quinta-feira, 6 de agosto de 2009

LIÇÃO 06 - O SISTEMA DE VIVER DO MUNDO

ATENÇÃO: ESTES ESTUDOS E OS VÍDEOS QUE SÃO DISPONIBILIZADOS PODERÃO DEIXAR DE EXISTIR A PARTIR DESTA SEMANA CASO VOCÊ NÃO NOS AJUDE FINANCEIRAMENTE A CONTINUAR. (MEU COMPUTADOR QUEIMOU E O MICROFONE ESTRAGOU) DEPOSITE QUALQUER QUANTIA QUE DEUS COLOCAR EM SEU CORAÇÃO, URGENTE, NO BANCO BRADESCO AGENCIA 2365--5 - NA CONTA DE POUPANÇA 0007074--2 LEMBRE-SE QUE A PARTIR DE AGORA VOCÊ TAMBÉM PASSA A SER RESPONSÁVEL POR ESSE TRABALHO. TEM ALGUÉM MUITO INTERESSADO EM QUE VOCÊ NÃO AJUDE. LIÇÃO 06 - O SISTEMA DE VIVER DO MUNDO Lições Bíblicas Aluno - Jovens e Adultos - 3º TRIMESTRE DE 2009 1 João - Os Fundamentos Da Fé Cristã Comentários do Pr. Eliezer de Lira e Silva Consultor Doutrinário e Teológico: Pr. Antonio Gilberto Complementos, questionários e videos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva QUESTIONÁRIO TEXTO ÁUREO "E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeitado crente fiel a CRISTO precisa conhecer os nocivos padrões de procedimentos deste mundo, a fim de que possa rejeitá-los e firmar-se cada vez mais nos santos preceitos da Palavra de DEUS. VERDADE PRÁTICA Todo crente fiel a CRISTO precisa conhecer os nocivos padrões de procedimentos deste mundo, a fim de que possa rejeitá-los e firmar-se cada vez mais nos santos preceitos da Palavra de DEUS. LEITURA DIÁRIA Segunda Tg 4.4 Um amigo do mundo é um inimigo de DEUS Terça Ef 2.2; 1 Jo 5.19 O mundo, que jaz no maligno, é regido por Satanás Quarta Rm 8.20-22 O mundo passa; ele está em processo contínuo de desintegração Quinta Mt 6.24 Ou amamos a DEUS ou amamos ao mundo Sexta Jo 17.14 Não somos deste mundo Sábado Jo 16.33 Com JESUS o crente vence o mundo LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: 1 João 2.15-19; João 15.18,19 1 João 2.15-19 15 Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. 16 Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. 17 E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de DEUS permanece para sempre. 18 Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos; por onde conhecemos que é já a última hora. 19 Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós. João 15.18,19 18 Se o mundo vos aborrece, sabei que, primeiro do que a vós, me aborreceu a mim. 19 Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas, porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos aborrece. LEITURA DIÁRIA Segunda Tg 4.4 Um amigo do mundo é um inimigo de DEUS Terça Ef 2.2; 1 Jo 5.19 O mundo, que jaz no maligno, é regido por Satanás Quarta Rm 8.20-22 O mundo passa; ele está em processo contínuo de desintegração Quinta Mt 6.24 Ou amamos a DEUS ou amamos ao mundo Sexta Jo 17.14 Não somos deste mundo Sábado Jo 16.33 Com JESUS o crente vence o mundo LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: 1 João 2.15-19; João 15.18,19 1 João 2.15-19 15 Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. 16 Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. 17 E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de DEUS permanece para sempre. 18 Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos; por onde conhecemos que é já a última hora. 19 Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós. João 15.18,19 18 Se o mundo vos aborrece, sabei que, primeiro do que a vós, me aborreceu a mim. 19 Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas, porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos aborrece. Às vezes pensamos que o sistema mundano só influencia e só conduz o descrente para o caminho mal, do inferno. Infelizmente o sistema maligno influencia e muito também aos cristãos pouco avisados, ou seja, relaxados. Sorrateiramente Satanás desvirtua o reino de DEUS e distorce, como fez com Eva, a verdade de DEUS em mentira, como por exemplo, nas novelas. (maior exemplo hoje). O que é mundo? Esta palavra pode levar-nos a pensar no cosmos, nos planetas, nos satélites, nas estrelas, ou nas coisas que temos na terra, mas aqui na leitura de hoje tem o significado de sistema de viver segundo o curso humano, sem DEUS e guiado por Satanás. TERMOS GREGOS EMPREGADOS NO NOVO TESTAMENTO QUE SE REFEREM À PALAVRA “MUNDO”: 1) “Ge” - Significa TERRA, CAMPO, CHÃO, no sentido puramente físico. Contrasta a terra com os céus. 2) “OIKOUMENE” - É um particípio derivado das palavras “casa”, “habitar”. Significa, portanto, TERRA HABITADA (Mt 24:14; Lc 2:1; Hb 2:5). 3) “AION” - Significa TEMPO, mas, por extensão, inclui também O ESPAÇO. Indica tudo que existe sob o condicionamento do tempo e do espaço (Ef 2:2; Gl 1:4; II Cor 4:4). 4) “KOSMOS” - Há diversos significados, como abaixo veremos: A) Originalmente significava o mundo físico, apontando, de modo especial, para a sua ordem ou arranjo. Aponta para o universo material como um sistema que DEUS criou segundo seus propósitos (Mt 13:35; Jo 17:5; At 17:24; Fp 2:15; I Pe 3:3) B) Também transmite a idéia do universo como habitação dos homens, vindo, daí, a significar a humanidade em sua totalidade (Jo 3:16; 4:42; 15:18; 16:21; At 17:31; II Cor 5:19; I Jo 3:17 cf Jo 1:29) C) TRATA DO SISTEMA DE VALORES ALIENADO DE DEUS, QUE ORIENTA O PENSAMENTO DOS HOMENS EM OPOSIÇÃO A ELE. Assim, o KOSMOS jaz no maligno, as trevas o dominam e o pecado macula sua existência como um todo, mantendo-se, sempre, debaixo da condenação divina (I Jo 5:19 cf Jo 12:31; 14:30) (Jo 1:5; 12:46) (Jo 9:39) D) Símbolo das vantagens materiais que despertam a cobiça (Mt 4:8-9; 16:26; Rm 12:2; II Tm 4:10) E) Símbolo das coisas corrompidas pelo pecado (Gn 19:26 cf Lc 17:32; I Jo 2:15, 17) Exemplo de intromissões de Satanás no meio da sociedade e suas influências que afeta até mesmo os cristãos legítimos.: A moda, ditada por gays e lésbicas. A política dirigida por corruptos e mentirosos. O ensino, recheado de teorias absurdas como a da evolução, big-bang e outras não menos anti-DEUS. As musicas profanas e sensuais, sempre com duplo sentido em suas letras. O sexo, fácil e sem compromisso, estimulado até mesmo nos colégios, faculdades e universidades. Na agricultura, drogas e alucinógenos. No entretenimento, promiscuidade e ensinos diabólicos, como nas novelas, nos jogos e na internet. Arte, sem sentido e criadas por loucos, drogados e idólatras. Cultura, baseada em costumes idólatras, ou com fundo religioso espírita. Religiões oficiais lideradas por pedófilos, filósofos e psicólogos. Leis ditadas por homens sem DEUS, que vão de encontro a bíblia e distorcem ou desconsideram seu conteúdo. DEUS criou o mundo físico, a Terra, para que nela trabalhássemos e tivéssemos comunhão com ele, mas, o pecado entrou no mundo advindo de Satanás e seus demônios que o seguiram em sua rebelião contra DEUS. Adão ouviu sua mulher que por sua vez ouviu Satanás e assim as três maneiras do pecado atrair e engodar o homem foram postos em prática, ou seja: Concupiscência da Carne, Concupiscência dos olhos e soberba da vida. O amor ao dinheiro e aos prazeres do mundo levaram o filho pródigo a quase ser totalmente sucumbido, bem como Ananias e Safira que amaram o elogio e a mentira, tombando em sua loucura de mentir a DEUS. Acã amou a posse de uma capa proibida e assim muitos crentes têm entrado pelo caminho das riquezas mal adquiridas. DEUS deu ao homem a capacidade de escolher entre o inferno e o céu, entre Satanás e DEUS, entre uma condenação eterna com Satanás e a vida eterna com DEUS, a própria natureza atesta a existência de DEUS para que o homem não tenha desculpa de se fazer de desentendido. A advertência de DEUS é para que não amemos o mundo (sistema orientado e governado por Satanás e seus demônios), e nem o que neste sistema maligno há. Imagine se você ganhar uma passagem para a Argentina totalmente de graça nestes dias. Sabendo que a gripe suína está por lá matando aos milhares, por que você iria a esta viagem? Vejamos as formas de Satanás atacar e derrubar o homem da presença de DEUS: Concupiscência da Carne, Concupiscência dos olhos e soberba da vida. Veja caso de Adão e Eva. Como o pecado entrou no mundo? Da mesma maneira que entra na vida de um crente se ele não vigiar. Os três processos são: Concupiscência da Carne Concupiscência dos olhos Soberba da vida. Definição de concupiscência: Desejo desenfreado, avidez, ganância, ambição, mau desejo, pecado estimulado através de três áreas do ser humano: Carne (corpo físico), olhos (alma), soberba da vida (espírito). Veja pecado de Eva e de Adão como exemplo. "no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos, e sereis como DEUS, sabendo o bem e o mal". Esse era o desejo de Satanás, ser igual a DEUS, e agora passa essa ganância ambiciosa aos homens. A ganância diabólica é uma doença da alma que atinge o espírito humano, causando separação de DEUS, podendo levar até mesmo à inimizade contra DEUS. 2Sm 11:2-4 Uma tarde, levantou-se Davi do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real. Do terraço viu uma mulher que se estava lavando. Era esta mulher mui formosa,...Então Davi enviou mensageiros para trazê-la. Ela veio, e ele se deitou com ela. Toda forma de enganação começará com uma ou mais dessas rejeições: a- O mundo odeia a cruz de JESUS CRISTO. A cruz é o oposto do viver casual, auto-centrado; a carne está sempre desconfortável diante da cruz. b- O mundo odeia uma cristandade estreita que afirma exclusividade. Todas as expressões de "fé" devem ser igualmente honradas hoje em dia. c- O mundo odeia um livro que é perfeito e que não contemporiza. Ele quer uma Bíblia que os eruditos possam dominar ou uma na qual possam "pegar ou largar" as doutrinas que são palatáveis ao indivíduo que se serve do bufê religioso dos nossos dias. d- O mundo odeia a santidade. Ele quer uma religião que não exija a separação das profanidades e do mundanismo. Os crentes no mundo - São forasteiros e peregrinos (Hb 11:13: I Pe 2:11). Logo… A) Não devem pertencer ao mundo - Jo 15:19; B) Não se conformar com mundo - Rm 12:2; C) Não amar o mundo - I Jo 2:15; D) Odiar a iniqüidade do mundo - Hb 1:9; E) Morrer para o mundo - Gl 6:14; F) Ser libertos do mundo - Cl 1:13; Gl 1:4; G) Vencer o mundo - I Jo 5:4. DEVEMOS AMAR O MUNDO quando esse mundo se refere às pessoas que nele habitam. ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA Professor, converse com seus alunos explicando que vivemos em um mundo secular e relativista, onde os valores bíblicos são a cada dia mais rejeitados. Todavia, como servos de DEUS, não podemos ser moldados, influenciados, pela maneira de pensar deste mundo. Nosso viver deve ser pautado pela Palavra de DEUS. Para facilitar a aprendizagem, reproduza no quadro-de-giz a tabela abaixo. De modo resumido, estabeleça as principais diferenças entre o cristianismo e o mundo não-cristão, sem DEUS. Palavra Chave: - Mundo (kosmos) - Sistema constituído de pessoas, idéias, leis, instituições, comportamentos e atividades conduzidos por Satanás. 1Jo 2:16 Pois tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. Gênesis 3:6-24 Introdução Nestes dezenove versículos nós temos a história da queda do homem e os resultados do seu pecado. Felizmente, a primeira promessa do Evangelho também nos foi concedida. Quão profundamente a natureza e o fruto do pecado são descritos. Que forma condensada, mas esclarecedora a história do evangelho é profetizada. Como nós observamos anteriormente, "somente DEUS poderia dizer tantas coisas em poucas palavras". I. A Concupiscência - versículo 6. Nos é dito em Tiago 1:15, que a concupiscência ou os desejos ilícitos produzem o pecado. De acordo com I João 2:15-16 todos os desejos pecaminosos são classificados em três categorias. Enquanto Eva estava diante da árvore do conhecimento do bem e do mal, ela se deparou com estas três tentações: A concupiscência da carne - "a árvore boa para comer". A concupiscência dos olhos - "a árvore agradável aos olhos". A soberba da vida - "a árvore desejável para dar entendimento". A concupiscência da carne refere-se a qualquer desejo que incita alguém a alimentar a natureza sensual da carne (imoralidade, embriaguez, glutonaria, etc.). O fruto deu "água na boca" de Eva, mesmo sendo ele um fruto proibido. A concupiscência dos olhos diz respeito àquelas tentações que apelam para os desejos ambiciosos dos homens de obter e possuir (roubo, avareza, etc.). A soberba da vida refere-se a todas as tentações que apelam para o orgulho pessoal do homem e seu desejo por aplauso ou grandeza. A concupiscência da carne nos incita a procurarmos satisfação no prazer do pecado, e não no Senhor [Gálatas 6:7-8]. A concupiscência dos olhos nos leva a colocarmos as "coisas materiais" na frente do Senhor [Colossenses 3:15 - ultima frase]. A soberba da vida nos tenta a glorificarmos a nós mesmos ao invés do Senhor [Mateus 23:12]. Com esta análise nós podemos entender melhor a vitória de CRISTO sobre suas tentações [Lucas 4:1-13]. Satanás aproximou-se de nosso Salvador pelas três vias, mas ainda assim o Senhor não cometeu pecado. Ele foi bem sucedido aonde o primeiro Adão falhou. Lucas 4:1-4 - concupiscência da carne Lucas 4:5-8 - concupiscência dos olhos Lucas 4:9-13 - soberba da vida II. O Pecado do Homem - versículo 6. A. Adão não foi enganado - Enquanto Eva foi enganada pelo Diabo [II Coríntios 11:3] e levada pelos seus desejos, Adão pecou com toda consciência ou conhecimento daquilo que ele estava fazendo [I Timóteo 2:14]. B. A culpa do pecado de Adão - O homem tende a tratar o pecado de Adão como um assunto banal. Na verdade isto foi muito mais que "comer da maçã". Adão tinha uma ordem simples e clara. Ele não possuía uma natureza pecadora para tão facilmente ser inflamada pelo pecado. DEUS havia sido bom para ele, e todas as suas necessidades e desejos haviam sido supridas. A conseqüência do pecado tinha sido deixado bem clara. A atitude foi orgulhosa, um total ato de rebelião contra o DEUS Todo Poderoso. C. A queda do homem - Adão foi o representante de toda a raça humana. Nós não somente herdamos a sua natureza pecadora, mas em virtude de ele ser nosso representante, a Bíblia nos diz que nós pecamos em Adão. Neste sentido Adão foi o primeiro tipo de CRISTO [Romanos 5:14; I Coríntios 15:22 e 45]. Pois assim como nós pecamos e morremos em Adão, da mesma maneira nossos pecados são pagos e nós vivemos em CRISTO [Romanos 5:12-19]. III. O Homem Veste-se a Si Mesmo - versículo 7. Tão logo o casal pecou, suas consciências já lhes condenavam. Eles pensaram que poderiam se vestir com suas próprias obras e justiças, ao invés da justiça de CRISTO tipificada no verso 21 [II Coríntios 5:21]. Bem diferente disso, a única coisa que CRISTO amaldiçoou durante Seu ministério terrestre, foi a figueira que só produzia folhas. Isto poderia mostrar o que DEUS pensa das obras de religião e profissões de fé aparte do perdão que nós temos em CRISTO, e a verdadeira santidade produzida em nós pelo ESPÍRITO SANTO [Isaías 64:6]. IV. DEUS Vai em Busca do Homem - versículos 8-9. Parece que o Senhor estava acostumado a se encontrar com Adão e Eva para terem comunhão. Que ocasião maravilhosa era esta quando o homem podia caminhar com DEUS. Esta comunhão perdida foi restaurada por JESUS CRISTO. DEUS evidentemente aparecia para Adão em semelhança de homem. Estas aparições no Velho Testamento são chamadas de teofanias, e não devem ser confundidas com a encarnação de CRISTO. Quando o Filho de DEUS estava encarnado, Ele não somente apareceu na forma de homem, mas, realmente se tornou homem. Ele era então tanto DEUS como homem [João 1:1 e 14]. No verso 9, nós temos a primeira pergunta da Bíblia. DEUS busca e pergunta sobre o paradeiro de Adão que estava perdido no pecado. É maravilhoso o fato de que a primeira pergunta do Novo Testamento foi de um homem pecador buscando o ultimo Adão, isto é o Salvador [Mateus 2:1-2]. Os homens perdidos necessitam hoje fazer estas duas perguntas: "Onde eu estou como pecador perdido?" e "Onde está o Salvador"? V. A Destruição do pecado no homem. Que mudança o pecado imediatamente causou no homem. O pecado que havia transformado um anjo em um demônio, agora fazia a sua obra no homem. A. O pecado levou o homem a um estado de morte espiritual [Gênesis 2:16-17]. A descrição de Adão após o seu pecado revela alguém alienado de DEUS. A alegria e relacionamento com DEUS foram perdidos. Todos os homens agora já nascem neste estado e necessitam de uma nova vida em CRISTO [Romanos 5:12, Efésios 2:1]. B. O pecado distorceu a imagem de DEUS no homem [Gênesis 1:27]. Somente em CRISTO isto pode ser restaurado [Colossenses 3:10]. C. O homem, como o Diabo, se tornou um tentador. Satanás pecou e então tentou Eva. Eva tão logo pecou, tentou Adão [vers. 6]. Pecadores são todos tentadores. D. O homem veio a sofrer de uma consciência culpada [vers. 7]. E. A consciência culpada trouxe medo ao homem. O conceito de medo era desconhecido do homem até a entrada do pecado [vers. 10]. F. O homem ao invés de admitir seu pecado, tentou justificar-se (ver sessão III). G. O homem, por natureza, devido ao pecado, passou a fugir e se esconder de DEUS. A não ser que o ESPÍRITO SANTO venha a atrair o homem, ele jamais sairá em busca do Senhor [vers. 10, Salmo 14:2-3; João 6:44]. H. Adão e Eva, como todo aquele que peca, cedo aprenderam a dar desculpas. Eva culpou a serpente [vers. 13]. Adão culpou sua mulher e parece ter insinuado que isto realmente foi culpa de DEUS [vers. 12]. Miseravelmente esta natureza passou para todos os seus descendentes [Lucas 14:18]. I. Adão e Eva tão logo pecaram já demonstravam que não amavam mais à DEUS. O quadro completo de Gênesis 3, revela o medo e o desagrado do homem para com DEUS. Esta natureza agora faz parte do todo homem [Romanos 8:7; Romanos 5:10]. Amar a DEUS somente é possível para aqueles que receberam o novo nascimento sobrenatural. [I João 4:7]. VI. A Destruição do Pecado na Vida do Homem. No versículo 11, Adão é levado a juízo perante DEUS, e no versículo 16, a sentença começa a ser pronunciada. Embora todos os homens sofram por estarem debaixo deste julgamento, em CRISTO nós podemos ser absolvidos através do livre perdão. A. A Condenação da Mulher - versículo 16. 1. Por causa do pecado, o parto envolverá dor e tristeza. Tanto dar a luz como criar as crianças pode nos trazer muitas tristezas neste mundo pecador. Não tem isto a finalidade de nos lembrar que a nossa natureza pecadora é passada para os nossos filhos na concepção? Ironicamente, foi pela graça de DEUS e através do sofrimento do parto, que nosso Salvador veio ao mundo. A maioria dos estudiosos da Bíblia acredita que este é o enfoque de I Timóteo 2:15. 2. O pecado levou a mulher a ter muitas dores em seu relacionamento com o homem. Enquanto a sua liderança deveria ser uma benção para todos, o pecado tem impedido isto. O homem tem usado sua força e posição para trazer miséria à mulher. Note os apuros de muitas mulheres através da história e mesmo hoje em muitos lugares. Felizmente para aqueles que conhecem a CRISTO, estes sofrimentos são grandemente reduzidos. No lar onde o homem segue o exemplo de CRISTO, a sua "liderança" é uma grande benção para todos [Efésios 5]. Na minha experiência, lares administrados por mulheres que dominam, não são felizes. B. A Condenação do Homem - versículos 17-19. Quando Adão pecou, ele perdeu a habilidade de ter domínio total sobre a terra [Gênesis 1:28; Romanos 8:22]. A agricultura se tornou uma batalha contra a natureza. Espinhos, abrolhos, ervas daninhas e pestes crescem com mais facilidades do que as plantações. O trabalho se tornou uma tarefa suada e cansativa. Simplesmente trabalhar para poder sobreviver, exige da maioria das pessoas, labutar duramente e em meio a muitas dificuldades. A vida termina então com a morte física e o retorno do corpo ao pó. VII. CRISTO Levando a Nossa Maldição - Gálatas 3:13 Enquanto nós lemos sobre a maldição sobre o homem, nós somos lembrados de como CRISTO completamente sofreu o castigo pelo pecado. A. Como a mulher sofre dores ao dar a luz, assim o sofrimento do nosso Salvador é descrito como trabalho ou sofrimento [Isaías 53:11]. B. Como a mulher está sob sujeição, assim CRISTO se sujeitou a Lei [Gálatas 4:4]. C. Os espinhos foram os frutos da maldição, assim como eles feriram a cabeça do nosso Salvador enquanto os homem debochavam dEle com sua coroa de sofrimentos. D. Como o suor veio com o pecado, assim CRISTO no jardim suou até que seu suor se tornou como gotas de sangue, enquanto Ele se submetia a morte pelos nossos pecados. E. Tanto o homem quanto a mulher foram amaldiçoados com dores. Nosso Senhor se tornou "homem de dores" [Isaías 53:3] na sua primeira vinda. F. O pecado termina em morte. Nosso Salvador morreu para que nós pudéssemos viver para sempre. VIII. A Condenação da Serpente - versículo 14. Satanás usou a serpente como seu instrumento, e então DEUS a amaldiçoou. Nós não sabemos como era a forma original deste animal, mas desde a sua maldição, o homem parece odiá-la e temê-la. Todas as serpentes eram tidas como imundas sob o regime da lei [Levítico 11:42]. Isto não quer dizer que há algo realmente pecaminoso a respeito deste animal. A lei cerimonial acerca da impureza, simplesmente ensinava que nós deveríamos detestar o que vem de Satanás, e a serpente é um símbolo dele como sendo sujo e perigoso. Nos é dito que a serpente "comeria do pó" da terra em que ela se rasteja e caça principalmente no chão. A frase "comer do pó" simbolicamente representa a derrota [Salmo 72:9; Apocalipse 12:7-17; Miquéias 7:17; Romanos 16:20]. IX. O Proto-Evangelho - versículo 15. Este versículo é conhecido como o proto-evangelho, que significa "o primeiro evangelho". Ele contém a primeira promessa de CRISTO e da redenção através dEle. Verdadeiramente o restante da Bíblia pode ser visto como uma progressiva exposição deste versículo. Nós que temos a Bíblia completa podemos ver o quanto esta verdade está implícita e latente nesta pequena profecia. A. A mulher iria trazer ao mundo alguém que venceria Satanás. B. Este redentor "nasceria de uma virgem" pois Ele viria da "semente da mulher" [Gálatas 4:4]. C. O Redentor iria sofrer. Não somente CRISTO foi moído na sua morte [Isaías 53:5], mas é notável que somente na crucificação seu calcanhar foi ferido. D. O Redentor seria finalmente vitorioso, pois a idéia ensinada, é que o ferimento no calcanhar não é fatal como é o "esmigalhar" da cabeça. Aqui a ressurreição também está implícita, mas não tão abertamente. E. Satanás e seus seguidores odiarão o Redentor e o seu povo. [João 8:44; I João 3:15]. F. Satanás iria perseguir o Redentor e o Seu povo. Os estudiosos da Bíblia têm notado o quanto Satanás lutou contra a descendência de CRISTO através do Velho Testamento. Quantas vezes Satanás tentou exterminar o povo Judeu como um todo. Ele tentou destruir a CRISTO através de Herodes enquanto Ele era ainda um bebê. Ainda hoje os Cristãos são perseguidos e odiados. Mesmo os Judeus ainda são perseguidos por causa do plano futuro de DEUS para esta nação [Apocalipse 12:1-17]. Nada disso nos surpreende quando recordamos que o primeiro assassino da Bíblia era um perseguidor religioso [Gênesis 4:8]. Verdadeiramente esta "inimizade" ainda permanece viva. G. Satanás será completamente derrotado, pois o ferimento na cabeça é mortal. O governo de Satanás será completamente destruído [Hebreus 2:14; Romanos 16:20; Apocalipse 20:10]. Nós não queremos dizer que os santos do Velho Testamento entendiam tudo de Gênesis 3:15 que nós mencionamos aqui. Antes, nós como os santos do Novo Testamento, vemos nesta profecia o broto da promessa, da qual, a flor completa da história da redenção do Messias desabrocharia. X. DEUS Veste o Pecador - versículo 21. Por diversas razões os estudiosos da Bíblia têm visto nesta passagem um tipo do amor de DEUS em enviar Seu Filho para morrer pelos pecadores, para que eles pudessem ser vestidos e aceitos através da justiça de CRISTO [Isaías 64:6, 61:10; II Coríntios 5:21; Efésios 1:6]. A. DEUS realizou todo o trabalho de fazer as túnicas de peles. Se isso fosse apenas uma questão de conveniência ou conforto, Adão poderia cuidar pessoalmente disso. É claro que há uma aplicação espiritual aqui, ou isso tudo não teria necessidade de ser mencionado. A idéia é que DEUS providenciou ao homem algo que ele não poderia providenciar por ele mesmo. B. Antes que o homem pudesse ser coberto na vista de DEUS, um animal deveria sofrer e morrer. A necessidade de se cobrir veio em decorrência do pecado. A cobertura perfeita não poderia ser criada pela obra do homem (folhas de figueira), mas pela morte ou sacrifício de um inocente. Que graça de DEUS que nos relembra que a primeira morte física ocorreu não somente como o resultado do pecado, mas também para relembrar que Ele é o Salvador dos pecadores. XI. O Homem Lançado Fora do Jardim - versículos 22-24. Após pecarem Adão e Eva foram lançados para fora do jardim. Isto ocorreu para que eles não comessem da árvore da vida e então indefinidamente prolongassem suas vidas. É verdade que aparte de CRISTO, uma vida longa aqui na terra seria uma maldição. O homem se sentindo imortal iria de mal a pior. A vida prolongada dos homens antes do dilúvio parece ter aumentado a maldade do homem. Muitas vezes a tirania e a maldade dos homens só terminam quando eles morrem. O homem não pode participar da árvore da vida até que o seu pecado seja extirpado [Apocalipse 22:1-3]. No versículo 24 nós temos a primeira menção dos querubins. Estes misteriosos seres angélicos são sempre vistos na presença de DEUS. Havia querubins de ouro supervisionando o propiciatório no Tabernáculo. Eles representavam os anjos que estão ansiosos para olhar para a redenção de CRISTO [Êxodo 25:17-22; I Pedro 1:12]. Há muitas coisas a respeito da árvore da vida que nós desconhecemos. Por que ela era necessária ou será novamente no futuro, nós não podemos responder. O que sabemos é que a árvore da vida era um tipo de nosso Salvador. Esta idéia é fortalecida pela presença dos querubins que estão sempre associados à redenção. Vamos procurar trazer os perdidos ao conhecimento de JESUS CRISTO, a verdadeira árvore da vida, da qual nenhum pecador arrependido é barrado. Nós podemos ser usados como instrumentos para que os homens venham a CRISTO, a fim de eles tenham vida [Provérbios 11:30]. Aqueles que estiverem interessados no debate a respeito da evolução versus a criação de DEUS, encontrarão bons livros que tratam deste assunto. Homens como Henry Morris, Duane Gish, Gary Parker e A. E. Wilder-Smith têm escrito alguns volumes muito úteis. Estes são apenas alguns dos melhores autores. Autor: Pastor Ron Crisp Tradução: Pastor Eduardo Alves Cadete 2001 Revisão : Joy Ellaina Gardner 2001 Verificação: Pastor Calvin Gardner 2002 Fonte: www.palavraprudente.com.br CONCUPISCÊNCIA DOS OLHOS: Satanás disse para Eva: Mt 5:28 Eu, porém, vos digo: Qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração já cometeu adultério com ela. Visão. a) Tipos de olhos. Olhos altivos (Pv 6.17; Is 2.11), olhos malignos (Pv 23.6), o olho mau (Mt 6.23; Pv 28.22), olhos zombeteiros (Pv 30.17), olhos cheios de adultério (2 Pe 2.14). JESUS falou que os “olhos são a candeia do corpo” (Mt 6.22). Portanto, devemos cuidar dos olhos para que sejam luz e não trevas (Mt 6.23). b) Visão e instintos naturais. Visão, explora os instintos da aquisição, da fome, da sede e da reprodução. Ambição (SOBERBA DA VIDA) - Desejo veemente de alcançar os bens materiais, o poder, a glória, a riqueza, a posição social, etc. SOBERBA DA VIDA 1 Tm 6.7-12 7 Porque nada trouxemos para este mundo e manifesto é que nada podemos levar dele. 8 Tendo, porém, sustento e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. 9 Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. 10 Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. 11 Mas tu, ó homem de DEUS, foge destas coisas e segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão. 12 Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas. ESTEJAMOS... CONTENTES. Os crentes devem estar satisfeitos, tendo as coisas essenciais desta vida, como alimento, vestuário e teto. Caso surjam necessidades financeiras específicas, devemos confiar na providência de DEUS (Sl 50.15), enquanto continuamos a trabalhar (2 Ts 3.7,8), a ajudar os necessitados (2 Co 8.2,3), e servir a DEUS com contribuições generosas (2 Co 8.3; 9.6,7). Não devemos querer ficar ricos (vv. 9-11). OS RICOS CAEM EM TENTACÃO. MILITA A BOA MILÍCIA DA FÉ. Os termos "milita" e "milícia" provém da palavra grega que significa "agonizar". Paulo vê a vida cristã como uma guerra; uma luta intensa que requer permanecer leal a CRISTO e enfrentar os adversários do evangelho. Todos nós somos conclamados a defender o evangelho em qualquer ocupação em que DEUS nos colocou (ver Ef 6.11,12). Introdução: Romanos 12.16 Sede unânimes entre vós; não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios em vós mesmos. Não ambicioneis coisas altas: Isso nos leva a pensar na ambição por coisas que não sejam altas, por exemplo: Ter uma casa para morar, um emprego para trabalhar, vestuário digno, estudo, alimentação, veículo ou condição de se locomover para locais necessários. Então podemos deduzir que existem as ambições normais ao ser humano, o desejo de possuir o necessário para sua subsistência. Também existe a má ambição, a ambição por possuir muito além do que é necessário para subsistência, uma ambição que chega a ser doentia, que não se importa em ofender e em até, se necessário, prejudicar ou até matar uma outra pessoa para se conseguir seu objetivo ambicioso, essa doença podemos denominar de ganância. De onde vem essa ganância? Com certeza essa ganância nasceu no coração de um querubim criado por DEUS, mas que intentou ser igual e até maior que DEUS. Em sua ganância ambiciosa o querubim se rebelou contra DEUS e arrastou após si a terça parte dos anjos. Agora aquele querubim é denominado Diabo ou Satanás e aqueles anjos são denominados demônios. Os demônios são seres espirituais com personalidade e inteligência. Como súditos de Satanás, inimigos de DEUS e dos seres humanos (Mt 12.43-45), são malignos, destrutivos e estão sob a autoridade de Satanás (ver Mt 4.10). Satanás procurou roubar a imagem de DEUS que estava no homem e passou aos homens sua ambição gananciosa. Genesis 3.1 Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR DEUS tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que DEUS disse: Não comereis de toda árvore do jardim? 2 E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, 3 mas, do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse DEUS: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. 4 Então, a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. 5 Porque DEUS sabe que, no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos, e sereis como DEUS, sabendo o bem e o mal. 6 E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. Destaca-se aqui a frase "no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos, e sereis como DEUS, sabendo o bem e o mal". Esse era o desejo de Satanás, ser igual a DEUS, e agora passa essa ganância ambiciosa aos homens. A ganância diabólica é uma doença da alma que atinge o espírito humano, causando separação de DEUS, podendo levar até mesmo à inimizade contra DEUS. 3.1 A SERPENTE. Nesse episódio, a serpente (servindo de instrumento de Satanás) levantou-se contra DEUS através da sua criação. Declarou que aquilo que DEUS dissera a Adão não era a verdade (vv.3,4); por fim, ela foi a causa de DEUS amaldiçoar a criação, inclusive a raça humana que Ele fizera à sua imagem (vv. 16-19; 5.29; Is 23.6; Rm 8.22; Gl 3.13a). A serpente é, posteriormente, identificada com Satanás ou o diabo (Ap 12.9; 20.2). Certamente Satanás controlou a serpente e usou-a como instrumento para efetuar a tentação (2 Co 11.3,14; Ap 20.2; ver Mt 4.10). 3.4 CERTAMENTE NÃO MORREREIS. A raça humana está ligada a DEUS mediante a fé na sua palavra como a verdade absoluta (ver 2.16). (1) Satanás, porque sabia disso, procurou destruir a fé que Eva tinha no que DEUS dissera, causando dúvidas contra a palavra divina. Satanás insinuou que DEUS não estava falando sério no que dissera ao casal (2.16,17). Noutras palavras, a primeira mentira proposta por Satanás foi uma forma de antinomianismo, negando o castigo da morte pelo pecado e apostasia. (2) Um dos pecados capitais da humanidade é a falta de fé na Palavra de DEUS. É admitir que, de certo modo, DEUS não fala sério sobre o que Ele diz da salvação, da justiça, do pecado, do julgamento e da morte. A mentira mais persistente de Satanás é que o pecado proposital e a rebelião contra DEUS, sem arrependimento, não causarão, em absoluto, a separação de DEUS e a condenação eterna (ver 1 Co 6.9; Gl 5.21; 1 Jo 2.4). 3.5 SEREIS COMO DEUS. Satanás, desde o princípio da raça humana, tenta os seres humanos a crer que podem ser semelhantes a DEUS, inclusive decidindo por conta própria o que é bom e o que é mau. (1) Os seres humanos, na sua tentativa de serem como DEUS, abandonam o DEUS onipotente e daí surgem os falsos deuses (ver v. 22; Jo 10.34). O ser humano procura, hoje, obter conhecimento moral e discernimento ético partindo de sua própria mente e desejos, e não da Palavra de DEUS. Porém, só DEUS tem o direito de determinar aquilo que é bom ou mau. (2) As Escrituras declaram que todos que procuram ser deuses desaparecerão da terra e de debaixo deste céu (Jr 10.10,11). Este será também o destino do anticristo, do qual está escrito: querendo parecer DEUS (2 Ts 2.4). O ser humano, através da queda, tornou-se até certo ponto independente de DEUS, e começou a fazer o seu próprio julgamento entre o bem e o mal. (1) Neste mundo, o julgamento ou discernimento humano, imperfeito e pervertido, constantemente decide sobre o que é bom ou mau. Tal coisa nunca foi da vontade de DEUS, pois Ele pretendia que conhecêssemos somente o bem, e para isso, dependendo dEle e da sua palavra. (2) Todos quantos confessam CRISTO como Senhor, retornam ao propósito original de DEUS para a humanidade. Passam a depender da palavra de DEUS para determinarem o que é bom. Satanás foi o primeiro e o maior ambicioso de que se tem notícia: Queria subir mais alto do que o trono de DEUS, queria ser DEUS até sobre o próprio DEUS, ainda durante a grande tribulação vai querer ser adorado como se fosse DEUS. No capítulo 12 do Apocalipse, é-nos dado um rápido vislumbre dessa guerra no Céu, quando Satanás, como líder da rebelião, arrastou “a terça parte das estrelas do Céu, as quais lançou para terra” (Apocalipse 12:4). No verso 7, as estrelas são identificadas com os anjos, pois lemos: “Houve peleja no Céu. Miguel e seus anjos pelejaram contra o dragão. Também pelejaram o dragão e seus anjos”. Em conexão com o mesmo assunto, o apóstolo Judas fala de “anjos, os quais não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio…” (Judas 6). Por incrível que pareça, houve anjos que, iludidos, escolheram a senda da rebelião e lançaram sua sorte com Satanás. Esses anjos, deformados em seu caráter pelo efeito corruptor do pecado, é que Paulo chama de “espíritos enganadores”, ou “demônios”. (I Timóteo 4:1). Há, conseqüentemente, uma hierarquia do mal a cuja testa está o “príncipe deste mundo”. A esses anjos que seguiram Satanás denominamos demônios. A DESCOBERTA DA AMBIÇÃO - A NOTÍCIA E O COMENTÁRIO BÍBLICO A revista VEJA de 1o. de março de 2006 na página 54 traz um artigo A DESCOBERTA DA AMBIÇÃO.” Diz o artigo, “O ambicioso não enxerga o cume nem quando o atinge. O céu para ele não é o limite. Não é por outra razão que os maiores desastres do mundo foram gestados pela ambição sem limites.” ... “Seja por amor, dinheiro, sabedoria, poder, glória ou fama, a ambição move o mundo.” 1- Qual a diferença entre ambição e ganância? Ambição é o desejo veemente (de poder,glória, riqueza, etc); aspiração imoderada; pretensão; cobiça. A ganância é uma ambição desmedida (portanto patológica = doentia); é o desejo de obter riquezas, poder, glória ou honras, sem qualquer atitude ética. O próprio termo em si reforça o conceito acima: gana desejo, impulso ou ímpeto por algo. Ganância é a gana em ação. 2. Esse problema de ambição desmedida só atinge a sociedade secular ou pode também atingir a sociedade religiosa dos nossos dias? O mundo religioso moderno também não fugiu a esta lógica e, para justificar práticas gananciosas, criou um sustentáculo teológico que ficou conhecido como teologia da prosperidade. Perdemos contato com nossas necessidades e entramos em uma compulsão (entenda-se compulsão, aqui, como uma repetição exagerada de querer sempre e sempre mais não importa o quê, nem como conseguimos). 3. Um cristão que diga a si mesmo tenho ambições pessoas como posso atingir meus ideais sem que se tornem atitudes gananciosas? Com certeza, ambições, desejos, todos nós temos. Todavia, precisamos estar atentos para que eles não se tornem um comportamento ganancioso. Devemos entender que nossas ambições precisam estar em sincronia com nossas necessidades pessoais. O que vai além de nossas necessidades é ganância. 4. Que exemplo bíblico o irmão poderia citar de pessoas demonstrou ambições pessoais que se transformou em atitudes gananciosas? O filho de Davi chamado Absalão. A forma como ele demonstrou ambição gananciosa está apontado em (2SM 15:1) "E ACONTECEU depois disto que Absalão fez aparelhar carros e cavalos, e cinqüenta homens que corressem adiante dele."(2SM 15:2) "Também Absalão se levantou pela manhã, e parava a um lado do caminho da porta. E sucedia que a todo o homem que tinha alguma demanda para vir ao rei a juízo, o chamava Absalão a si, e lhe dizia: De que cidade és tu? E, dizendo ele: De uma das tribos de Israel é teu servo;" (2SM 15:3) "Então Absalão lhe dizia: Olha, os teus negócios são bons e retos, porém não tens quem te ouça da parte do rei."(2SM 15:4) "Dizia mais Absalão: Ah, quem me dera ser juiz na terra, para que viesse a mim todo o homem que tivesse demanda ou questão, para que lhe fizesse justiça!"(2SM 15:5) "Sucedia também que, quando alguém se chegava a ele para se inclinar diante dele, ele estendia a sua mão, e pegava dele, e o beijava."(2SM 15:6) "E desta maneira fazia Absalão a todo o Israel que vinha ao rei para juízo; assim furtava Absalão o coração dos homens de Israel."(2SM 15:7) "Aconteceu, pois, ao cabo de quarenta anos, que Absalão disse ao rei: Deixa-me ir pagar em Hebron o meu voto que fiz ao SENHOR." 5. Interessante a passagem que o irmão leu sobre o filho do rei Davi, Absalão e da expressão onde se diz assim furtava Absalão o coração dos homens de Israel. Sei que pode alguém roubar dinheiro, jóias, animais, carros, mas nunca li de alguém que furtasse o coração de pessoas. Que estratégia diabólica movida pela ambição gananciosa do filho que queria tomar o trono do pai, sendo o pai ainda vivo. Isso pode repetir-se nas igrejas hoje? Você usou a palavra certa:a estratégia política de Absalão era conquistar o coração das pessoas com sua boa aparência, uma entrada triunfal, uma aparente preocupação com a justiça e muitos abraços amigos. Muitos se deixaram enganar e mudaram sua submissão. Mais tarde, entretanto, Absalão revelou ser um governante cruel. Precisamos avaliar cuidadosamente os nossos pastores para termos a certeza de que seu carisma não é uma máscara que encobre a desejo de tomar o lugar do pastor dirigente de qualquer igreja, porque isso está na moda. Chegam como cooperadores, trabalham com aparente fidelidade à direção da Igreja onde são recebidos de braços abertos, ganham confiança do pastor dirigente, são indicados para pastores e quando vêem que o coração dos membros está voltado para eles, então, com o engano e ambição pelo poder retiram-se com acusações levianas e levam parte dos membros para os quais se mostraram tão atenciosos. Isso é furto de corações. É ambição gananciosa. Absalão esperou nada menos do que quarenta anos furtando corações com afagos, com beijinhos e depois deu o golpe. Hoje existem aqueles que não esperam tanto: com 5,10,15 anos já dão o golpe. Devemos certificar de que sob seu estilo e carisma está alguém capaz de tomar boas decisões e cuidar sabiamente do povo. 6. Que outros exemplos podem ser colhidas da Bíblia? Nos seguintes textos podemos perceber que, tanto na espiritualidade judaica corno na cristã, a ganância não condiz com os valores do reino. 1.Jeremias 22.1-7 - Aqui o profeta Jeremias condena o rei Jeoaquim por sua ambição desmedida, que gera a morte de inocentes, violência e extorsão. 2. Hebreus 13.5-6 - O autor do livro de Hebreus critica a avareza e realça a total confiança na providência divina, no suprimento de nossas necessidades. 3. Mateus 5.3-10 - O texto das bem-aventuranças nos mostra que os valores do reino têm a ver com o SER e não com o TER. Por exemplo: "Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça". Eles são perseguidos pelo que são: Justos. (MT 5:3) "Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;" (MT 5:4) "Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;" (MT 5:5) "Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;" (MT 5:6) "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;" (MT 5:7) "Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;" (MT 5:8) "Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a DEUS;" (MT 5:9) "Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de DEUS;" (MT 5:10) "Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;" (Tg 4:1) "DE onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?"(Tg 4:2) "Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes.. "Na edição da VEJA desta semana saiu um artigo sobre Ambição, e eu gostei do comentário a respeito do livro de Max Weber - A Ética Protestante e o ESPÍRITO do Capitalismo, excelente. Deveria ter comentado a respeito das idéias de Calvino que influenciou a nação protestante dos Estados Unidos." Rev. Eudoxio Santos. "A religião influencia diretamente a percepção da ambição, sobretudo quando diz respeito a querer ganhar dinheiro. No começo do século passado, o alemão Max Weber já havia constatado o fato. Em seu A Ética Protestante e o ESPÍRITO do Capitalismo, ele mostra como os princípios do cristianismo em sua vertente protestante nortearam a construção da potência hegemônica do mundo atual, os Estados Unidos. Segundo ele, nos países de religião protestante, onde há uma ética que valoriza o trabalho duro e legitima suas recompensas materiais, quem enriquece está prestando um serviço à sociedade e mostrando o seu valor a DEUS. Nos países católicos, ao contrário, a ambição chega a ser considerada um pecado, já que pressupõe a busca por uma vantagem pessoal, e não divina. SANTO Agostinho, na Oração pelos Filhos, alerta: "Senhor, que o egoísmo e a ambição não os desviem do bom caminho"." VEJA, Daniela Pinheiro, 1 de março de 2006 Muita gente confunde ambição com ganância. A ambição é uma das molas mestras do sucesso. Ter ambição é querer ardentemente; é colocar a mente e a vontade focadas num objetivo e tudo fazer para que ele se concretize. A ambição sem medida pode ser negativa. Mas a ambição dentro dos limites da ética é altamente positiva. Uma pessoa sem ambição não terá sucesso, pois não encontrará os motivos para lutar e vencer. Já a ganância é totalmente negativa. A ganância é um dos maiores fatores de fracasso na vida pessoal e profissional. A pessoa gananciosa é aquela que não vê limites para ganhar o que deseja. Ela não tem nenhuma ética, nenhuma consideração de respeito às demais pessoas. Para o ganancioso, os fins justificam os meios. Vejo, com tristeza, pessoas e empresas que ultrapassam os limites da ambição passando rapidamente para a ganância. Nada mais justo do que o profissional e a empresa desejarem ardentemente vencer. E nada mais justo do que lutar, com todas as armas, para vencer essa luta. Mas no momento em que essa luta se transforma numa “guerra suja”, antiética e sem limites passou-se da ambição para a ganância. E aí a aparente vitória no curto prazo, com certeza, transformar-se-á numa terrível derrota. Pois a ganância nunca fez vencedores no longo prazo. Só derrotados. Vejo profissionais, empresários e empresas que dizem não compreender as razões de seus fracassos. Dizem tudo terem feito para vencer. Lutaram dia e noite. Basta, porém, fazermos uma análise dessa luta e veremos que em meio a essas batalhas essas pessoas e empresas ultrapassaram os limites da ambição e caíram na desgraça da ganância, prejudicando pessoas, prejudicando parceiros, faltando com a ética e com a verdade, tudo fazendo para levar vantagens ilícitas sobre aqueles com quem deveriam cooperar e não prejudicar. Será que também nós, na ânsia de lutar para vencer, não estamos ultrapassando os limites da necessária e positiva ambição e caindo nas terríveis armadilhas da ganância? (Luiz Marins) Conclusão: Assim, concluímos que existe a boa ambição, que estimula o homem ao trabalho e à sua recompensa, mas existe a má ambição que é uma doença; esta, podendo levar o homem a se distanciar de DEUS e escravizá-lo pelo capitalismo selvagem e desumano. Também há, em contrapartida, a religião que sufoca a ambição, seja ela qual for, trazendo ao ser humano a aceitação da pobreza como modo de servir a DEUS, o que é uma escravidão maior e mais penosa, pois nem a riqueza e nem a pobreza são índices de medição da salvação. Com a contaminação do pecado, "o cosmos" tornou-se um sistema maligno, controlado por Satanás, o príncipe deste mundo. Ele exerce autoridade sobre grande parte das atividades típicas deste mundo, e chefia um sistema invisível de maldade e destruição, no qual anjos malignos e homens ao seu serviço fazem direta oposição a DEUS. O "sistema do mundo", conforme denominado pela Bíblia, além de manipular, subjugar e manter os seres humanos sob o domínio de Satanás, também objetiva desviar, por todos os meios, os crentes dos caminhos do Senhor. A Igreja jamais pode minimizar, ou ignorar, as ardilosas tramas deste sistema. Ela precisa, sim, posicionar-se contra ele, a fim de prosseguir vitoriosamente em CRISTO JESUS (1 Jo 5.4,5). RESUMO DA LIÇÃO 06 - O SISTEMA DE VIVER DO MUNDO 3º Trimestre de 2009 - CPAD I. O QUE É O MUNDO? Este "mundo" designa a maneira de viver organizada, conduzida por Satanás. Ele exerce autoridade sobre grande parte das atividades típicas deste mundo. 1. Os atrativos do mundo (v.16). 2. O mundo sob a ótica de DEUS. II. COMO O CRISTÃO DEVE VIVER NESTE MUNDO Toda desobediência tem suas conseqüências. 1. Os elementos do mundo (v.16). a) A concupiscência da carne b) Pela concupiscência dos olhos c) A soberba da vida. CONCLUSÃO - O autêntico crente, que pratica os princípios do cristianismo bíblico, não deve adequar-se ao presente sistema mundano. SINOPSE DO TÓPICO (1) Com a contaminação do pecado, "o cosmos" tornou-se um sistema maligno, controlado por Satanás, o príncipe deste mundo. Ele exerce autoridade sobre grande parte das atividades típicas deste mundo, e chefia um sistema invisível de maldade e destruição, no qual anjos malignos e homens ao seu serviço fazem direta oposição a DEUS. REFLEXÃO"Fomos chamados a viver uma vida separada deste mundo, com objetivos infinitamente mais nobres e que honram o nome do Altíssimo, que nos chamou das trevas para sua maravilhosa luz" (1 Pe 2.9). SINOPSE DO TÓPICO (2) A expressão "não ameis o mundo nem o que no mundo há" não é uma sugestão ou conselho, mas uma ordenança severa da Palavra de DEUS. Toda desobediência tem suas conseqüências. REFLEXÃO"Mundo em João não se refere tanto a grandeza como a maldade. No vocabulário de João, mundo é primeiramente a ordem moral em rebelião intencional e culpável contra DEUS". D. A. Carson APLICAÇÃO PESSOAL DEUS quer usar a sua vida para proclamar sua Palavra ao mundo que jaz no maligno. Mas, para que você seja usado pelo Senhor, precisa manter-se puro. É necessário resistir aos impulsos diabólicos, que chegam a sua mente tentando destruí-lo. "... Toda pessoa que diz que pertence ao Senhor precisa abandonar o pecado" (2 Tm 2.19 NTLH). A falta de santidade conduz a inutilidade. JESUS nos advertiu: "Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para ser lançado fora..." (Mt 5.13). De acordo com Henry Blackaby, na sua obra Santidade, "DEUS está chamando seu povo para voltar para Ele e ser um caminho de santidade, por meio do qual Ele possa alcançar o mundo perdido. Devemos construir nosso relacionamento com DEUS de tal forma que nossas vidas possam ser uma estrada, por meio da qual, DEUS possa alcançar o resto de nossa nação mediante um grande reavivamento entre o povo de DEUS e um grande despertamento espiritual nos corações daqueles que não conhecem ao Senhor". O Senhor quer usá-lo neste mundo tenebroso. QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 06 - O SISTEMA DE VIVER DO MUNDO RESPONDA CONFORME A REVISTA DA CPAD DO 3º TRIMESTRE DE 2009 COMPLETE AS FRASES E COLOQUE "V' PARA VERDADEIRO E "F" PARA FALSO. TEXTO ÁUREO 1-Complete: “E não vos conformeis com este __________________________, mas transformai-vos pela __________________________ do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita _____________________________ de DEUS" (Rm 12.2). VERDADE PRÁTICA 2- Complete: Todo crente _______________________ a CRISTO precisa conhecer os nocivos padrões de procedimentos deste mundo, a fim de que possa rejeitá-los e firmar-se cada vez mais nos santos preceitos da Palavra de DEUS. O "sistema do ____________________________", conforme denominado pela Bíblia, além de manipular, subjugar e manter os seres humanos sob o domínio de Satanás, também objetiva _____________________________, por todos os meios, os crentes dos caminhos do Senhor. A Igreja jamais pode minimizar, ou ignorar, as ardilosas tramas deste sistema. Ela precisa, sim, posicionar-se contra ele, a fim de prosseguir __________________________ em CRISTO JESUS (1 Jo 5.4,5). I. O QUE É O MUNDO? 3- O que é o mundo conforme expressa a Leitura Bíblia em Classe (1 João 2.15-19; João 15.18,19)? ( ) Não diz respeito aos campos, mares, escarpas, acidentes geográficos e nem à ordem geral da criação. ( ) Este "mundo" designa a maneira de viver organizada, conduzida por Satanás. ( ) É o planeta Terra com o Sol, os planetas e as estrelas. ( ) Este "mundo" caracteriza-se pela indiferença, rejeição e oposição a DEUS, à sua Palavra e ao seu Reino. ( ) É o sistema solar. ( ) Trata-se de um sistema constituído de pessoas, idéias, leis, instituições, comportamentos e atividades 4- No princípio, DEUS criou o mundo perfeito e bom (Gn 1.31). Todavia, lá no Éden, Satanás, em forma de serpente, induziu Eva a que? ( ) A ser uma esposa excelente e obediente. ( ) A desejar ser igual a DEUS. ( ) A obrigar Adão a pecar. 5- O que aconteceu a partir da infeliz circunstância de Eva ser enganada por Satanás? ( ) Todos os descendentes de Adão tornaram-se internamente portadores de uma natureza santa, e externamente opositores de DEUS. ( ) Todos os descendentes de Adão tornaram-se externamente portadores de uma natureza engenhosa, e adoradores de DEUS. ( ) Todos os descendentes de Adão tornaram-se internamente portadores de uma natureza pecaminosa, e externamente opositores de DEUS. 6- Com a contaminação do pecado, como se tornou o "cosmos" (1 Jo 5.19)? ( ) Tornou-se um sistema maligno (Ef 2.2; Gl 1.4; 2 Co 4.4), ( ) Tornou-se um sistema controlado por Satanás, o príncipe deste mundo (Mt 4.8; Jo 14.30; 16.11; 2 Tm 2.26; 1 Jo 5.19). ( ) Tornou-se um sistema que exerce autoridade sobre grande parte das atividades típicas deste mundo. ( ) Tornou-se um sistema invisível de maldade e destruição, no qual anjos malignos e homens a serviço de Satanás fazem direta oposição a DEUS (At 8.4), à sua Palavra e ao seu povo (1 Pe 1.18,19; At 26.18). 7- Onde pode ser detectado claramente o sistema maligno em ação? ( ) Nas profecias messiânicas. ( ) Em todas igrejas evangélicas. ( ) Na mentalidade mundana dos nossos dias, expressa pelas idéias, opiniões, posicionamentos, leis, objetivos e metas do povo, dos governos, das nações e até mesmo de "certas igrejas" semelhantes à Laodicéia. 8- O que acontece quando o cristão se deixa enganar pelas propostas desse mundo espiritualmente tenebroso? ( ) Torna-se escravo de um sistema benigno que se une para o bem geral. ( ) Torna-se escravo de um sistema maligno que rouba, mata e destrói. ( ) Torna-se um instrumento de um sistema político voltado para o bem-estar do mundo. 9- Qual a única saída para o Cristão que se deixou enganar? ( ) Enfrentar o inimigo e vencê-lo pelas suas próprias forças. ( ) Pedir oração para a igreja e aguardar a resposta de DEUS. ( ) Retornar imediatamente ao seio do Pai, por JESUS CRISTO, nosso libertador. 10- Dê um exemplo bíblico deste fato, de alguém ser iludido pelos prazeres do mundo e depois retornar ao pai: Complete: Foi o que aconteceu com o filho _____________________: desprezando o amor do pai e a vida abençoada no lar, resolveu bandear-se para o mundo, a fim de desfrutar de seus prazeres. Todavia, após perder toda a sua _________________________, abandonado e miserável, decidiu regressar a sua família. Retornando ao aconchego do lar, foi festivamente recebido pelo _________________________, que lhe restituiu tudo o que, no mundo, havia perdido (Lc 15.11-32). Todo crente fiel a CRISTO deve evitar tal experiência (1 Jo 2.15). Ananias e Safira não tiveram a mesma sorte: amando o dinheiro e o engano, mentiram ao ESPÍRITO SANTO e foram punidos com a ________________________ (At 5.1-11). 11- Por que a Bíblia adverte-nos a não amarmos o mundo? ( ) Porque ele é dominado pelas trevas. ( ) Porque ele "jaz no maligno". ( ) Porque ele terminará ainda neste século. 12- Qual a nossa responsabilidade quanto ao mundo, ou seja, as pessoas? ( ) Já estão condenados juntamente com Satanás, portanto, nos afastemos deles. ( ) O mundo, ou seja, as pessoas são alvos do amor de DEUS ( ) Temos a responsabilidade de resgatar do mundo todos os que vivem sem DEUS, sem luz e sem salvação. 13- Complete: "DEUS amou o ______________________ de tal maneira que deu o Seu Filho" (Jo 3.16). Em sua oração sacerdotal, JESUS rogou ao Pai que não nos tirasse do mundo, mas que nos livrasse do mal. Ele, na verdade, queria que, pelo evangelho, alcançássemos a humanidade perdida neste _______________________ (Jo 17.15,18). DEUS não tem prazer na condenação do homem. O Senhor tem manifestado seu infinito amor desde que o primeiro homem lhe _________________________ (Gn 3.15,21; Ez.18.4; 1Tm 2.4). Todavia, este mundo não escapará da condenação eterna, caso não se arrependa de seus _______________________, especialmente da incredulidade. É por isso que o apóstolo João registrou em seu evangelho: "a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as _______________________ do que a luz" (Jo 3.19). II. COMO O CRISTÃO DEVE VIVER NESTE MUNDO 14- Complete: A expressão "não ameis o mundo nem o que no mundo há" (v.15) não é uma sugestão ou conselho, mas uma ___________________________ severa da Palavra de DEUS. Toda _________________________ tem suas _____________________. Imagine o que aconteceria se, diante de um semáforo assinalando vermelho para os pedrestes, resolvêssemos atravessar uma avenida de grande fluxo. Provavelmente, sofreríamos uma terrível e traumática conseqüência. Consideremos, pois, este exemplo na perspectiva de nossa salvação eterna (Hb 2.1-3). 15- O que a concupiscência da carne engloba? ( ) Desejos impuros, vícios e prazeres sensuais. ( ) Desejos puros e satisfação sexual do casal cristão. ( ) Desejos cristãos e contenção sensual. 16- Quais das alternativas estão corretas? Coloque “C” nas corretas: ( ) O corpo já está condenado como instrumento do pecado. ( ) A Bíblia exorta-nos a fugir de toda e qualquer impureza.. ( ) O corpo não é mau em si mesmo, mas é uma presa fácil para o pecado. ( ) Devemos vigiar e orar sem cessar. ( ) O corpo não vai para o céu, portanto não precisamos nos preocupar com ele. ( ) O crente deve estar ciente de que ele é templo do ESPÍRITO SANTO. ( ) O crente deve viver uma vida piedosa e consagrada a DEUS. ( ) O corpo do crente deve ser um sacrifício vivo, santo e agradável ao Senhor.. ( ) Os vícios podem ser considerados concupiscência da carne. ( ) Ninguém que se deixa vencer pelos vícios herdará o Reino dos céus. 17- Em que se torna o homem, na concupiscência dos olhos? ( ) Se torna cativo daquilo que ele vê. ( ) Se torna independente daquilo que ele vê. ( ) Se torna senhor daquilo que ele vê. 18- O que o crente precisa fazer para não se tornar cativo daquilo que ele vê? ( ) É preciso que o crente mantenha-se constantemente em vigilância e oração. ( ) Não se portar como Eva que desobedeceu a DEUS. ( ) Não se portar como José. ( ) Não se portar como Acã. ( ) Não se portar como Davi que também foi atraído pela concupiscência dos olhos. 19- O que nos exorta a Palavra de DEUS quanto à vontade do Eterno? ( ) A não nos conformarmos com este sistema solar, a fim de que possamos viver no centro da vontade do Eterno. ( ) A não nos conformarmos com este mundo, a fim de que possamos viver no centro da vontade do Eterno. ( ) A não nos conformarmos com este século, a fim de que possamos conviver com todas as pessoas que moram no mundo. 20- Desde o princípio, Satanás engana o ser humano com que tipo de idéia? ( ) Com a verdadeira idéia de que é possível ser igual a DEUS. ( ) Com a falsa idéia de que é possível ser igual a DEUS. ( ) Com a falsa idéia de que não é possível ser igual a DEUS. 21- Com o engano de Satanás, como o homem se comporta? ( ) Tenta a todo custo viver à parte de seu Criador, buscando sua própria exaltação, através de riquezas, "status", títulos e posições, com o intuito de ser honrado por seus pares. ( ) Ser humilde e manso diante de todos é o objetivo máximo da vida de muitas pessoas. ( ) Muitos lutam aferradamente pelo poder, pelo direito de exercer autoridade sobre seus semelhantes, ou pelo simples deleite que isso possa lhe trazer. ( ) Ser visto e admirado por todos é o objetivo máximo da vida de muitas pessoas. 22- O que nos assevera a Palavra de DEUS sobre o sistema que Satanás usa para governar (1Jo 2.16)? ( ) Que isto vem de DEUS, e está no mundo. ( ) Que isto não vem de DEUS, mas do mundo. ( ) Que isto não vem de DEUS, mas do homem. 23- Segundo JESUS, qual deve ser o maior objetivo da nossa vida? ( ) Buscar o Reino de DEUS e a sua justiça. Nesta busca devemos descansar e não nos preocupar com o futuro. ( ) Buscar o contato com Satanás e seu poder. Nada mais importa. ( ) Buscar o Reino de DEUS e a sua justiça. Nesta busca devemos investir todas as nossas energias. CONCLUSÃO 24- Complete: O autêntico crente, que pratica os princípios do cristianismo bíblico, não deve adequar-se ao presente _______________________ mundano que engoda a humanidade e, se possível, até mesmo os filhos de DEUS. Fomos chamados a viver uma vida separada deste mundo, com objetivos infinitamente mais ________________________ e que honram o nome do Altíssimo, que nos chamou das ____________________ para sua maravilhosa luz (1 Pe 2.9). AJUDA CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - BÍBLIA de Estudos Pentecostal. http://universobiblico.com.br/assembleia/estudosbiblicos/videosebdnatv.htm (VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE) BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD. Nosso novo endereço:http://www.apazdosenhor.org.br/prof/ Veja vídeos em http://ebdnatv.blogspot.com , http://www.ebdweb.com.br/, em http://www.sovitoria.com.br/ - Ou nos sites seguintes: 4Shared, BauCristao, Dadanet, Dailymotion, GodTube, Google, Magnify, MSN, Multiply, Netlog, Space, Videolog, Weshow, Yahoo, Youtube.

Nenhum comentário: