quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Lição 11 - Melquisedeque Abençoa Abraão, 1 parte

Lição 11 - Melquisedeque Abençoa Abrão
4º trimestre de 2015 - O Começo de Todas as Coisas - Estudos Sobre O Livro de Gênesis
Comentarista da CPAD: Pr. Claudionor Correa de Andrade
Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva
NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
PONTOS DIFÍCEIS DA LIÇÃO - POLÊMICOS
Veja - Lições Jovens E Adultos 4ºTrim.2002 - Abrão - Êxitos E Fracassos Do Amigo De DEUS - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/estudos2.htm

TEXTO ÁUREO"E abençoou-o e disse: Bendito seja Abrão do DEUS Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra." (Gn 14.19).
 
 
VERDADE PRÁTICAA bênção de Melquisedeque não se limitou a Abrão, mas alcança todos os que recebem JESUS CRISTO como sacerdote eterno.
 
 
LEITURA DIÁRIA
Segunda - Hb 7.1 - Melquisedeque, rei de Salém e sacerdote de DEUS
Terça - Hb 7.2 - Melquisedeque, rei de Salém e rei de justiça
Quarta - Hb 7.3 - Melquisedeque, um sacerdócio eterno
Quinta - Gn 14.20 - Melquisedeque recebe os dízimos de Abrão
Sexta - Gn 14.18 - Melquisedeque traz pão e vinho a Abrão
Sábado - Sl 110.4 - JESUS, Sacerdote da ordem de Melquisedeque
 
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Gênesis 14.12-2012 - Também tomaram a Ló, que habitava em Sodoma, filho do irmão de Abrão, e a sua fazenda e foram-se. 13 - Então, veio um que escapara e o contou a Abrão, o hebreu; ele habitava junto dos carvalhais de Manre, o amorreu, irmão de Escol e irmão de Aner; eles eram confederados de Abrão. 14 - Ouvindo, pois, Abrão que o seu irmão estava preso, armou os seus criados, nascidos em sua casa, trezentos e dezoito, e os perseguiu até Dã. 15 - E dividiu-se contra eles de noite, ele e os seus criados, e os feriu, e os perseguiu até Hobá, que fica à esquerda de Damasco. 16 - E tornou a trazer toda a fazenda e tornou a trazer também a Ló, seu irmão, e a sua fazenda, e também as mulheres, e o povo. 17 - E o rei de Sodoma saiu-lhes ao encontro (depois que voltou de ferir a Quedorlaomer e aos reis que estavam com ele) no vale de Savé, que é o vale do Rei. 18 - E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e este era sacerdote do DEUS Altíssimo. 19 - E abençoou-o e disse: Bendito seja Abrão do DEUS Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra; 20 - e bendito seja o DEUS Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E deu­lhe o dízimo de tudo.
 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Saber a respeito de Melquisedeque como rei de Salém;
Analisar a vida de Abrão como gentio;
Mostrar que Melquisedeque ao trazer pão e vinho a Abrão abençoa o patriarca.
INTERAGINDO COM O PROFESSOR
Prezado professor, animado para o estudo e o preparo de mais uma lição? Esperamos que sim, pois um professor entusiasmado e bem preparado é importante, fundamental no processo de ensino-aprendizagem. Na lição de hoje, estudaremos a respeito de dois personagens: Melquisedeque e Abrão. Segundo o pastor Claudionor de Andrade, a história de Melquisedeque é pequena, mas a teologia e a sua importância são grandes. Melquisedeque era rei de Salém, que mais tarde veio a se tornar Jerusalém. Ele é um tipo de CRISTO. Melquisedeque não era apenas rei, mas também um sacerdote. Seu nome significa "rei da justiça". Ao aceitar a bênção de Melquisedeque, Abrão demonstra reconhecer a sua autoridade sacerdotal. Abrão não somente aceitou sua bênção, mas lhe deu o dízimo de tudo (v. 20).
 
PONTO CENTRALO Senhor JESUS como sacerdote pertencia à ordem de Melquisedeque.
 
Resumo da Lição 11 - Melquisedeque Abençoa Abrão
I. MELQUISEDEQUE, REI DE SALÉM
1. Rei de Jerusalém.
2. Sacerdote do DEUS Altíssimo.
3. Figura de JESUS.
II. ABRAÃO, O GENTIO
1. O pai da nação hebraica.
2. O pai dos crentes.
III. A OCASIÃO DA BÊNÇÃO
1. Objetivo da visita.
2. A autoridade de Melquisedeque.
3. A simbologia da visita.
 
SÍNTESE DO TÓPICO I - Melquisedeque era sacerdote e rei de Salém.
SÍNTESE DO TÓPICO II - Abrão, o pai da nação hebreia, era um gentio.
SÍNTESE DO TÓPICO III - Melquisedeque abençoa Abrão e este lhe entrega os dízimos.
 
SUBSÍDIO DIDÁTICO top1
"Em hebraico malkisedeq ou 'rei da justiça', é mencionado em Gênesis 14.18; Salmo 110.4; Hebreus 5.6,10; 6.20; 7.1,10,11,15,17. No livro de Gênesis ele é um rei-sacerdote cananeu de Salém (Jerusalém) que abençoou Abrão quando este retornou depois de salvar Ló, e a quem Abrão pagou o dízimo. Quanto à religião, ele era 'sacerdote do DEUS Altíssimo'"(Dicionário Bíblico Wycliffe. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p. 1247).
 
SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO top2
"Melquisedeque e seu sacerdócio são exemplo de CRISTO e de seu sacerdócio. O sacerdócio de Melquisedeque não estava limitado a raça humana ou a tribo, sendo, portanto, universal. Sua realeza não foi herdada de seus pais. E essa realeza também não foi transmitida a um descendente; e assim ela era eterna. Portanto, Melquisedeque é uma tipologia de CRISTO e de seu sacerdócio eterno e universal' "(Dicionário Bíblico Wycliffe. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p. 1247).
 
PARA REFLETIR - A respeito do livro de Gênesis:Quem foi Melquisedeque?
Melquisedeque era rei de Salém e sacerdote do Senhor. É um tipo de CRISTO.
Qual o significado de seu nome?
Melquisedeque traz este glorioso significado: rei de justiça (Hb 7.2).
Descreva o sacerdócio de Melquisedeque.
Melquisedeque foi o primeiro personagem da História Sagrada a receber o título de sacerdote. No texto bíblico, ele é identificado como sacerdote do DEUS Altíssimo (Gn 14.18). Ao contrário do ofício de Arão, cuja continuidade era assegurada hereditariamente, o de Melquisedeque é eterno. Com um único sacrifício, o seu ministério plenificou-se.
Faça um breve resumo da biografia de Abrão.
Abrão era gentio, quando DEUS o chamou a formar o povo escolhido (Dt 26.5). No entanto, pela fé, tornou-se pai da nação hebreia e de todos os que creem. Abrão era semita. Sua escolha evidenciou-se por uma fé inabalável em DEUS (Rm 4.3). Nele, seriam abençoadas todas as nações da terra, com a proclamação do Evangelho de CRISTO (Gn 12.3).
Por que JESUS é sacerdote, de acordo com a ordem de Melquisede?
Porque JESUS é anterior a Abrão, a Levi e aos sacerdotes levíticos e maior que todos eles. Melquisedeque serve como tipo de CRISTO, cujo sacerdócio e jamais terá fim.
 
CONSULTE
Revista Ensinador Cristão - CPAD, nº 64, p. 41.
 
SUGESTÃO DE LEITURA
Orando os Nomes de DEUS, Ouvindo DEUS na Tormenta e A Difícil Doutrina do Amor de DEUS
 
Comentários de vários autores de Livros com algumas correções do Ev. Luiz Henrique

Pontos difícil? Polêmico?
Alguém tem alguma referência bíblica sobre Abrão sendo idólatra? DEUS não chamaria um idólatra.
Abel tinha um irmão que não adorava a DEUS, pois era do maligno, mas Abel adorava a DEUS - A geração de Noé era perdida, mas Noé adorava a DEUS. Abrão pode ter vivido entre idólatras, mas não existe uma prova bíblica sequer de que ele era idólatra.
E cumpriu-se a Escritura, que diz: E creu Abrão em DEUS, e foi-lhe isso imputado como justiça, e foi chamado o amigo de DEUS. Tiago 2:23Porventura, ó nosso DEUS, não lançaste fora os moradores desta terra de diante do teu povo Israel, e não a deste para sempre à descendência de Abrão, teu amigo? 2 Crônicas 20:7
E cumpriu-se a Escritura, que diz: E creu Abrão em DEUS, e foi-lhe isso imputado como justiça, e foi chamado o amigo de DEUS. Tiago 2:23Porventura, ó nosso DEUS, não lançaste fora os moradores desta terra de diante do teu povo Israel, e não a deste para sempre à descendência de Abrão, teu amigo? 2 Crônicas 20:7
Se não existe nada na bíblia contra porque querem condenar o irmão Abrão?
Por que querem denegrir seu passado?
Já denegriram a imagem de Noé na lição passada
DEUS dá excelente testemunho tanto de Noé como de Abrão
Até que se prove o contrário biblicamente Abrão sempre foi um adorador de DEUS.
Ninguém está dizendo que Abrão era JESUS e nunca pecou, mas estou crendo que ele sempre foi crente, desde pequeno.
Abrão creu na promessa de DEUS e foi justificado e isso não significa que antes não acreditava em DEUS. Essa foi a primeira vez que DEUS falou com ele.
O homem é amigo de DEUS, cuidado com que fala a respeito dele. Se é amigo de DEUS é meu amigo também, portanto defendo-o.

Melquisedeque no Antigo Testamento
E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era este sacerdote do DEUS Altíssimo. Gênesis 14:18
Jurou o Senhor, e não se arrependerá: tu és um sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque. Salmos 110:4
 
Gn 14.18 E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e este era sacerdote do DEUS Altíssimo.19 E abençoou-o e disse: Bendito seja Abrão do DEUS Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra;20 e bendito seja o DEUS Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E deu-lhe o dízimo de tudo. 21 E o rei de Sodoma disse a Abrão: Dá-me a mim as almas e a fazenda toma para ti.22 Abrão, porém, disse ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao SENHOR, o DEUS Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra,23 e juro que, desde um fio até à correia dum sapato, não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu; para que não digas: Eu enriqueci a Abrão;24 salvo tão-somente o que os jovens comeram e a parte que toca aos varões que comigo foram, Aner, Escol e Manre; estes que tomem a sua parte.

Melquisedeque no Novo Testamento
Como também diz, noutro lugar: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque. Hebreus 5:6
Chamado por DEUS sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque. Hebreus 5:10
Onde JESUS, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque. Hebreus 6:20
Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do DEUS Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abrão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; Hebreus 7:1
Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro. Hebreus 7:10
De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? Hebreus 7:11
E muito mais manifesto é ainda, se à semelhança de Melquisedeque se levantar outro sacerdote, Hebreus 7:15
Porque ele assim testifica: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque. Hebreus 7:17
Mas este com juramento por aquele que lhe disse: Jurou o Senhor, e não se arrependerá; Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque, Hebreus 7:21

Hb 7.1 Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém e sacerdote do DEUS Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abrão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; 2 a quem também Abrão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça e depois também rei de Salém, que é rei de paz; 3 sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas, sendo feito semelhante ao Filho de DEUS, permanece sacerdote para sempre.4 Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abrão deu os dízimos dos despojos.5 E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham descendido de Abrão. 6 Mas aquele cuja genealogia não é contada entre eles tomou dízimos de Abrão e abençoou o que tinha as promessas.
 
Ceia de pão e vinho refere-se a fazer aliança. Melquisedeque faz aliança com Abrão (Tudo o que eu como vai para meu sangue e sangue é vida, agora minha vida se torna sua e sua vida se torna minha).
Interessante. Melquisedeque um sacerdote do DEUS altíssimo, embora fosse Cananeu. Não por coincidência JESUS era descendente de uma Cananéia (Raabe).
JESUS herdou de Melquisedeque tanto a posição de sacerdote como também de rei, pois estava em Abrão que fez aliança com Melquisedeque (Na aliança tudo o que é seu é meu e tudo o que é meu é seu). Herdou a posição de rei também por parte de pai (adotivo) José, esposo de Maria, que era descendente do rei Davi (por isso se alistou em Belém).
Veja estudo sobre Aliança - muito importante.
 
A bíblia nos mostra homens à parte de Israel e que eram homens de DEUS. Exemplo: Jó (Jó era sacerdote na sua família - orava incessantemente por sua família), Melquisedeque e Jetro (ambos sacerdotes de DEUS).
Hb 7.1 Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém e   s a c e r d o t e  do DEUS Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abrão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; (grifo meu)
Ex 3:1 - E apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro,   s a c e r d o t e  em Midiã; e levou o rebanho atrás do deserto e veio ao monte de DEUS, a Horebe. (grifo meu)
Também Enoque, Noé, etc... Homens que adoravam a DEUS, mantinham estreita comunhão com DEUS, embora e não fossem israelitas ainda.
 
Melquisedeque não tinha família registrada na Bíblia e nem dia de nascimento e nem dia de morte, pois é um tipo de JESUS CRISTO e DEUS queria que esse desconhecido se tornasse rei como JESUS CRISTO, sacerdote como JESUS CRISTO, rei de paz como JESUS CRISTO (veja que ele não foi à guerra, antes orou para que Abrão vencesse), rei de justiça como JESUS CRISTO, abençoador como JESUS CRISTO; mas é evidente que Melquisedeque era um homem que tinha pai e mãe e nasceu e morreu, apenas não tinha registro disso em parte alguma. 

ABRAÃO - ÊXITOS E FRACASSOS DO AMIGO DE DEUS - 4º TRIMESTRE DE 2002 - COMENTÁRIOS DE Pr. ELIENAI CABRAL
LIÇÃO 5 - A Lição de Melquisedeque - 03/11/2002
 
TEXTO ÁUREO: 
“E sendo ele consumado, veio a ser a causa de eterna salvação para todos os que lhe obedecem, chamado por DEUS sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque” (Hb 5.8,9).
5.8 APRENDEU A OBEDIÊNCIA. CRISTO aprendeu pela experiência o sofrimento e o preço que com freqüência se paga pela obediência a DEUS num mundo corrupto (cf. 12.2; Is 50.4-6; Fp 2.8). Ele se tornou o Salvador e sumo sacerdote perfeito, porque seu sofrimento e morte na cruz ocorreram sem pecado. Por isso, Ele estava qualificado em todos os sentidos (vv. 1-6), para nos prover a eterna salvação (v. 9; ver 2.10).
5.9 SALVAÇÃO PARA TODOS OS QUE LHE OBEDECEM. A salvação eterna, obtida mediante o sofrimento de JESUS (v. 8), pertence somente àqueles que lhe são obedientes pela fé. A fé que salva é também a fé que obedece (Rm 1.5; 16.26; Jo 8.31; Tg 2.17-26).
Vide Aliança
 
DIVIDA A CLASSE EM DOIS GRUPOS E PEÇA PARA QUE 
FALEM SOBRE: A= DIFERENÇA ENTRE O SACERDÓCIO DE CRISTO E O LEVÍTICO
 
              B= DIFERENÇA ENTRE A VELHA E A NOVA ALIANÇA
          G R U P O    A
Sacerdócio de CRISTO
Sacerdócio Levítico
Sacerdote perfeito
Sacerdote imperfeito
Sacrifício perfeito
Sacrifício imperfeito
Tabernáculo celestial
Tabernáculo terreno
Ordem de Melquisedeque
Ordem de Levi
Real
Sombra
        G R U P O    B
Nova Aliança
Antiga Aliança
Escrita nos corações
Escrita em pedras
Graça
Lei
Incondicional
Condicional
Eterna
Passageira
Sem defeito
Defeituosa
 
VERDADE PRÁTICA:
JESUS se constituiu em nosso sacerdote eterno, prefigurado por Melquisedeque, e vive para interceder por nós perante o Pai.
 
LEITURA DIÁRIA:
Segunda Hb 7.1-3 Melquisedeque, um rei sem genealogia e temente a DEUS
1 Porque este Melquisedeque, que era rei de a Salém e sacerdote do DEUS Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abrão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou;2 a quem também Abrão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça e depois também rei de Salém, que é rei de paz;3 sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas, sendo feito semelhante ao Filho de DEUS, permanece sacerdote para sempre.
1 Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém e sacerdote do DEUS Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abrão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou;
2 a quem também Abrão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça e depois também rei de Salém, que é rei de paz;
3 sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas, sendo feito semelhante ao Filho de DEUS, permanece sacerdote para sempre.

Terça Gn 14.18
 Melquisedeque, um rei gentio
18 E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e este era sacerdote do DEUS Altíssimo.
MELQUISEDEQUE, REI DE SALÉM. Melquisedeque (que significa rei de justiça ) era tanto rei de Salém (possivelmente a Jerusalém primitiva), como sacerdote do DEUS Altíssimo . Ele servia ao único DEUS verdadeiro, assim como Abrão. Melquisedeque era cananeu e, portanto, como Jó, é um exemplo de um não-israelita, servo de DEUS. Melquisedeque é um tipo ou figura da realeza e sacerdócio eternos de JESUS CRISTO (Sl 110.4; ver Hb 7.1,3).

Quarta Gn 14.18 Melquisedeque supriu Abrão de pão e vinho
18 E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e este era sacerdote do DEUS Altíssimo.
Vide ALIANÇA
 
Quinta Gn 14.19,20 Melquisedeque abençoou Abrão
19 E abençoou-o e disse: Bendito seja Abrão do DEUS Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra; 20 e bendito seja o DEUS Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E deu-lhe o dízimo de tudo.
 DEU-LHE O DÍZIMO DE TUDO. Abrão deu a Melquisedeque a décima parte de todos os despojos que recebera (cf. Hb 7.4), em gratidão pelo socorro e graça de DEUS. Esta é a primeira vez que o ato de dar o dízimo é mencionado na Bíblia

Sexta Sl 110.4 Melquisedeque, um tipo do Sacerdote Eterno
4 Jurou o SENHOR e não se arrependerá: Tu és um sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque.
110.1-7 DISSE O SENHOR AO MEU SENHOR. Este salmo fala do senhorio do Messias, do seu sacerdócio, da aniquilação dos ímpios por Ele e do seu reinado na terra. Claramente profetiza acerca de JESUS CRISTO (o salmo é citado sete vezes no NT). JESUS aplicou o versículo 1 a si mesmo quando declarou sua própria divindade (Mt 22.44), e o apóstolo Pedro citou o mesmo versículo para exaltar o senhorio de CRISTO (At 2.33-35; 5.30,31; cf. Rm 8.34; Hb 10.13). Hb 5.6 e 6.20 7.28 citam o versículo 4 para evidenciar que CRISTO foi constituído por DEUS sacerdote para sempre.
110.4 TU ÉS UM SACERDOTE ETERNO. Ver Hb 5.5-10; 6.19 7.28, para uma exposição do cumprimento dessas palavras em CRISTO.
 
Sábado Gn 14.20 Melquisedeque recebeu dízimos de Abrão
20 e bendito seja o DEUS Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E deu-lhe o dízimo de tudo.
DEU-LHE O DÍZIMO DE TUDO. Abrão deu a Melquisedeque a décima parte de seus lucros (cf. Hb 7.4), em gratidão pelo socorro e graça de DEUS. Esta é a primeira vez que o ato de dar o dízimo é mencionado na Bíblia.
 
Leitura Bíblica Em Classe:
Melquisedeque abençoa a Abrão GÊNESIS 14.18-24; HEBREUS 7.1-6,24,25 
Gn 14.18 E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e este era sacerdote do DEUS Altíssimo.19 E abençoou-o e disse: Bendito seja Abrão do DEUS Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra;20 e bendito seja o DEUS Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E deu-lhe o dízimo de tudo. 21 E o rei de Sodoma disse a Abrão: Dá-me a mim as almas e a fazenda toma para ti.22 Abrão, porém, disse ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao SENHOR, o DEUS Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra,23 e juro que, desde um fio até à correia dum sapato, não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu; para que não digas: Eu enriqueci a Abrão;24 salvo tão-somente o que os jovens comeram e a parte que toca aos varões que comigo foram, Aner, Escol e Manre; estes que tomem a sua parte.
 
Hb 7.1 Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém e sacerdote do DEUS Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abrão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou; 2 a quem também Abrão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça e depois também rei de Salém, que é rei de paz; 3 sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas, sendo feito semelhante ao Filho de DEUS, permanece sacerdote para sempre.4 Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abrão deu os dízimos dos despojos.5 E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham descendido de Abrão. 6 Mas aquele cuja genealogia não é contada entre eles tomou dízimos de Abrão e abençoou o que tinha as promessas.
 
OBJETIVOS: Após esta aula, seu aluno deverá estar apto a:Demonstrar que Melquisedeque é um tipo de CRISTO, o sacerdote Eterno.
Afastar-se do perigo das alianças com homens mundanos e suas concupiscências.
ORIENTAÇÃO DIDÁTICA:
Pergunte a seus alunos: 
Por que a Bíblia diz que o sacerdócio de CRISTO é “segundo a ordem de Melquisedeque” (Hb 6.20)? Em que sentido Melquisedeque pode ser comparado a CRISTO? Possíveis respostas:
ORIENTAÇÃO DIDÁTICA:
Pergunte a seus alunos:
Por que a Bíblia diz que o sacerdócio de CRISTO é “segundo a ordem de Melquisedeque” (Hb 6.20)? Em que sentido Melquisedeque pode ser comparado a CRISTO? Possíveis respostas:
 
a) O rei-sacerdote - O salemita é apresentado como precursor de CRISTO que une na sua pessoa as honras duplas da realeza e do sacerdócio. 
b) A exegese etimológica do nome Melquisedeque (rei da justiça) e do seu título (rei de paz) indica o Messias, cuja pessoa e ministério se caracterizam pela justiça (Is 32.1; Jr 23.5; Ml 4.2; 1 Co 1.30) e pela paz (1 Cr 22.9; Zc 9.10; Ef 2.14,15). Estas duas graças se encontram em CRISTO, de modo perfeito. 
c) Melquisedeque exercita o sacerdócio em total independência de árvore genealógica sacerdotal. Em função de as Escrituras não registrarem a sua genealogia e de nada dizerem a respeito do seu começo e fim, Melquisedeque serve como tipo do CRISTO eterno, cujo sacerdócio nunca terminará (Hb 7.24,25).
 
















Quem foi Melquisedeque? Qual a sua origem? Qual o significado do seu nome? Quais lições podemos extrair da vida deste enigmático rei de Salém? Era ele um homem consagrado a DEUS? Do pouco que sabemos, cremos que era um homem santo, que permanecia fiel à religião de Noé, e ao primitivo monoteísmo. O que mais podemos saber a respeito de Melquisedeque?  Leia Mais Revista Ensinador Cristão CPAD, nº 12, pág. 38PONTO DE CONTATO:
 
INTRODUÇÃO:
No desenvolvimento da história de Abrão pode-se perceber a mão divina dirigindo os passos do patriarca. Apesar de algumas fraquezas, ele foi capaz de realizar proezas pela fé baseado na providência e soberania de DEUS. Depois da guerra dos reis no vale do Jordão, dois deles encontraram-se com Abrão: os reis de Sodoma e de Salém. Os dois tinham interesses distintos. O rei de Sodoma queria apoderar-se do povo e das riquezas que se encontrava sob o comando de Abrão, enquanto que o rei de Salém, Melquisedeque, queria abençoá-lo. É justamente deste último que se ocupa a lição de hoje. Melquisedeque, pelas suas características, prefigura CRISTO, o Sacerdote Eterno.
 
I. ABRAÃO E O REI DE SODOMA
1. Uma proposta perigosa (Gn 14.17,21-24). (Gn 14.5-10). (Gn 14.17). 
O rei de Sodoma tentou fazer uma aliança com Abrão que esquivou-se sabiamente sabendo que o santo não se une com o profano; o limpo de coração e de mente não se une com o ímpio.
Infelizmente estamos vendo isso hoje com as músicas que são do Diabo e as letras de DEUS; Os Crentes que são de DEUS unindo-se com políticos do Diabo;  Crentes que se casam com descrentes, etc...
Só existe uma solução: A volta para a palavra de DEUS e para a oração. 
1 Ts 4.7 Porque DEUS não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação (separação do mundo).
2 Co 6.14 14 Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas? 15 Que harmonia há entre CRISTO e Belial? Ou que parte tem o crente com o incrédulo? 16 E que consenso tem o santuário de DEUS com ídolos? Pois nós somos santuário de DEUS vivo, como DEUS disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu DEUS e eles serão o meu povo. 17 Pelo que, saí vós do meio deles e separai-vos, diz o Senhor; e não toqueis coisa imunda, e eu vos receberei; 18 e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso. 
2. Um espólio tentador e comprometedor (Gn 14.21). (Gn 14.22,23). Ler Mt 16.26. (Gn 14.13,22-24). Gênesis 15.1: “Não temas Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão”. Ver também Hb 11.9,10.
O rei de Sodoma queria que Abrão ficasse com os despojos de guerra, mas Abrão servo do DEUS Altíssimo não se contaminou com as riquezas ganhas em guerra e através de alianças com ímpios, antes confiou que DEUS o faria prosperar de maneira honesta e em paz consigo mesmo e com DEUS.
Estamos assistindo a uma verdadeira quermesse nas Igrejas onde os santos vão às ruas atrás de descrentes para arrecadarem fundos para construírem ou para fazerem festas; também estão fazendo comércio dentro dos templos, vendendo CD e livros; estão aceitando dinheiro de políticos corruptos em troca de votos. DEUS está vendo tudo isso e tomará as devidas providências, para isso só precisa encontrar crentes fiéis que se levantem contra o pecado.
Dt 12.26 Somente tomarás as coisas santas que tiveres, e as tuas ofertas votivas, e irás ao lugar que o Senhor escolher;
Dt 23.18 não trarás o salário da prostituta nem o aluguel do sodomita para a casa do Senhor teu DEUS por qualquer voto, porque uma e outra coisa são igualmente abomináveis ao Senhor teu DEUS.
Is 1.13 Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação. As luas novas, os sábados, e a convocação de assembleias ... não posso suportar a iniquidade e o ajuntamento solene!

3. O perigo da aliança com o mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de DEUS permanece para sempre” (1 Jo 2.15-17). (1 Jo 5.19; Lc 13.16; 2 Co 4.4; Gl 1.4). (Lc 17.28), a Imoralidade (Gn 18.20), a Soberba (Ez 16.49) e o Egoísmo (Ez 16.49) - DEUS nos livre destes terríveis pecados!

Nenhum comentário: