quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

LIÇÃO 4, ELIAS E OS PROFETAS DE BAAL




LIÇÃO 4, ELIAS E OS PROFETAS DE BAAL

LIÇÕES BÍBLICAS - 1º Trimestre de 2013 - CPAD - Para jovens e adultos
Tema: Elias e Eliseu um Ministério de Poder para toda a Igreja.
Comentário: Pr. José Gonçalves
Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva


QUESTIONÁRIO

NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO

http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm  

 
 
TEXTO ÁUREO
"Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é DEUS, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo lhe não respondeu nada" (1 Rs 18.21).  
 
 
VERDADE PRÁTICA  
O confronto entre Elias e os profetas de Baal marcou definitivamente a separação entre a verdadeira e a falsa adoração em Israel.
 
 
LEITURA DIÁRIA
Segunda – 2 Rs 1.2,3 Rejeitando os falsos deuses
Terça – 1 Rs 18.19 Rejeitando os falsos profetas
Quarta – 2 Rs 10.11 Rejeitando os falsos sacerdotes
Quinta – Êx 12.38 Rejeitando o sincretismo religioso
Sexta –1 Rs 18.21 Rejeitando a falsa adoração
Sábado –1 Rs 18.24 Promovendo a verdadeira adoração
 
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - 1 Reis 18.36-40 
36 Sucedeu, pois, que, oferecendo-se a oferta de manjares, o profeta Elias se chegou e disse: Ó SENHOR, DEUS de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és DEUS em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme a tua palavra fiz todas estas coisas. 37 Responde-me, SENHOR, responde-me, para que este povo conheça que tu, SENHOR, és DEUS e que tu fizeste tornar o seu coração para trás. 38 Então, caiu fogo do SENHOR, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego. 39 O que vendo todo o povo, caiu sobre os seus rostos e disse: Só o SENHOR é DEUS! Só o SENHOR é DEUS! 40 E Elias lhes disse: Lançai mão dos profetas de Baal, que nenhum deles escape. E lançaram mão deles; e Elias os fez descer ao ribeiro de Quisom e ali os matou.
 
Acabou a seca, DEUS agora mandaria chuva, pois o povo se voltaria novamente para DEUS (ELE sabia com antecedência do resultado), após acordarem de seu sono idólatra. DEUS envia Elias para desafiar ao rei Acabe e aos 850 profetas (400 de Aserá e 450 de Baal).
É hora de decidir: DEUS ou Baal? Não havia mais chance para decidir, era agora ou nunca mais. O ultimato de DEUS foi dado ao povo. Elias era o instrumento de DEUS para acordar o povo e confrontar Satanás e seus emissários.
Ficar em cima do muro significa escolher Satanás - DEUS exigia agora uma decisão.
Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. Ap 3.16
Elias sabia que DEUS se manifestava com fogo. A história de Israel é repleta de manifestações de DEUS em fogo.
Sarça, Coluna de fogo, Tabernáculo, Inauguração do Templo, etc...
 
 
I. CONFRONTANDO OS FALSOS DEUSES 
Baal e Aserá
A maioria dos Deuses falsos são invenções humanas e sempre com um Pai, um filho e uma mãe lá no céu. O catolicismo faz isso aqui no Brasil, colocando Maria no lugar de Aserá, mas tudo não passa da mesma coisa.
Já na época de Jeremias, no território de Judá, existia a adoração à Aserá com o nome de Rainha dos céus.
Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres preparam a massa, para fazerem bolos à rainha dos céus, e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira.Jeremias 7.12
E quando nós queimávamos incenso à rainha dos céus, e lhe oferecíamos libações, acaso lhe fizemos bolos, para a adorar, e oferecemos-lhe libações sem nossos maridos Jeremias 44.19
Assim fala o SENHOR dos Exércitos, DEUS de Israel, dizendo: Vós e vossas mulheres não somente falastes por vossa boca, senão também o cumpristes por vossas mãos, dizendo: Certamente cumpriremos os nossos votos que fizemos de queimar incenso à rainha dos céus e de lhe oferecer libações; confirmai, pois, os vossos votos, e perfeitamente cumpri-os Jeremias 44.25.
É preciso romper com o mundo, é preciso confrontar tudo o que nos afasta de DEUS  - As coisas boas da vida nos amarram e nos impedem de ter comunhão com DEUS.
Josué não destruiu os inimigos e acabou fazendo aliança com eles. Como resultado todo povo se corrompeu e passou a adorar seus deuses.
Quando o mundo se refere a DEUS ou JESUS ou ESPÍRITO SANTO, eles não estão se referindo ao verdadeiro DEUS, nem ao verdadeiro JESUS e muito menos ao verdadeiro ESPÍRITO SANTO.
É interessante que esse termo é usado apenas quando se refere-se (YHWH) tetragrama... (Jeová ou Javé)

El-Shaday - é interessante que esse termo é usado apenas quando se refere-se (YHWH) tetragrama... (Jeová ou Javé) - É o DEUS todo poderoso que nos toma em seus braços e nos guarda, nos protege como a galinha que esconde seus filhotes debaixo de suas asas. A partícula EL significa todo poderoso.
Este termo é usado só para ELE.... e ninguém mais... TODO poderoso. 1 cor 11:3.
Quando os israelitas e os povos pagãos se referiam ao falso DEUS El estavam imitando a adoração ao verdadeiro DEUS.
Os falsos profetas apoiados pelo governo encheram as cidades de Israel de postes-ídolos (representações gráficas e em forma de imagens de seus Deuses). Um verdadeiro bosque de propaganda enganosa. Evangelização maligna com outdoor e imagens à moda antiga (antiga?)
DOIS ALTARES - 851 PROFETAS - REI E POVO COMO PLATÉIA - DOIS DEUSES INVOCADOS - UMA RESPOSTA - UM DEUS VERDEIRO - UM PROFETA VERDADEIRO - MORTE DE 850 PROFETAS FALSOS - RECONCILIAÇÃO DO POVO.
 
 
 
II.CONFRONTANDO OS FALSOS PROFETAS 
O Diabo tem sempre uma imitação para tudo o que DEUS faz.
Em 1 Rs 18.21 SE O SENHOR É DEUS, SEGUI-O. Elias desafiou o povo a fazer uma escolha definitiva entre seguir a DEUS ou a Baal (cf. Ez 20.31,39). Os israelitas achavam que podiam adorar o DEUS verdadeiro e também Baal. O pecado deles era o de terem o coração dividido (cf. Dt 6.4,5), querendo servir a dois senhores. O próprio CRISTO advertiu contra essa atitude fatal (Mt 6.24; cf. Dt 30.19; Js 24.14,15).
Em 1 Rs 18.27 ELIAS ZOMBAVA DELES. Elias ao zombar dos profetas de Baal, revela sua ardente indignação ante a idolatria imoral e vil que Israel adotara. Sua ironia e sua atitude intransigente, expressavam sua inalterável lealdade ao DEUS, a quem ele amava e servia. Compare a reação de Elias com a ira e determinação de JESUS, ante a profanação do templo (ver Lc 19.45).
Em 1 Rs 18.36 ELIAS... DISSE: Ó SENHOR, DEUS DE ABRAÃO. A coragem e a fé patentes em Elias não têm paralelo em toda a história da redenção. Seu desafio ao rei (vv. 16-19), sua repreensão a todo o Israel (vv. 21-24) e seu confronto com os 450 profetas de Baal (vv. 19, 22) foram embates que ele os enfrentou dispondo apenas das armas da oração e da fé em DEUS. Vemos sua confiança em DEUS na brevidade e simplicidade da sua oração (41 palavras em hebraico), (vv. 36,37)
Em 1 Rs 18.37 TU FIZESTE TORNAR O SEU CORAÇÃO PARA TRÁS. O propósito de Elias no seu confronto com os profetas de Baal, e a oração que se seguiu, foi revelar a graça de DEUS para com o seu povo. Elias queria que o povo se voltasse para DEUS (v. 37). Semelhantemente, João Batista, o "Elias" do NT (ver 17.1), tinha como alvo levar muitos a buscarem a DEUS, como preparação para o advento de CRISTO.
Esses profetas só profetizavam o que agradava a seus senhores, ou seja, a Acabe e a Jezabel. Recebiam salário para profetizar assim (comiam à mesa de Jezabel).
O sistema político-social de DEUS é teocracia (governo de DEUS através de servos que ELE escolhe e capacita).
E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o ESPÍRITO SANTO: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. Atos 13:2.
Nenhum profeta pode estar comprometido com algum sistema, seja ele político, financeiro, religioso ou social. Profeta é boca de DEUS e mão de DEUS para falar e fazer o que DEUS mandar.
Isaías só passou a receber, a dizer e a escrever o que DEUS queria quando o rei Uzias morreu e ele ficou livre de sua influência.
No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo. Isaías 6:1
Constantino, ao reconhecer o cristianismo como religião oficial do governo romano, arrasou com a fidelidade cristã a DEUS e corrompeu todo o cristianismo que antes foi construído sobre alicerces bíblicos, passando esta a aceitar, tolerar e apoiar a idolatria e a feitiçaria em seu meio.
 
 
Em 1 Rs 18.38 ENTÃO, CAIU FOGO DO SENHOR. O Senhor milagrosamente produziu fogo para consumir o sacrifício de Elias (cf. 1 Cr 21.26; 2 Cr 7.1). Esse milagre vindicou Elias como profeta de DEUS e comprovou que somente o Senhor de Israel era o DEUS vivo, a quem deviam servir. De modo semelhante, o crente deve orar, com fé, pela manifestação divina em seu meio, mediante o ESPÍRITO SANTO (ver 1 Co 12.4-11; 14.1-40).
Em 1 Rs 18.40 E ALI OS MATOU. Note os seguintes fatos a respeito da matança dos profetas de Baal:
(1) A sentença de morte contra eles era justa, pois foi executada em obediência à lei de Moisés (Dt 13.6-9; 17.2-5). O NT não contém qualquer mandamento similar. Ele proíbe a ação repressora contra os falsos mestres (Mt 5.44), embora DEUS ordene a sua rejeição e, que nos separemos deles (Mt 24.23,24; 2 Co 6.14-18; Gl 1.6-9; 2 Jo.7-11; Jd.3,4)
(2) A ação de Elias contra os falsos profetas de Baal representava a ira de DEUS contra os que tentavam destruir a fé do seu povo escolhido, e privá-lo das bênçãos divinas, e também expressava o amor e a lealdade do próprio Elias por seu Senhor.
(3) A destruição dos falsos profetas por Elias manifestava, também, profunda preocupação pelos próprios israelitas, uma vez que estavam sendo destruídos espiritualmente pela falsa religião de Baal. JESUS manifestou idêntica atitude (Mt 23; Lc 19.27), assim como também o apóstolo Paulo (Gl 1.6-9; ver Gl 1.9). Note, ainda, que a ira de DEUS será derramada sobre todos os rebeldes e impenitentes "no dia da ira e da
manifestação do juízo de DEUS" (Rm 2.5; cf. 11.22; Ap 19.11-21; 20.7-10).
 
 
III. CONFRONTANDO A FALSA ADORAÇÃO 
 
ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA 
Professor, para concluir o terceiro tópico da lição, reproduza o esquema abaixo de acordo com as suas possibilidades. Explique aos alunos que a adoração vai muito além do culto semanal. Ela é um estilo de vida. Não há como enganar a si mesmo vinte e quatro horas por dia. Adoração verdadeira é fruto da sinceridade do coração. Não há lugar para dissimulação, perversidade e mentiras. Mas sim para a verdade, o amor e a voluntariedade. É tudo aquilo que revela a essência da vida. Sejamos, pois, verdadeiros adoradores! 
 
CARACTERÍSTICAS DA ADORAÇÃO
VERDADEIRA
FALSA
• Produz verdade;
• Produz sinceridade;
• Produz sentimento nobre;
• Produz arrependimento;
• Produz bom caráter;
• Produz entrega e voluntariedade.
• Produz mentira;
• Produz dissimulação;
• Produz sentimento egoísta;
• Produz espetáculo;
• Produz um mau caráter;
• Produz avareza e ganância..
 
 
A Verdadeira Adoração   (EVANGELHO DE JOÃO 4.23)
Jo 4.23- “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em ESPÍRITO e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem”.  
SAMARIA
Os Samaritanos devido a terem sido dominados por povos não Judeus durante muito tempo (2 Rs 17.6) e também por serem em sua maioria idólatras desde o tempo de Acabe com Jezabel (1 Rs 16.32), também fizeram alianças com idólatras (1 Rs 20.34; 2 Rs 1.3), também esta região foi habitada por várias nações gentílicas que o rei da Assíria trouxe de Babel, e de Cuta, e de Ava, e de Hamate, e de Sefarvaim e a fez habitar nas cidades de Samaria (2 Rs 17.24) ficaram com uma maioria de "Judeus mestiços", o que causou uma inimizade entre os outros Judeus que não aceitavam que Judeus se misturassem através do casamento com os gentios. Isso chegou ao ponto de os Judeus de Judá não passarem pelo território de Samaria para chegarem até a Galiléia, preferiam passar por Decápolis e atravessar o Mar da Galiléia. 
A inimizade dentre esses irmãos de mesma descendência perdurou por muito tempo e JESUS quebrou esta regra (Mt 5.44) passando por Samaria quando estava indo para a Galiléia, evangelizando assim tanto a samaritana como toda a cidade dela; mais tarde vamos ver Filipe, o diácono e posterior Evangelista (At 6.5; 21.8)), evangelizando e tendo excelentes resultados nesse território.(At 8.6)
 
 
Cabe-nos esclarecer que os verdadeiros adoradores são aqueles que trabalham na obra do Senhor, dando suas vidas pela causa do mestre; embora muitos pensam que são os exclusivamente cantores. A adoração a DEUS é um estado constante em nosso ESPÍRITO “recriado” (ligado a DEUS pelo novo nascimento, através do ESPÍRITO SANTO), não sendo determinada por momentos de louvor, mas uma vida de comunhão com o ESPÍRITO SANTO; neste capítulo 4, a palavra adoração aparece 10 vezes indicando-nos, a necessidade de atentarmos mais para esse fato tão importante. A verdadeira adoração exige serviço na obra de DEUS e dedicação em obedecer à vontade de DEUS e ganhar almas (esta é a prioridade da Igreja, a evangelização).  
Devemos lembrar-nos de que DEUS é ESPÍRITO e aqueles que desejam adorá-lo devem fazê-lo em ESPÍRITO e em verdade, ou seja, dispensando os estímulos externos; com um coração sincero e temente a DEUS (A adoração é a expressão máxima da oração). Jamais devemos confundir a adoração com o louvor, pois:
1.Louva-se a DEUS pelo que ELE fez ou faz, mas adora-se a ELE pelo que ELE é;
2.O louvor é um agradecimento a DEUS, a adoração é um engrandecimento de DEUS;
3.No louvor precisa-se da participação de outras pessoas e às vezes de instrumentos musicais, a adoração é individual e nasce dentro de nós, em nosso espírito;
4.O louvor chega aos átrios, a adoração chega ao Santo dos Santos (presença de DEUS);
5.No louvor são usados o corpo e a alma; na adoração são usados o corpo (mortificado), a alma (lavada no sangue de JESUS) e o ESPÍRITO (“recriado”);
6.Para louvar a DEUS não é preciso comunhão com o ESPÍRITO SANTO, pois até os animais o louvam (Sl 148, 149, 150); para se adorar a DEUS é preciso uma estreita comunhão com o ESPÍRITO SANTO, pois é ELE que nos transporta ao trono.
7.O louvor é um aceno e cumprimento, a adoração é um abraço e um beijo cheio de amor.
8.Tomemos como exemplo um marido que dá um fogão de presente à sua esposa e manda entregar em sua casa. A esposa louva ao marido pelo seu ato de amor, mas quando o mesmo chega em casa ela o abraça e beija agradecida e cheia de amor (isso é adoração).
9. Para louvar não é preciso nascer de novo, para adorar só com ESPÍRITO “recriado” (ligado a DEUS pelo novo nascimento, através do ESPÍRITO SANTO).
10.Observação: Por isso se vê tão poucos adoradores e tantos que louvam.
11.Aos homens se aplaude (manifestação externa), a DEUS se adora (manifestação interna).
Note que JESUS está dizendo para a mulher que os Judeus adoravam a DEUS com a palavra de DEUS (em verdade, pois possuíam todos os escritos do Pentateuco até os profetas) mas suas bocas diziam uma coisa e o coração outra. Não adoravam em ESPÍRITO, só com a verdade.
Os samaritanos adoravam em ESPÍRITO, pois não tinham nem o templo legítimo e nem a palavra (só adotavam o Pentateuco), faltava-lhes portanto a verdade.  
JESUS está dizendo que chegou o tempo de adorar em ESPÍRITO e em Verdade, pois ele envia o ESPÍRITO SANTO àqueles que lhe aceitarem como senhor e salvador e estes aprenderão o real sentido da adoração.
Veja que é DEUS que procura aos verdadeiros adoradores que o adoram em ESPÍRITO e em verdade.
Não é nem no Monte Gerizim em Samaria (templo já destruído) e nem no Monte Moriá em Jerusalém (onde estava erigido um suntuoso templo construído por Herodes) - mas a verdadeira adoração a DEUS é feita onde você estiver, bastando para isso erguer o pensamento a DEUS e adorá-lo, entregando-se totalmente ao ESPÍRITO SANTO.
 
***Caim ofereceu sacrifício inferior ao de seu irmão Abel, pois Abel ofereceu sua própria vida a DEUS(verdadeira adoração), tipificada no cordeiro que foi imolado e derramado o seu sangue;Antítipo de CRISTO.(Gn 4.2-5;Hb 11.4)***Abraão por já ser velho não poderia oferecer sua vida, pois pouco lhe restava para viver aqui na terra, por isso DEUS lhe pediu uma vida mais preciosa, a de seu filho amado que já estava começando a ocupar o lugar que só era de DEUS, no coração do velho patriarca.***Moisés ofereceu sua vida quando deixou os seus 40anos de orgulho de ser filho da filha de um faraó e passar a ser pastor de ovelhas por mais 40 anos e depois passar mais 40 anos dirigindo o povo de DEUS pelo deserto, inclusive passando pelo Mar Vermelho, símbolo de batismo nas águas, morte. Se tivéssemos espaço e tempo falaríamos de tantos outros que entregaram a DEUS o melhor da adoração, suas próprias vidas. (Hb 11.4 Pela fé Abel ofereceu a DEUS mais excelente sacrifício que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando DEUS testemunho das suas oferendas, e por meio dela depois de morto, ainda fala.5 Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte; e não foi achado, porque DEUS o trasladara; pois antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a DEUS.===17 Pela fé Abraão, sendo provado, ofereceu Isaque; sim, ia oferecendo o seu unigênito aquele que recebera as promessas,===24 Pela fé Moisés, sendo já homem, recusou ser chamado filho da filha de Faraó,===35 As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição;36 e outros experimentaram escárnios e açoites, e ainda cadeias e prisões.37 Foram apedrejados e tentados; foram serrados ao meio; morreram ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, necessitados, aflitos e maltratados 38 (dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos e montes, e pelas covas e cavernas da terra.
 
Elias sabia que DEUS se manifestava com fogo. A história de Israel é repleta de manifestações de DEUS em fogo.
Sarça, Coluna de fogo, Tabernáculo, Inauguração do Templo, etc...
 
 
Davi fez o culto errado, ofereceu a adoração falsa, fogo estranho. Uzá morreu. A arca não chegou. Depois aprendeu que tudo é feito segundo a Palavra de DEUS e deu certo.
E aquele dia temeu Davi a DEUS, dizendo: Como trarei a mim a arca de DEUS? 1 Cr 13.2
Uzá era o principal personagem, o protótipo do ESPÍRITO alheio a DEUS que tomara conta daquele ajuntamento, que transformara aquele "culto pentecostal" numa reunião festiva, fraterna, barulhenta, vistosa, mas sem qualquer presença real do Senhor. O povo se divertia, o povo se confraternizava, o povo se apresentava piedoso, mas, na verdade, apenas estava seguindo seu já secular caminhar de desprezo e desconsideração ao Senhor.
 
Nadabe e Abiú fizeram fogo ao invés de pegarem o fogo que havia descido do céu, enviado por DEUS.
Nm 26.61 Porém Nadabe e Abiú morreram quando trouxeram fogo estranho perante o SENHOR.
 
IV- CONFRONTANDO O SINCRETISMO RELIGIOSO ESTATAL 
Sincretismo religioso
Se o sincretismo religioso tivesse aprovação de DEUS, Salomão não teria pecado ao oferecer culto a outros Deuses. 
Uma forma de sincretismo é a mistura com outras religiões que não primam pelos bons costumes e pelas doutrinas bíblicas, principalmente as pentecostais.
O ecumenismo. Vem da palavra grega oikoumene, que originalmente significa “todo o mundo habitado” (Mt 24.14; At 17.26; Hb 2.5).
 
1 Rs 11.9 - 10 Pelo que o Senhor se indignou contra Salomão, porquanto seu coração se desviara do Senhor DEUS de Israel, o qual duas vezes lhe aparecera, e lhe ordenara expressamente que não seguisse a outros Deuses. Ele, porém, não guardou o que o Senhor lhe ordenara.
O Sincretismo ou reunião de várias religiões ao mesmo tempo para prestarem culto a DEUS é um ardil, ou plano astucioso de Satanás no engano das denominações evangélicas que têm acreditado que assim reunidos estão promovendo a união dos filhos de DEUS em um mesmo propósito, quando na verdade é apenas emocionalismo, pois os bons costumes jamais deixarão de acompanhar a fé daqueles que acreditam que sem santificação ninguém verá ao Senhor(Hb 12.14). Não basta apenas haver paz, é preciso santificação no corpo, na alma e no ESPÍRITO. Já dizia JESUS a Nicodemos: "Aquele que não nascer de novo, não verá o reino do DEUS".Jo 3.3.
 
Êx 19.5, 6 Israel foi escolhido como propriedade particular de DEUS. Deste povo separado dos outros povos vem o salvador.
Jo 4.22 Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos; porque a salvação vem dos Judeus.
 
1 Pe 2.9 A Igreja foi eleita por DEUS como nação santa.
Escolhidos por DEUS com a missão de evangelizar as nações.
Mc 16.15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.

Tt 2.14 Somos um povo especial para DEUS.
Fomos purificados para o trabalho. 
1 Jo 1.7 mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de JESUS seu Filho nos purifica de todo pecado. (veja que é condicional, se andarmos na luz).

2 Co 6.14 O problema do jugo desigual.
Não há comunhão entre pecadores e santos. 
Is 59.2 mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso DEUS; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça.

1 Tm 4.1-5 A apostasia dos últimos tempos.
espíritos enganadores, doutrina de demônios é o que existe por detrás desse ecumenismo, visando a união das Igrejas em torno de um líder único que com certeza será o Anticristo.

Gn 6.1-3 O ecumenismo marcou o fim de uma dispensação.
A idéia de ecumenismo é antiga e começou na Mesopotâmia, com a construção da torre de Babel e vem evoluindo em nossos dias com o nome de Globalização.
Ap 19.19 E vi a besta, e os reis da terra, e os seus exércitos reunidos para fazerem guerra àquele que estava montado no cavalo, e ao seu exército.
 
Sincretismo religioso 
Fusão de elementos religiosos e culturais diferentes, e até antagônicos, num único culto.
 
Estamos assistindo à maior mistura religiosa que a Igreja já viveu depois da derrota pelos romanos. Os políticos têem-se infiltrado em nossas reuniões com o propósito de angariarem fundos e votos para suas campanhas. Estes são manchas em nossas festas e são em sua maioria representantes de Satanás. Infelizmente muitos são os líderes Evangélicos que já não enxergam mais os ardis de Satanás e estão fazendo acordos e pactos com estes ratos de esgoto.
2 Pe 2.2-3 E muitos seguirão as suas dissoluções, e por causa deles será blasfemado o caminho da verdade; também, movidos pela ganância, e com palavras fingidas, eles farão de vós negócio; a condenação dos quais já de largo tempo não tarda e a sua destruição não dormita.
 
Púlpito é lugar de onde sai a mensagem de DEUS para o povo e não lugar de político enviar sua mensagem enganosa e cheia de malícia.
 
Passeatas do dia da bíblia e Marchas para JESUS têm demonstrado na prática o que é sincretismo, lá estão vários tipos de pessoas que se dizem cristãos, mas seus atos, suas maneiras de vestir e de agir não condizem nem de longe com testemunhas de CRISTO. É uma misturada que mais promove o escárnio por parte dos descrentes do que edificação ou salvação.
 
INTERAÇÃO 
Não são poucos os falsos profetas que tentam atormentar a vida daqueles que servem a JESUS. O pior é que estes em geral conhecem os sentimentos e as fragilidades espirituais dos que os ouvem, e não perdem a oportunidade de lembrá-los de que tem autoridade para determinar-lhes a "vontade divina". Prezado professor, não são poucos os casos com que nos deparamos com esse tipo de pessoa, por isso, oriente seus alunos quanto a esse perigo. Encoraje-os a não temerem os falsos profetas. A ordem de JESUS para nós em relação a estes enganadores é: "Acautelai-vos".
 
OBJETIVOS - Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Destacar a importância de se confrontar os falsos Deuses. 
Explicar quais são os perigos de dar crédito aos falsos profetas. 
Conscientizar-se da necessidade de confrontar a falsa adoração.  
 
 
RESUMO DA LIÇÃO 4, ELIAS E OS PROFETAS DE BAAL
I.CONFRONTANDO OS FALSOS DEUSES 
1. Conhecendo o falso DEUS Baal.
2. Identificando a falsa divindade Aserá.
II.CONFRONTANDO OS FALSOS PROFETAS 
1. Profetizavam sob encomenda.
2. Eram mais numerosos.
III. CONFRONTANDO A FALSA ADORAÇÃO 
1. Em que ela imita a verdadeira.  
2. No que ela se diferencia da verdadeira.
IV. CONFRONTANDO O SINCRETISMO RELIGIOSO ESTATAL 
1. O perigo do sincretismo religioso.
2. A resposta divina ao sincretismo.
 
SINÓPSE DO TÓPICO (1) - O livro do profeta Amós pode ser dividido em duas partes principais: oráculos provenientes pela palavra (1-6) e pelas visões (7-9). 
SINÓPSE DO TÓPICO (2) - Os falsos profetas de Acabe eram mais numerosos e profetizavam por encomenda. 
SINÓPSE DO TÓPICO (3) - A verdadeira adoração firma-se na revelação de DEUS na história.  
SINÓPSE DO TÓPICO (4) - O DEUS de Israel é rigorosamente contrário a idolatria. Nele não há sincretismo religioso. 
 
AUXÍLIO BIBLIOGRÁFICO I - Subsidio Teológico
"O fruto  é discernido espiritualmente
JESUS deixa claro que devemos julgar os profetas pelos seus frutos. Paulo e João também nos instruíram a 'provar' ou 'julgar' os profetas (1 Ts 5.21; 1 Jo 4.1; 1 Co 14.29). Este fruto não é distinguido pelos nossos cinco sentidos naturais, nem é identificado de modo intelectual - deve ser discernido espiritualmente. Paulo escreveu: 'Mas o que é espiritual discerne bem tudo... comparando as coisas espirituais com as espirituais' (1 Co 2.15,13). Quando nos arrependemos e limpamos os nossos corações de quaisquer motivos ímpios e aceitamos a verdade de DEUS, ficamos então em condição de sermos suscetíveis ao direcionamento do ESPÍRITO SANTO [...]Nos dias de JESUS existiam ministros que 'exteriormente pareciam justos aos homens' (Mt 23.28). Mas interiormente eles estavam cheios de hipocrisia e iniquidade. Sua aparência era enganadora até que os verdadeiros motivos fossem expostos pela luz da Palavra viva de DEUS. JESUS comparou seus corações ao solo ruim que produzia frutos pecaminosos (Mt 13.1-23; 15.17-20)" (BEVERE, John. Assim Diz o Senhor? Como saber quando DEUS está falando através de outra pessoa. 1. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p.166).
 
BIBLIOGRAFIA SUGERIDA 
LAHAYE, Tim; HINDSON, Ed (Eds.). Enciclopédia Popular de Profecia Bíblica. Rio de Janeiro: CPAD, 2008.
ZUCK, Roy B. Teologia do Antigo Testamento. 1. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2009. 
 
SAIBA MAIS - Revista Ensinador Cristão - CPAD, nº 53, p.38.
 
QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 4, ELIAS E OS PROFETAS DE BAAL
Responda conforme a revista da CPAD do 1º Trimestre de 2013
Complete os espaços vazios e marque com "V" as respostas verdadeiras e com "F" as falsas
 
TEXTO ÁUREO
1- Complete:
"Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois __________________________________________? Se o Senhor é __________________________, segui-o; se é _____________________, segui-o. Porém o povo lhe não respondeu nada"  (1 Rs 18.21).  
 
VERDADE PRÁTICA  
2- Complete:
O confronto entre ________________________ e os profetas de _______________________________ marcou definitivamente a separação entre a verdadeira e a falsa ________________________ em Israel.
 
COMENTÁRIO/INTRODUÇÃO 
3- Qual o significado do confronto de Elias com os profetas de Baal?
(    ) Significou a continuidade da existência de Israel como povo a quem DEUS havia escolhido para cumprir seu propósito de juízo sobre as nações pagãs.
(    ) Significou a continuidade da existência de Judá como povo a quem DEUS havia escolhido para cumprir seu propósito salvífico com a humanidade.
(    ) Significou a continuidade da existência de Israel como povo a quem DEUS havia escolhido para cumprir seu propósito salvífico com a humanidade.
 
I.CONFRONTANDO OS FALSOS DEUSES 
4- Por que Baal causava tanto fascínio no mundo cananeu e também em Israel e por que os profetas levantaram suas vozes em protesto contra essa divindade pagã (1 Rs 21.25,26)?
(    ) Baal era uma divindade cananeia.
(    ) Baal era uma divindade Sidônia.
(    ) A palavra Baal significa proprietário, marido ou senhor.
(    ) A divindade pagã exercia controle e posse não somente sobre o lugar onde se encontrava, mas também sobre as pessoas.
(    ) Os profetas estavam conscientes de que não se podia admitir tal fato entre o povo de DEUS.
 
5- Como é identificada a falsa divindade Aserá e porquê da resistência profética do culto a essa divindade falsa?
(    ) A crença Cananeia dizia que Baal seria o DEUS principal, isto é, o pai dos outros Deuses, e Aserá era a DEUSa-mãe.
(    ) A crença Cananeia dizia que El seria o DEUS principal, isto é, o pai dos outros Deuses, e Astarote era a DEUSa-mãe.
(    ) O texto bíblico de 1 Reis 18.17-19, faz referência a essas duas divindades.
(    ) A palavra poste-ídolo neste texto é a tradução do termo hebraico `ashera ou Aserá, e mantém o significado de bosque para adoração de ídolos.
(    ) Aserá, conhecida também como Astarote ou Astarte, era uma deusa ligada à fertilidade humana e animal e também da colheita.
(    ) No texto bíblico observamos que ela exerceu uma influência grandemente negativa entre o povo de DEUS.
 
II.CONFRONTANDO OS FALSOS PROFETAS 
6- Nenhum homem de DEUS, nem tampouco a igreja, podem ficar comprometidos com qualquer esquema religioso ou político. Se assim o fizerem, perdem suas vozes proféticas (1 Rs 22.13,14). Como profetizavam os profetas de Baal?
(    ) Nenhum sistema é profético, nenhum profeta pertence ao sistema.
(    ) Todo sistema é profético, todo profeta pertence ao sistema.
(    ) Os profetas de Baal eram, de fato, profetas, mas comiam da mesa de Jezabel.
(    ) Eram profetas, mas possuíam seus ministérios alugados para Acabe e sua esposa.
(    ) Eles profetizavam o que o rei queria ouvir, pois faziam parte do sistema estatal de governo.
 
7- Acabe e sua esposa, Jezabel, haviam institucionalizado a idolatria no reino do Norte. Complete:
Baal e Aserá não eram apenas os _______________________________ principais, mas também os oficiais. O culto idólatra estava presente em toda a nação, de norte a sul e de leste a oeste. Dessa forma, para manter a presença da religião __pagã__ na mente do povo, a casa real necessitava de um grande número de falsos profetas. O texto sagrado por diversas vezes destaca esse fato (1 Rs 18.19). E Elias pôs isso em evidência na presença do _____________________________ (1 Rs 18.22). Não havia verdade, autenticidade e tampouco qualidade no falso culto, mas apenas _____________________________________. 
 
III. CONFRONTANDO A FALSA ADORAÇÃO 
8- Em que a falsa adoração a Baal imitava a verdadeira adoração a DEUS feita pelos hebreus?  
(    ) O relato do capítulo 18 de 1 Reis revela que a adoração a Baal possuía rituais que tinham certa semelhança com o ritual hebreu.
(    ) Usavam candelabro, arca, estola sacerdotal, altar, havia música, danças e também havia sacrifícios.
(    ) Usavam altar, havia música, danças e também havia sacrifícios.
 
9- Qual tipo de teste Elias faria para revelar o verdadeiro DEUS e o que as falsas religiões tentam fazer para produzir o fogo de DEUS?
(    ) Apesar de suas crenças e rituais, Baal jamais conseguiria produzir fogo.
(    ) O teste seria, portanto, a produção de fogo!
(    ) O teste seria, portanto, a produção de água (chuvas) e fogo!
(    ) Observamos que os profetas de Baal ficaram grande parte do dia tentando produzir fogo e não conseguiram.
(    ) Uma das marcas do culto falso é exatamente a tentativa de copiar, ou reproduzir, o verdadeiro.
(    ) Encontramos ainda hoje dezenas de religiões e seitas tentando produzir fogo SANTO e não logram qualquer êxito. Somente o verdadeiro culto a DEUS faz descer fogo do céu (1 Rs 18.38)
 
10- A adoração verdadeira se diferencia da falsa em vários aspectos. No que a falsa adoração se diferencia da verdadeira (1 Reis 18)?
(    ) Em primeiro lugar, a adoração verdadeira firma-se na revelação de DEUS na história. Abraão, Isaque e Jacó, foram pessoas reais assim como foram reais as ações de DEUS em suas vidas.
(    ) Em segundo lugar, verdadeira adoração distingue-se também pela participação do adorador no culto. Elias disse: "E que eu sou teu servo".
(    ) A Bíblia diz que DEUS procura adoradores. Israel havia sido uma nação escolhida pelo Senhor.
(    ) Elias invocou, como servo pertencente a esse povo, os direitos da aliança.
(    ) Em terceiro lugar, ela diferencia-se pela quantidade de pessoas a ela agregada, que é o mais importante para concretizar os planos e propósitos de DEUS. 
(    ) Em terceiro lugar, ela diferencia-se pela Palavra de DEUS, que é o instrumento usado para concretizar os planos e propósitos de DEUS. 
 
IV. CONFRONTANDO O SINCRETISMO RELIGIOSO ESTATAL 
11- Como o dicionário da língua portuguesa de Aurélio define o vocábulo sincretismo? Como era o Sincretismo Religioso em Israel?
(    ) Como "a fusão de elementos culturais diferentes, ou até antagônicos, em um só elemento, continuando imperceptíveis os sinais originais".
(    ) Como "a fusão de elementos culturais diferentes, ou até antagônicos, em um só elemento, continuando perceptíveis alguns sinais originais".
(    ) Essa definição ajusta-se bem ao culto judeu no reino do Norte durante o governo de Acabe.
(    ) A adoração verdadeira havia se misturado com a falsa e o resultado não podia ser mais desastroso.
(    ) Esse problema da "mistura" do culto hebreu com outras crenças foi uma ameaça bem presente ao longo da história de Israel (Êx 12.38; Ne 13.3).
(    ) O sincretismo religioso foi uma ameaça, ainda o é e sempre o será. A fé bíblica não pode se misturar com outras crenças!
 
12- Qual foi a resposta divina ao sincretismo religioso de Israel?
(    ) O texto sagrado diz que logo após o Senhor ter respondido com fogo a oração de Elias (1 Rs 18.38), o profeta de Tisbe deu instrução ao povo: "Lançai mão dos profetas de Baal, que nenhum deles escape.
E lançaram mão deles; e Elias os fez descer ao ribeiro de Quisom e ali os matou" (1 Rs 18.40).
(    ) Parece uma decisão muito radical, mas não foi. O remédio para extirpar o mal precisava ser tomado.
(    ) Elias tomou, por sua própria conta, a decisão, pois a ira de DEUS tomou conta de todo o seu ser naquela hora.
(    ) A decisão de Elias não foi tomada por sua própria conta, mas seguia a orientação divina dada pelo Senhor a Moisés.
(    ) A lei deuteronômica dizia que era necessário destruir todos aqueles que arrastassem o povo de DEUS para a idolatria (Dt 13.12-18; 20.12-13). 
 
CONCLUSÃO
13- Complete: 
O desafio do profeta Elias contra os profetas de Baal foi muito além de uma simples __________________________ do bem contra o mal. Ele serviu para demonstrar quem de fato era o ______________________ verdadeiro e, portanto, merecedor de toda adoração. Foi decisivo para fazer ______________________________ o coração do povo até então dividido. Mostrou que o pecado deve ser tratado como pecado e que a decisão de extirpá-lo deve ser tomada com firmeza. A luta contra a _______________________________ adoração continua ainda hoje por parte dos que desejam ser fiéis a DEUS. Não há como negar que ao nosso redor ecoam ainda os ________________________ advindos de vários cultos falsos, alguns deles travestidos da __________________________________ cristã. Assim como Elias, uma igreja ____________________________ deve levantar a sua voz a fim de que a verdadeira adoração prevaleça.
 
RESPOSTAS DO QUESTIONÁRIO EM http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm 
 
 
AJUDA
CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - Bíblia de Estudos Pentecostal.
VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD.
Peq.Enc.Bíb. - Orlando Boyer - CPAD
SOARES, Esequias. O Ministério Profético na Bíblia: A voz de DEUS na Terra. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2010.
SOARES, Esequias. Visão Panorâmica do Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2003.
ZUCK, Roy B (Ed.). Teologia do Antigo Testamento. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2009. 
William Macdonald - Comentário Bíblico popular (Antigo Testamento).
Bíblia de estudo - Aplicação Pessoal.
O Novo Dicionário da Bíblia - J.D.DOUGLAS.
Comentário Bíblico NVI - EDITORA VIDA.
Revista Ensinador Cristão - nº 52 - CPAD.
Comentário Bíblico Beacon, v.5 - CPAD.
GARNER, Paul. Quem é quem na Bíblia Sagrada. VIDA
ELISSEN, Stanley. Conheça melhor o Antigo Testamento. VIDA.
CHAMPLIN, R.N. O Novo Testamento Interpretado versículo por Versículo. HAGNOS.
STAMPS, Donald C. Bíblia de Estudo Pentecostal. CPAD
 

Nenhum comentário: