quinta-feira, 5 de novembro de 2009

LIÇÃO 06 - DAVI UNIFICA O REINO DE ISRAEL

LIÇÃO 06 - DAVI UNIFICA O REINO DE ISRAEL Lições Bíblicas Aluno - Jovens e Adultos - 4º TRIMESTRE DE 2009 Davi - As vitórias e as derrotas de um homem de DEUS Comentários do Pr. José Gonçalves Consultor Doutrinário e Teológico: Pr. Antonio Gilberto Complementos, questionários e videos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva QUESTIONÁRIO TEXTO ÁUREO Assim faça DEUS a Abner e outro tanto, que, como o SENHOR jurou a Davi, assim lhe hei de fazer, transferindo o reino da casa de Saul e levantando o trono de Davi sobre Israel e sobre Judá, desde Dã até Berseba" (2 Sm 3.9,10). VERDADE PRÁTICA A coroação de Davi sobre todo o Israel, além de cumprir as profecias que prediziam esse fato, realizou o propósito divino de estruturar e organizar a nação eleita. LEITURA DIÁRIA Segunda 1 Sm 15.23 Um reinado rejeitado Terça 2 Sm 1.25,27 A morte dos valentes Quarta 2 Sm 2.7 Buscando a unidade do reino Quinta 2 Sm 5.1,2 Um reino unificado Sexta 2 Sm 5.12 O reinado de Davi é confirmado Sábado Mt 12.25 O reino dividido está fadado à destruição LEITURA BÍBLICA EM CLASSE 1 Samuel 16.1,12,13; 2 Samuel 5.2 1 Então, disse o SENHOR a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche o teu vaso de azeite e vem; enviar-te-ei a Jessé, o belemita; porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei.12 Então, mandou em busca dele e o trouxe (e era ruivo, e formoso de semblante, e de boa presença). E disse o SENHOR: Levanta-te e unge-o, porque este mesmo é. 13 Então, Samuel tomou o vaso do azeite e ungiu-o no meio dos seus irmãos; e, desde aquele dia em diante, o ESPÍRITO do SENHOR se apoderou de Davi. Então, Samuel se levantou e se tornou a Ramá. 2Sm 5.2 E também dantes, sendo Saul ainda rei sobre nós, eras tu o que saías e entravas com Israel; e também o SENHOR te disse: Tu apascentarás o meu povo de Israel e tu serás chefe sobre Israel. Samuel sentia dó de Davi, pois era seu ofício interceder pelo rei diante de DEUS. Samuel recebe ordens de DEUS para ir até Belém, no território de Judá, uma pequenina cidade acerca de 13 Km de Jerusalém e 142 Km de Nazaré, lugar onde nasceu Davi e nasceria no futuro o rei dos reis e Senhor dos senhores, o nosso salvador JESUS CRISTO, o messias prometido. Samuel deveria procurar ali por Jessé, descendente de Boaz e Rute (a moabita - ex-prostituta de Jericó). Rute e Boaz tiveram um filho chamado Obede. Este teve um filho chamado Jessé, que teve um filho chamado Davi e esse seria rei de todo o Israel. A família de Jessé, inclusive o mesmo, jamais imaginariam que dentre sua família fosse escolhido alguém para ser rei de Israel e muito menos que o escolhido fosse o pastorzinho de ovelhas que vivia no campo a tocar sua harpa e recitar versos de adoração a DEUS. Davi foi ungido rei, por Samuel, diante de sua admirada família que agora passaria a ter as regalias de uma família real, mas também os problemas advindos dessa nova situação. Davi, diferente de Saul, foi escolhido por DEUS e não pelos homens. DEUS procura adoradores (Jo 4). O ESPÍRITO SANTO veio para dirigir Davi de agora em diante, tendo saído de Saul. Pena que nenhum homem sobre a face da terra conseguiu ser totalmente guiado pelo ESPÍRITO SANTO (Rm 3.23). Davi é mais uma prova disso, pois apesar de receber o ESPÍRITO SANTO cometeu vários deslizes e pecados durante seu reinado. Logo após a morte de Saul o reino de Israel ficou a mercê dos filisteus por falta de um líder. Foi quando davi assumiu a parte sul de Israel, o território denominado Judá e o filho de Saul, Isbosete, a parte norte de israel, denominada Israel. Isbosete tinha um general que o auxiliava e, ao mesmo tempo, disputava com ele o comando de toda essa área, seu nome era Abner (o mesmo que matou o irmão de Joabe, general de Davi). Abner, vendo que o reino se dividia e enfraquecia, permitindo aos filisteus tomarem cada vez mais posse de todas as terras de Israel, resolve apoiar Davi, se lembrando da escolha feita por DEUS para isso, conhecida de todos, talvez por testemunho de Samuel. Davi exige de Abner antes que sua esposa Mical lhe seja devolvida e assim procede Abner. Abner, após reconhecer Davi como rei de todo israel é morto por Joabe que, enfim, vinga a morte de seu irmão. "Quando Isbosete, filho de Saul, soube que Abner morrera em Hebrom, esvaíram-se-lhe as forças, e todo o Israel ficou perturbado". "E trouxeram a cabeça de Isbosete a Davi, a Hebrom, e disseram ao rei: Eis aqui a cabeça de Isbosete, filho de Saul..." Davi, que tinha aliança com Jônatas e lhe prometera cuidar de sua família, via agora a família de Saul, pai de Jônatas, ser dizimada e nada pode fazer, senão mandar matar os homens que isso fizeram sem o consultar. Davi agora se torna rei de todo Israel, sendo coroado rei numa grande festa de júbilos e brados de vitória por parte de todo o exército e de todo o povo. Assim começa o reinado do maior e mais querido rei de Israel, o homem segundo o coração de DEUS. O reino cresce unido e vencendo todos seus inimigos em redor. O reinado de Davi figura na memória coletiva de Israel como o período de ouro da história do povo eleito. O período na história em que Israel conheceu verdadeiramente o Shalom prometido por Deus durante o êxodo do Egito. Shalom é a palavra hebraica que significa a perfeição da Paz, da unidade, da justiça, da igualdade, da prosperidade. Além disso, estão radicadas em Davi duas realidades fundamentais da identidade nacional do povo: o templo de Jerusalém e a esperança messiânica. Palavra Chave: Unidade - Qualidade daquilo que não pode ser dividido. LEVANTA-TE E UNGE-O. Já em tenra idade, Davi cultivava um coração voltado para DEUS como seu pastor espiritual (ver Sl 23). O fiel coração de Davi diante de DEUS (v. 7) foi a razão da sua escolha, por DEUS, para ser o próximo rei de Israel. TODO O ISRAEL SE AJUNTOU A DAVI. Por sete anos foi o reino de Davi em Hebrom, sobre duas tribos, depois Davi torna-se rei sobre todo o Israel por mais 33 anos, perfazendo o total de 40 anos.O ESPÍRITO DO SENHOR SE APODEROU DE DAVI - Depois de se retirar de Saul, o ESPÍRITO SANTO possui Davi. Agora o adorador terá maior intimidade com o adorado. Não implica em que Davi ficaria dominado pelo ESPÍRITO SANTO, pois, se assim fosse, Davi não teria cometido tantos pecados como cometeu, como por exemplo, adultério, muitas mulheres, contagem do povo por orgulho, mentiras, etc... Situação da época (Livros de 1 e 2 Samuel)Os dois livros hoje conhecidos como 1 e 2 Samuel eram originalmente um só livro denominado “O Livro de Samuel”. Não se sabe com exatidão quem realmente escreveu o livro. Sem dúvida, Samuel registrou boa parte da história de Israel neste período. No entanto, outros materiais haviam sido colecionados e puderam ser usado como fontes pelo autor real. Três dessas fontes são mencionadas em 1Cr 29.29, a saber: as “crônicas de Samuel, o vidente”, as “crônicas do profeta Natã” e as “crônicas de Gade, o vidente”. Tanto Gade como Abiatar tinham acesso aos eventos da corte do reino de Davi, de forma que ambos são candidatos à autoria desses dois livros.DataOs dois livros devem receber uma data posterior à divisão do reino em duas partes, divisão que aconteceu logo depois do governo de Salomão, 931 aC, por causa do comentário encontrado em 1Sm 27.6 “pelo que Ziclague pertence aos reis de Judá, até ao dia de hoje”. Embora, com freqüência, fosse traçada uma diferenciação entre Israel e Judá, e embora Davi tenha reinado em Judá por sete anos e meio antes da unificação do reino, não havia reis em Judá antes desta data. Data aproximada da unificação do reino de Israel: Entre 931 e 722 aC. Conteúdo2 Sm trata da ascendência de Davi ao trono e dos quarenta anos do seu reinado. O livro está enfocado na sua pessoa. E começa com a morte de Saul e Jônatas na batalha do monte Gilboa. Davi é, então, ungido rei sobre Judá, sua própria tribo. Há um jogo de poder pela casa de Saul entre Isbosete, filho de Saul e Abner comandante-chefe dos exércitos de Saul. Embora a rebelião tenha sido sufocada, esse relato sumário descreve os sete anos e meio anteriores à unificação do reino por Davi. “E houve uma longa guerra entre a casa de Saul e a casa de Davi; porém Davi se ia fortalecendo, mas os da casa de Saul se iam enfraquecendo” (3.1)Davi unifica tanto a vida religiosa quanto política da nação ao trazer a arca do Testemunho da casa de Abinadabe, onde havia estado desde que fora recuperada dos filisteus (6.1-7.1). O tema do Rei vindouro, o Messias, é introduzido quando DEUS estabelece uma aliança perpétua com Davi e seu reino. “Teu trono será firme para sempre” (7.16)Davi derrota com sucesso os inimigos de Israel, e inicia-se um período de estabilidade e prosperidade. Tristemente, porém, a sua vulnerabilidade e fraqueza o leva ao pecado com Bate-Seba e ao assassinato de Urias, esposo dela.Apesar do arrependimento de Davi depois de confrontado com o profeta Natã, as conseqüências da sua ação são declaradas com todas as letras: “Agora, pois, não se apartará a espada jamais de tua casa” (12.10).Absalão, filho de Davi, depois de uma longa separação de seu pai, instiga uma rebelião contra o rei, e Davi foge de Jerusalém. A rebelião termina quando Absalão, pendurado numa árvore pelos cabelos, é morto por Joabe.Há uma desavença entre Israel e Judá a respeito da volta do rei a Jerusalém. Um rebelde chamado Seba instiga Israel a abandonar Davi e a voltar para casa. Embora Davi tome uma série de decisões desafortunadas e pouco sábias, a rebelião é sufocada, e Davi é mais uma vez estabelecido em Jerusalém.O livro termina com dois belos poemas, uma lista dos valentes de Davi e com o pecado de Davi em fazer o censo dos homens de guerra de Israel. Davi se arrepende, compra a eira de Araúna e apresenta oferendas ao Senhor no altar que constrói.CRISTO ReveladoDavi e seu reino esperavam a vinda do Messias. O cap. 7, em especial, antecipa o futuro Rei. DEUS interrompe os planos de Davi de construir uma casa para a arca e explica que enquanto Davi não pode construir uma casa para DEUS, DEUS está construindo uma casa para Davi, ou seja, uma linhagem que dure para sempre.Pela sua vitória sobre todos os inimigos de Israel, pela sua humildade e compromisso com o Senhor, pelo seu zelo a favor da casa de DEUS e pela associação dos ofícios de profeta, sacerdote e rei na sua pessoa, Davi é um precursor da Raiz de Jessé, JESUS CRISTO.O ESPÍRITO SANTO em AçãoJESUS explicou a obra do ESPÍRITO em Jo 16.8: E, quando ele vier convencerá o mundo do pecado, e da justiça, e do juízo.” Nós vemos claramente a ação do ESPÍRITO SANTO através desses dois modos em 2 Sm. Ele atuava com mais freqüência através do sacerdócio. Sua atuação como conselheiro pode ser apreciada nas muitas ocasiões em que Davi “consultou o Senhor” através do sacerdote e do éfode.A obra de convencer e de condenar do ESPÍRITO é claramente percebida quando o profeta Natã enfrenta Davi por causa do seu pecado com Bate-Seba e Urias. O pecado de Davi é desnudado, a justiça é feita, e o julgamento é anunciado. Isso, no quadro microcósmico de 2 Sm, ilustra o amplo ministério do ESPÍRITO SANTO no mundo através da igreja investida do poder do ESPÍRITO. APRENDEMOS QUE SÓ PELO ESPÍRITO SANTO SE CHEGA `A VERDADEIRA UNIÃO. Resumo da vida de Davi - Clic na figura para ver melhor. RESUMO CRONOLÓGICO 1025 a.C – Is-Bosete é aclamado rei de Israel 1025-1018a.C.- Ungido rei de Judá em Hebrom Guerra civil entre Judá e Israel (entre as famílias de Saul e Davi) Is-Bosete líder fraco, à sombra de Abner: morte deste por Joabe. Davi multiplica suas esposas Davi negocia a volta de Mical 1018 a.C – Davi aclamado rei de todo Israel O Senhor te disse: “Você pastoreará Israel, o meu povo, e será o seu governante”. Reino Unificado II Sam 5 – Davi tinha 30 anos e reinou durante 40 anos (7 e meio em Hebrom e 33 em Jerusalém) Salmo 58, 93, 95, 60, 96, 97, 98, 99, 101 II Sam 5 – Jerusalém escolhida como capital (centro do território, segura – relevo apropriado) Filisteus derrotados Arca da Aliança levada a Jerusalém – há centenas de anos em Siló, 70 anos em Quiriate-Jearim Veja no quadro abaixo, um resumo da duração do reino de Davi: Reino de Davi Idade do rei Davi no início do reinado Duração do reinado(tempo arredondado) Amplitude do governo, duração e sede do governo 30 anos 40 anos 7 anos e seis meses sobre a tribo de Judá com sede em Hebrom 33 anos sobre todo Israel em Jerusalém Obs: O reinado de Davi durou 40 anos; este número é obtido somando-se o tempo que ele reinou em Hebrom sobre Judá ao tempo que ele reinou em Jerusalém sobre todo o Israel. Por ser o tempo informado pela Bíblia, este é o período adotado em nosso estudo, apesar da pequena diferença de relato existente entre os textos de II Sm 2.11, 5.4,5; I Cr 3.4, onde consta que Davi reinou em Hebrom 7 anos e seis meses, e I Rs 2.11; I Cr 29.27, onde o tempo em Hebrom é arredondado para 7 anos, embora isto ocorra, todos os textos concordam e consideram o tempo do governo de Davi totalizando 40 anos. INTERAÇÃO Professor, nesta lição, veremos que, apesar de Davi ser um homem segundo o coração de DEUS, enfrentou a retaliação de uma parte do seu povo quanto a unificação do reino. Isso nos mostra que a dificuldade de o povo de DEUS estar unido não é recente, mas um problema antigo, que demanda esforço e persistência da liderança em sua busca. Encoraje seus alunos a trabalharem firme em prol da união de sua família e igreja, a fim de que nossas principais instituições estejam fortalecidas. OBJETIVOS Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: Explicar a importância da unificação do reino de Israel por Davi. Refletir acerca dos problemas que a divisão pode trazer para qualquer instituição. Identificar a relevância do culto ao Senhor para Davi e as conseqüências disso para o êxito de seu reinado. ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA Professor, converse com seus alunos e explique que o caminho de Davi até o trono passou por várias etapas distintas e bem espinhosas. Contudo, ele foi vencedor em muitas delas. Questione-os: "Quais foram às atitudes tomadas por Davi que o fizeram vencedor?" "Que passos ele seguiu?" - e, logo após, mediante a passagem bíblica de 2 Samuel 5.19-25, exponha alguns passos seguidos por Davi e que também podem ser imitados em nossa caminhada diária. Após apresentá-los, enfatize que, se ignorarmos tais passos, poderemos falhar em nossas "batalhas". RESUMO DA LIÇÃO 06 - 4º Trimestre de 2009 DAVI UNIFICA O REINO DE ISRAEL I. A MONARQUIA AMEAÇADA 1. O nascimento e a morte de um sonho . 2. O trágico fim de Saul. II. O REINO ABALADO 1. Do exílio ao trono. 2. Um reino sem aprovação divina. III. A MONARQUIA RESTAURADA 1. A unção real. 2. Restaurando o culto. CONCLUSÃO O Novo Testamento revela claramente a eterna unificação do reino de DEUS através do perfeito e autêntico "Filho de Davi" - o Senhor JESUS CRISTO (Mt 21.9; Lc 1.32,33). SINOPSE DO TÓPICO (1) O fracasso do reinado de Saul ameaçou a monarquia de Israel, no entanto, a liderança empática de Davi possibilitou um recomeço. REFLEXÃO Embora Davi fosse famoso, bem-sucedido e muito amado, soube colocar DEUS em primeiro lugar na sua vida e serviu ao povo conforme os propósitos divinos. Bíblia de Aplicação Pessoal SINOPSE DO TÓPICO (2) O reino de Israel foi abalado tanto pela morte de Saul, quanto pela constituição de Isbosete como rei de uma parte do território da nação REFLEXÃO "Ao unir-se com seus irmãos em CRISTO para perseguir um objetivo comum, você realiza muito mais do que faria sozinho". Evelyn Christenson SINOPSE DO TÓPICO (3) Davi foi coroado rei de todo o Israel pelos próprios anciãos do povo que reconheceram a unção real sobre sua vida, que zelava pela adoração a DEUS acima de tudo. AUXÍLIO BIBLIOGRÁFICO Subsídio Histórico "A Última Batalha de Saul A expressão estes incircuncisos (4) revela a aversão e o desprezo que os hebreus tinham por seus vizinhos pagãos. Quando o escudeiro se recusou a atender o pedido, Saul tomou a sua própria espada, fixou o cabo na terra e lançou-se contra a sua ponta; suicidou-se e seu companheiro seguiu o mesmo exemplo (4,5). Quando as tropas de Israel que não estavam perto de Saul viram o que havia acontecido, abandonaram as suas posições, deixaram as suas cidades e fugiram para o deserto (7). No dia seguinte à batalha, os filisteus descobriram os corpos de Saul e seus três filhos no campo de batalha. Profanaram o corpo do rei de Israel, ao cortar-lhe a cabeça. Despojaram-no de suas armas e as puseram no templo de Astarote, provavelmente perto de Bate-Seã, e fixaram o corpo de Saul e os seus três filhos no muro da mesma cidade" (PURKISER, W.T. Comentário Bíblico Beacon. Vol. 2. RJ: CPAD, 2005, p.229). BIBLIOGRAFIA SUGERIDA PURKISER, W.T. Comentário Bíblico Beacon. Vol. 2. RJ: CPAD, 2005. WOOD, George. Um salmo em seu coração. RJ: CPAD, 2006. SAIBA MAIS - Revista Ensinador Cristão, CPAD, no 40, p. 39. APLICAÇÃO PESSOAL "No Salmo 125, [...], o escritor deixa-nos saber que sua fé tem se debatido [...] e tem prevalecido. O versículo 3 é um telegrama de sua provação. [...]. O mal domina e o povo de fé vacila (ou seja, 'o justo não estenda suas mãos à iniqüidade'). [...] A oração do peregrino traz força para sua fé [...]. Quando você confia no Senhor no meio da provação, DEUS faz você tão firme quanto o monte Sião.Nada pode penetrar o círculo protetor de DEUS para você (v.2). As adversidades e a tristeza não podem passar do círculo exterior. O próprio DEUS se torna o seu perímetro interno de cuidado e proteção. Momentos difíceis não são desculpa para má conduta (v.5). É importante continuar vivendo retamente, mesmo quando tudo vai mal" (WOOD, George. Um salmo em seu coração. RJ: CPAD, 2006, pp.506-7). QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 06 - DAVI UNIFICA O REINO DE ISRAEL RESPONDA CONFORME A REVISTA DA CPAD DO 4º TRIMESTRE DE 2009 PREENCHA OS ESPAÇOS VAZIOS E COLOQUE "V" PARA VERDADEIRO E "F" PARA FALSO: TEXTO ÁUREO 1- Complete: Assim faça DEUS a Abner e outro tanto, que, como o SENHOR jurou a ________________, assim lhe hei de fazer, transferindo o reino da casa de __________________ e levantando o trono de Davi sobre Israel e sobre _____________________, desde Dã até Berseba" (2 Sm 3.9,10). VERDADE PRÁTICA 2- Complete: A coroação de ____________________ sobre _____________________ o Israel, além de cumprir as ________________________ que prediziam esse fato, realizou o propósito divino de estruturar e organizar a nação eleita. INTRODUÇÃO 3- Davi só obteve paz espiritual após dizer a frase que resume a atitude de um pecador arrependido: Qual foi esta frase? ( ) "Falei contra o Senhor" ( ) "Pequei contra o Senhor" ( ) "Quebrei a lei do Senhor" I. A RESTAURAÇÃO E A PALAVRA DE DEUS 4- Qual era a real situação de Davi, quando pecou, adulterando e cometendo um assassinato? ( ) Davi se tornara, ao mesmo tempo, rei, profeta e sacerdote, sendo fiel a DEUS em tudo. ( ) Davi se tornara um burocrata. ( ) Davi se tornara um crente com uma vida devocional pobre. ( ) Davi não percebera sua fragilidade nem tampouco a cilada de Satanás. ( ) Davi foi confrontado pela Palavra de DEUS pronunciada pelo profeta Natã. 5- Em o Novo Testamento encontramos várias atitudes que o cristão deve tomar em relação à Palavra de DEUS, a fim de que não venha tropeçar (Rm 10.17; 1 Ts 1.6). Cite algumas: ( ) O crente necessita ouvir a Palavra, recebê-la e também nela meditar. ( ) A Palavra precisa ser aceita e acolhida por nossas mentes e corações. ( ) Confiar na graça de DEUS sem se importar com o comportamento social, pois DEUS é amor. ( ) Armar-se com a Palavra é outra atitude fundamental para não fracassar. ( ) É preciso manejar bem a Palavra da verdade. II. A RESTAURAÇÃO E A INFLUÊNCIA DE FATORES EXTERNOS EM NOSSAS DECISÕES 6- Como a influência do meio prejudicou a vida espiritual de Davi? ( ) Davi era homem íntegro em tudo, inclusive em sua vida conjugal. ( ) Embora não sirva de desculpa, não há como negar que Davi se deixou influenciar pelo meio no qual vivia. ( ) Na cultura do Antigo Oriente os reis eram quase semi-deuses, podendo exercer um poder absoluto e ter praticamente tudo o que queriam. ( ) Davi se viu forçado a mentir para salvar sua vida, portanto não foi culpado desse pecado. ( ) Ser o homem de várias mulheres era algo considerado "normal" naqueles dias. Com Davi não foi diferente. ( ) Essa influência do meio fez com que ele desejasse e possuísse Bate-Seba, sem se dar conta do grande mal que estava praticando. 7- Complete: Veremos mais adiante que o ___________________ não deve servir de justificativa para nos eximir de nossas responsabilidades _________________________, no entanto, não devemos subestimar o poder exercido por ele (Rm 12.2). Tomemos cuidado com o _____________________ no qual vivemos. 8- Já falamos que Davi estava no lugar errado e na hora errada. Porém, em seu processo de restauração, isso não é levado em conta e nem deveria. De acordo com a Escritura de quem é a responsabilidade pelas decisões que tomamos? ( ) A Escritura coloca sobre nós toda a responsabilidade. ( ) A Escritura coloca sobre nós e nossos pais toda a responsabilidade. ( ) A Escritura coloca sobre nós e o meio em que vivemos toda a responsabilidade. 9- Por onde começa a restauração de Davi? ( ) Começa pela repreensão do povo. ( ) Começa pela sua própria conscientização de que pecou e a culpa é só dele próprio. ( ) Como agentes morais livres, somos responsáveis por nossas ações ou decisões. 10- Por que Davi caiu? Por que Pedro negou a JESUS? Por que Judas o traiu? Em todos os casos, de quem era a culpa? DEUS pode ser responsabilizado pelas ações desses homens? Algum deles foi predestinado a cometer tal ato? Complete: Em todos esses casos, quer estivessem motivados por agentes da tentação externos, quer não, a Escritura põe a responsabilidade desses atos sobre ___________________ um deles. A _____________________ foi de Davi, a _______________________ foi de Pedro, a _________________________ foi de Judas. A _______________________ é nossa. É por isso que, para ser restaurado, Davi exclamou: "Porque eu conheço as minhas transgressões; e o meu pecado está sempre _____________________ de mim" (Sl 51.3). CONCLUSÃO 11- Davi foi totalmente restaurado diante de DEUS? Como comprovar a resposta? ( ) Não, suas poesias expostas nos Salmos confirmam essa falta de restauração. ( ) Sim, embora suas poesias, expostas nos Salmos, não confirmem essa restauração. ( ) Sim, suas poesias expostas nos Salmos confirmam essa restauração. 12- Complete: Não há porque vivermos sob o ____________________ do pecado, uma vez que a Escritura assegura-nos de que o __________________ de JESUS quebrou esse domínio e tem poder para nos purificar totalmente dele (Rm 6.14; 1 Jo 1.7,9). Contudo, no processo de restauração, cabe a _________________________ demonstrar uma atitude de arrependimento, confissão, quebrantamento e abandono do pecado, assim como fez Davi. RESPOSTAS DO QUESTIONÁRIO NOS VÍDEOS http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm AJUDA CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - BÍBLIA de Estudos Pentecostal. VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD. Nosso novo endereço: http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/ Veja vídeos em http://ebdnatv.blogspot.com , http://www.ebdweb.com.br/ - Ou nos sites seguintes: 4Shared, BauCristao, Dadanet, Dailymotion, GodTube, Google, Magnify, MSN, Multiply, Netlog, Space, Videolog, Weshow, Yahoo, Youtube. http://www.leiturabiblica.com.br/index.php?menu=estudo&id=13 Revista CPAD - 1984 - Comentário: Pr. Antônio Gilberto.

Nenhum comentário: