ver-te (1.4).Paulo agora está encarcerado em Roma, aguardando a morte, abandonado por muito dos seus amigos e desejando ver Timóteo mais uma vez. Roga a este seu fiel cooperador que permaneça fiel à verdade do evangelho e que se apresse a ir até ele, nos seus últimos dias aqui na terra (2 Tm 4.21).
Despertes o dom de DEUS (1.6). O 'dom' (gr. charisma) concedido a Timóteo é comparado a uma fogueira (cf. 1 Ts 5.19) que ele precisa manter acesa. O 'dom' era, provavelmente, o poder específico do ESPÍRITO SANTO sobre ele para realizar o seu ministério. Note aqui que os dons e o poder que o ESPÍRITO SANTO nos concede não permanecem automaticamente fortes e vitais. Precisam ser alimentados pela graça de DEUS, mediante nossa oração, fé, obediência e diligência" (Bíblia de Estudo Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, p. 1877).
 
SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO top 2
"Porque DEUS não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação (1.7). A palavra deilia significa 'covardia'. Em contexto com outras passagens destas duas cartas, ela indica a natureza tímida e hesitante de Timóteo. Mas Timóteo não está limitado por sua fraqueza, da mesma forma como nem você nem eu estamos limitados pela nossa. DEUS nos deu seu próprio ESPÍRITO - um ESPÍRITO que transmite poder, amor e autodisciplina à vida do crente" (RICHARDS, Lawrence O. Guia do Leitor da Bíblia: Uma análise de Gênesis a Apocalipse capítulo por capítulo. 10. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2012, p. 475).
 
SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO top 3"Seja bom soldado de JESUS CRISTO (2.3,40). 'De que forma o líder cristão pode se condicionar para esta tarefa? A resposta de Paulo está nestes versículos. 'Sofre, pois, comigo (suporta comigo, NVI), as aflições, como bom soldado de CRISTO'. Aqui e nos versículos seguintes, o apóstolo se serve de três analogias: o soldado, o atleta e o agricultor. A analogia militar é a favorita de Paulo, não porque ele fosse de mente militar, mas porque no império romano era comum as pessoas verem soldados, e, ainda, porque a vida de soldado era uma analogia esplêndida para a vida cristã. Felizmente, nós também estamos familiarizados com as exigências impostas ao soldado. Servir nesta atividade rigorosa requerer um extensivo condicionamento físico. Todos que passam pelo campo de treinamento de recrutas sabem como é difícil fortalecer o corpo ao ponto em que a força seja igual às exigências requeridas. Mas é necessário algo comparável a isso para o cristão sobretudo para o ministro. 'Sofre... as aflições', diz Paulo. Aceita as dificuldades, privações e perigos com um espírito submisso como parte da tarefa de soldado no exército de CRISTO.
Quando o indivíduo se torna soldado, ele é separado da sociedade, com a qual esteve familiarizado por toda a vida, e apresentado a uma comunidade nova e altamente especializada. Ele é despido de roupas próprias com um equipamento fornecido pelo governo. Suas idas e vindas são feitas unicamente sob ordens ou com permissão expressa. Dorme onde lhe dizem para dormir e come o que lhe for dado. Na verdade, sua vida está à disposição do governo" (Comentário Bíblico Beacon.Vol 9. 1. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p. 518).
 
PARA REFLETIR - A respeito das Cartas Pastorais:
Como Paulo chama Timóteo na Segunda Carta?“Amado filho.”
De acordo com a lição, qual o significado da palavra “agapatos” no original?A palavra no original significa “muito amado”.
O que as lágrimas de Paulo por Timóteo revelam?
Revelam uma profunda afeição e cuidado.
Quando teve início o discipulado de Timóteo?
Ainda na sua infância.
A educação familiar de Timóteo deve servir de exemplo para quem?
Deve servir de exemplo para os líderes e para os pais.
 
CONSULTE
Revista Ensinador Cristão - CPAD, nº 63, p. 40. - Você encontrará mais subsídios para enriquecer a lição. São artigos que buscam expandir certos assuntos.
 
SUGESTÃO DE LEITURA
Dons Espirituais e Ministeriais, Razões para Crer, Conciliando Profissão e Ministério
 
Comentários de diversos autores com algumas modificações do Ev. Luiz Henrique
Resumo do Ev. Henrique:
Fé fingida é a que não produz. Fé fingida é a que não tem proveito. Tem muito crente que passa o ano inteiro sem ganhar uma alma sequer (Mc 16.15). Talvez esteja tão preocupado em pelo menos a dele ser salva que nem tem coragem de testificar para os outros sobre JESUS. Fé fingida é a que não acredita no poder de DEUS. Crentes que não oram para que as pessoas sejam libertas e curadas (Mc 16). Muitos professores e obreiros conformados em lecionar aos domingos para meia dúzia de crentes na EBD e nada produzem no reino espiritual, não lutam as lutas de DEUS.
A imposição de mãos foi feita no envio de Timóteo para Éfeso como pastor. Foi feita pelos presbíteros, mas quem os liderava era Paulo que particularmente impôs sobre Timóteo as mãos para que recebesse um dom do ESPÍRITO SANTO. Faço muito isso em nossas palestras, até crianças têm recebido dons.
Parece que Timóteo não estava liberando esse dom e Paulo o lembra e o estimula a liberar este poder em seu ministério tanto para abençoar as pessoas como para demonstrar aos falsos mestres sua autoridade vinda de DEUS,  e não dos homens, para liderar a igreja em Éfeso.
"ESPÍRITO de fortaleza, e de amor, e de moderação" - Falta coragem de pregar nas ruas. Falta coragem para se arriscar condenando o pecado mesmo que ele esteja na liderança.
 Paulo preso no corpo físico, mas a alma e o espírito estavam livres e preocupados com a obra de Deus.Isso trás um grande aprendizado para muitos porque muitos estão livres de corpo físico e estão dentro dos templos sem visão, sem compromisso, sem visão porque estão com suas almas aprisionadas em meio a tantos embaraços nesta vida.
Isso fala de um velho de aproximadamente 80 anos em plena atividade espiritual ganhando almas na prisão, orando por enfermos, sendo usado em milagres e ainda escrevendo o que hoje é quase a metade de nosso Novo Testamento. Isso é um homem cheio do ESPÍRITO SANTO. Paulo trabalhava para se sustentar. Será que Paulo fazia isto por medo de faltar sustento de DEUS ou por medo de ter que depender de homens corruptos e corruptores? Por medo de ficar refém de homens que buscam riquezas e não almas?
Eu mesmo trabalho para me sustentar e não depender de homens. Não cobro para pregar pois não dependo de igrejas. Assim posso pregar nas igrejas menores e também posso falar livremente aquilo que DEUS me enviar a falar. A palavra não estará presa a um cachê.
Nós assistimos pastores presidentes fazerem o que bem entendem com o dinheiro e os cargos das igrejas hoje em dia. Os obreiros só dizem amém nas reuniões para não perderem a direção de suas igrejas. Para não  terem seus salários diminuídos devido a uma possível transferência para aquela pequenina congregação. Medo. Medo. Medo. Infelizmente essa é grande realidade em muitíssimas Igrejas no Brasil!!! Se esquecem ou não acreditam mais esses "grandes líderes ",  que terão de prestar contas diante do JUSTO JUIZ!! Infelizmente se cumpre na vida de muitos deles o que diz a Palavra: " são cães gulosos"!!!  só têm visão de trono e nunca visão de Reino!!
O segredo com Deus é simples. Desejar e acreditar. Tenho 55 anos, meus projetos vão a 120 se JESUS não voltar antes. Ainda faltam muitos dons. Quero os nove. Ainda faltam muitas almas para um milhão. Estou maravilhado com JESUS esta semana. Foram mais de 100 curados em Dourados neste fim de semana. 20 almas, batismos, libertações. Vale a pena estudar a bíblia diariamente, jejuar 3 dias por semana e orar três horas por dia. Experimentem.
Quais a condições para ser um apóstolo na época de Paulo? Porque ele teve que defender seu apostolado? Tenho respaldo bíblico para consagração de apostolos?
Ef 4 11. Se na época de Paulo, Barnabé, Timóteo existia apóstolo, por que não hoje? Está na bíblia. Não existe mais como os primeiros 13. 1 Co 12.29; At 1.26; At 14.14 apóstolo Barnabé; Rm 16.7.
Efésios: 4. 11. E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, 12. tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; 13. até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo. O corpo humano tem 5 sentidos, a igreja 5 ministérios, tanto um como outro não funcionam bem sem um desses.
Não adotamos os outros ministérios para não dividirmos a grana? Será? Não. Não. Não.
Me traz espanto ver o mercantilismo que envolve a Igreja  (não a noiva, essa é imaculada), mas, sim, a Igreja instituição!!!!!  É vista hoje, por muitos, como uma "galinha dos ovos de ouro", vista como um "segmento a ser explorado",  um "nicho de mercado", e lamentavelmente muitos líderes estão pegando carona nessa "onda", e abrindo mão do privilégio e da responsabilidade de aperfeiçoar os santos", para satisfazer seu ego e se beneficiar financeiramente!!! Matamos os outros ministérios colocando-os para dirigirem congregações. Assim não desenvolvem os dons ministeriais e não precisam ser sustentados pela igreja. São sustentados por suas congregações, mas seus ministérios morrem. Melhor dizer que apóstolo, profeta e mestre era só para aquela época. Mais fácil.
Ministério profético na Bíblia implicava fortemente em denunciar as mazelas do presente, talvez por isso são calados pelos líderes. Os dons que agem no profeta geralmente são palavra de sabedoria (revelar futuro), palavra de conhecimento (revela passado e presente oculto) e milagres.
Sobre as mirabolantes ofertas dos pregadores e cantores hoje em dia, considero absurdo os pastores aceitarem e apoiarem isso. Eu não olho quanto deram. Muitas vezes não me dão nada, então qualquer coisa é lucro. Quem abre o envelope é minha esposa. Dou 50% do que tiver lá para missões. Os outros 50% uso para arrumar meu carrinho velho e coisas assim. Dou dízimo de 10% e mais 10% dou para missões (700 missionários em Imperatriz-MA). DEUS tem me sustentado e vivo razoavelmente bem melhor do que mereço graças a DEUS. É melhor trabalhar para me sustentar e é o que faço. Galardão bom é lá em cima.
DEUS está interessado em levantar vasos, genuínos profetas,  dirigidos pelo seu ESPÍRITO SANTO, corajosos, que não tenham medo de falar única e exclusivamente o que DEUS mandar!!
O apóstolo Paulo - Paulo teve sérios problemas com os crentes de Corinto, pois alguns não reconheciam o seu apostolado. Por isso, ele inicia a primeira carta aos Coríntios, declarando-se apóstolo de JESUS CRISTO (1 Co 1.1). Paulo enfatiza que seu chamado se deu "pela vontade de DEUS". Os orgulhosos crentes de Corinto não aceitavam o apostolado de Paulo pelo fato dele não ter feito parte do colégio apostólico. Todavia, Paulo teve um encontro pessoal com CRISTO no caminho de Damasco (At 9). Este encontro mudou seu ser. A missão confiada a Paulo foi dada pelo próprio Senhor JESUS At 9.15. Os próprios coríntios eram a marca do apostolado de Paulo. Ele declara isso em 1 Coríntios 9.2.
Apóstolo e sevo - Aprendemos com Paulo que ser apóstolo é ser um servo, um cooperador de DEUS no ministério da reconciliação (2Co 6.1). Quem deseja o dom ministerial de apóstolo deve seguir os passos de JESUS, estando sempre pronto para servir e não buscar ser servido. Ministério apostólico existe e deve ser acatado.
Os judaizantes não aceitavam o apostolado de Paulo porque ele se autodenominou "apóstolo dos gentios".
Barnabé é chamado apóstolo (At 14.14 apóstolo Barnabé) sem conviver com JESUS porque existe o ministério de apóstolo em Ef 4.11. Existem ótimos apóstolos no Brasil como o Valdemiro. Se vamos apontar erros dos outros para justificar nossa não aceitação do que diz a bíblia ai fica difícil. A Assembleia resolveu não oficializar os ministérios de apóstolos, profetas e mestres. Isso não quer dizer que estejamos certos, pelo contrário, quer dizer que estamos errados. Muitos outros foram chamados apóstolos. Basta ver os originais. Timóteo, Silas, Tito, etc... Mas veja que aqui não precisa de saber os originais. Barnabé é chamado apóstolo do mesmo jeito que Paulo. O apóstolo para um é o mesmo que para o outro. Paulo não fazia parte do grupo de apóstolos de JESUS e nunca fará. Paulo é apóstolo da igreja, ministério dado por CRISTO como está em Efésios 4.11. Barnabé e muitos outros também.
"E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores," - Efésios 4:11
Aprendemos estudando, aprendemos uns dos outros e principalmente de DEUS. O melhor aprendizado é na intimidade com o ESPÍRITO SANTO. 1 João: 2. 27. E quanto a vós, a unção que dele recebestes fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como vos ensinou ela, assim nele permanecei.
Não existe ministério dado por Cristo sem sinais, prodígios e maravilhas na bíblia, mas no tempo em que estamos vivendo, que importa a bíblia? Teríamos que corrigir milênios de pessoas escolhidas por homens e não por DEUS para estarem no ministério. Que tal começarmos em nossa geração a fazer certo? Nossos filhos e netos sofrerão menos que nós. 2 Coríntios: 12. 12. Os sinais do meu apostolado foram, de fato, operados entre vós com toda a paciência, por sinais, prodígios e milagres. Os pastores deveriam ( já que querem exercer todos os ministérios ao mesmo tempo ) ser homens cheios do ESPÍRITO SANTO, com todos os dons operando neles.
Eu já exerci o ministério de apóstolo. Abri 8 igrejas em 2 anos e meio. Ganhei lá mais de 700 almas. Todas essas igrejas hoje estão construídas e cheias de crentes. Hoje sou reconhecido como evangelista pelo ministério. Nem mereço isso. Para dizer a verdade esse titulo nunca me serviu para nada. Nunca nem mostrei minha carteirinha de ministro para ninguém. Sou professor de EBD e tenho por volta de cinquenta mil alunos. Procuro ensinar a eles que o verdadeiro professor ensina o que vive, o que produz no reino de DEUS. Faço palestras em todo o Brasil sem cobrar um centavo. Fico de jejum os dias que estou palestrando e gosto de ficar na cada dos irmãos onde vou. Tudo para servir de exemplo para esta geração corrompida de obreiros fraudulentos que invadiram nossas igrejas. Em todo lugar que fui JESUS salvou, curou, batizou e libertou. Que mais quero. Sou instrumento. Sou servo. Sou canal de bênçãos de DEUS. Nesse fim de semana JESUS curou mais de 100 em Dourados - MS, isso é motivo de glorificação a DEUS!
Quando criticamos alguns pensam que é porque queremos ser reconhecidos. O importante é como somos conhecidos no céu e não não terra, pois nosso galardão está lá e não aqui.
Sofrimento significa perseguição e confronto dentro da igreja e fora dela. Significa dias de oração e jejum intercedendo pelas ovelhas. Muitas vezes o sofrimento significa apanhar mesmo fisicamente por pregar o evangelho.
1 Coríntios: 10. 13. Não vos sobreveio nenhuma tentação, senão humana; mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação dará também o meio de saída, para que a possais suportar.
Tentação Não é sofrimento. É tentativa de afastar-nos de DEUS. Sofrimento aqui é passarmos por situação de dor, angústia por estarmos com DEUS, fazendo a obra de DEUS.
Nós não escolhemos ser tentados, mas podemos escolher sofrer pelo evangelho ou não. 99% dos crentes de hoje decidiram não sofrer pelo evangelho.
JESUS foi conduzido pelo ESPÍRITO para ir ai deserto para ser tentado. Venceu a tentação. JESUS sofreu no Getsêmani para escolher entre dar sua vida por nós ou não. Escolheu morrer e nos salvar.
Quem usa arma carnal no evangelho é desqualificado. Nós usamos armas espirituais. Nome de JESUS, palavra de DEUS, fé, sangue de JESUS.
Professor de EBD ganha almas e as discípula ensinando na EBD.

Pastor que não gera ovelha pensa que o IDE é para os outros. Não é pastor, é mercenário. Pastor dá o exemplo para o rebanho. Onde na bíblia ensina que pastor não deve ganhar almas. Pastor que não ganha almas é pastor sem cajado. Essa história de pastor gerar somente pastor e não ovelha é desculpa para Preguiçoso.

Nenhum comentário: