quinta-feira, 8 de abril de 2010

ESTUDOS DA LIÇÃO 2 - OS PERIGOS DO DESVIO ESPIRITUAL

LIÇÃO 2 - OS PERIGOS DO DESVIO ESPIRITUAL
Lições Bíblicas Aluno - Jovens e Adultos - 2º Trimestre de 2010
Jeremias - Esperança em tempos de crise
Comentários da revista da CPAD: Pr. Claudionor de Andrade
Consultor Doutrinário e Teológico da CPAD: Pr. Antonio Gilberto
Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev.. Luiz Henrique de Almeida Silva


LEITURA BÍBLICA DIÁRIA
Segunda - Jr 2.7 Israel contaminou a Terra da Promessa
Terça - Jr 2.8 Os sacerdotes ignoraram a DEUS
Quarta - Jr 2.11 O povo desprezou a glória divina
Quinta - Jr 2.1 3 O povo cavou cisternas rotas
Sexta - Jr 2.1 7 A nação deixou o Senhor
Sábado - Jr 2 A presunção espiritual de Israel

TEXTO ÁUREO
"Porque o meu povo fez duas maldades a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas que não retêm as águas"(Jr 2.13).

VERDADE PRATICA
Não podemos compactuar com a apostasia. Ela tem de ser erradicada de entre o povo de DEUS para que não venhamos a perecer em nossos pecados.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Jeremias 2.1-7,12,13
1 - E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: 2 - Vai e clama aos ouvidos de Jerusalém, dizendo: Assim diz o SENHOR: Lembro-me de ti, da beneficência da tua mocidade e do amor dos teus desposórios, quando andavas após mim no deserto, numa terra que se não semeava. 3 - Então, Israel era santidade para o SENHOR e era as primícias da sua novidade; todos os que o devoravam eram tidos por culpados; o mal vinha sobre eles, diz o SENHOR. 4 - Ouvi a palavra do SENHOR, ó casa de Jacó e todas as famílias da casa de Israel. 5 - Assim diz o SENHOR: Que injustiça acharam vossos pais em mim, para se afastarem de mim, indo após a vaidade e tornando-se levianos? 6 - E não disseram: Onde está o SENHOR, que nos fez subir da terra do Egito? Que nos guiou através do deserto, por uma terra de ermos e de covas, por uma terra de sequidão e sombra de morte, por uma terra em que ninguém transitava, e na qual não morava homem algum. 7 - E eu vos introduzi numa terra fértil, para comerdes o seu fruto e o seu bem; mas, quando nela entrastes, contaminastes a minha terra e da minha herança fizestes uma abominação. 12 - Espantai-vos disto, ó céus, e horrorizai-vos! Ficai verdadeiramente desolados, diz o SENHOR. 13- Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas.

2.2 LEMBRO-ME DE TI. No começo da história de Israel, o povo de DEUS confiava nEle com profunda devoção. A comunhão com DEUS era tão profunda que a nação era considerada a esposa do Senhor (cf. 3.14; 31.32; Is 54.5). Agora, porém, toda a casa de Israel tinha abandonado a DEUS para seguir outros deuses (vv. 4,5,25).
2.5 PARA SE AFASTAREM DE MIM? Israel virou as costas para DEUS, mas DEUS permaneceu fiel ao seu povo. Todo crente enfrenta a mesma tentação de se esquecer da bondade de DEUS e sua salvação, quando andam segundo sua vontade, e nos prazeres pecaminosos do mundo.
2.8 ONDE ESTÁ O SENHOR? Os sacerdotes estavam tão indiferentes à presença e ao poder de DEUS que não notaram que Ele os deixara. Não procuravam saber por que a presença e a bênção do Senhor se haviam afastado de Israel. Hoje, os líderes espirituais devem se preocupar e muito, quando a presença de DEUS e as manifestações do ESPÍRITO SANTO não se constatarem nas suas congregações. O fiel servo de DEUS perguntará: Onde está o SENHOR?
2.8 OS QUE TRATAVAM DA LEI NÃO ME CONHECERAM. É lamentável quando alguém é estudante ou mestre da Palavra de DEUS sem, porém, conhecer o Senhor como seu Salvador pessoal e ter ampla comunhão com Ele.

2.8 OS PROFETAS PROFETIZARAM POR BAAL. Os profetas tinham o dever de encaminhar o povo de volta a DEUS e de chamá-lo ao arrependimento. O profeta devia falar somente a Palavra de DEUS. Entretanto, muitos dos profetas de Judá, por estarem totalmente desviados, profetizavam pelo poder demoníaco, em nome dos ídolos. Se os pastores e os líderes de hoje pregam idéias humanistas, como as que se encontram em grande parte da psicologia, filosofia e na teologia liberal contemporâneas, em vez de pregarem a Palavra de DEUS, tornam-se tão culpados quanto os falsos profetas dos tempos de Jeremias
2.13 FEZ DUAS MALDADES. O povo de DEUS do antigo concerto cometeu dois pecados principais:
(1) abandonaram o Senhor (cf. 17.13; Sl 36.9; Jo 10.10), e
(2) buscaram vida e prazer nas coisas do mundo. Ao agirem assim, abdicaram do seu propósito e destino como povo redimido (v. 11).
A verdadeira água viva (cf. Jo 4.10-14; 7.37-39) está na comunhão pessoal com DEUS, por meio de CRISTO.




Agora, nós vemos o que é uma cisterna. Vemos o que ela apanha. Vemos como é feita. É uma coisa feita pelo homem que cai de um telhado sujo. A água que cai atingindo o telhado sujo, e ela simplesmente lava o telhado, descendo através de algo feito pelo homem, através de uma canaleta feita pelo homem, para um tanque feito pelo homem. E toda a imundície se ajunta ali, e os germes, as lagartixas, e sapos, e coisas da terra assim. E observem, eles são animais impuros, vermes, estagnados. Um verme não pode viver em água limpa. Se viver, aquilo o matará. Ele tem que estar na estagnada. E esta é a maneira que é com muitos destes parasitas hoje. Eles não podem viver na água fresca do Espírito Santo. Esta é a razão porque eles se
firmam contra a Palavra, e dizem que Ela contradiz a Si mesma; não há nada Nisto. É porque eles têm que ter algum tipo de tanque estagnado para se agitarem nela. Amam a sujeira, o pecado, a lama, a imundície. Esta é a mesma maneira que é com os sapos, e com as lagartixas, e com os girinos, e tais como estes. Eles têm que se reunirem ao redor de um pântano ou de um tanque estagnado para viverem, pois é da natureza deles viver ali. E você não pode mudar um animal até que você mude a sua natureza. E você não pode fazer um homem ver a Palavra de Deus até que a natureza dele seja mudada. E quando sua natureza é mudada do que ele é para um filho de Deus e o Espírito Santo entra nele. . . O Espírito Santo escreveu a Palavra de Deus em seu coração e agora ela bebe das águas puras, bebe da água que é CRISTO, bebe água viva.

A APOSTASIA PESSOAL
Hb 3.12 “Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do DEUS vivo”.

A apostasia (gr. apostásis) aparece duas vezes no NT como substantivo (At 21.21; 2Ts 2.3) e, aqui em Hb 3.12, como verbo (gr. aphistemi, traduzido “apartar”). O termo grego é definido como decaída, deserção, rebelião, abandono, retirada ou afastar-se daquilo a que antes se estava ligado; afastamento, abandono premeditado e consciente da fé cristã.

(1) Apostatar significa cortar o relacionamento salvífico com CRISTO, ou apartar-se da união vital com Ele e da verdadeira fé nEle (ver o estudo FÉ E GRAÇA). Sendo assim, a apostasia individual é possível somente para quem já experimentou a salvação, a regeneração e a renovação pelo ESPÍRITO SANTO (cf. Lc 8.13; Hb 6.4,5); não é simples negação das doutrinas do NT pelos inconversos dentro da igreja visível. A apostasia pode envolver dois aspectos distintos, embora relacionados entre si:
(a) a apostasia teológica, i.e., a rejeição de todos os ensinos originais de CRISTO e dos apóstolos ou dalguns deles (1Tm 4.1; 2Tm 4.3); e
(b) a apostasia moral, i.e., aquele que era crente deixa de permanecer em CRISTO e volta a ser escravo do pecado e da imoralidade (Is 29.13; Mt 23.25-28; Rm 6.15-23; 8.6-13).

(2) A Bíblia adverte fortemente quanto à possibilidade da apostasia, visando tanto nos alertar do perigo fatal de abandonar nossa união com CRISTO, como para nos motivar
a perseverar na fé e na obediência. O propósito divino desses trechos bíblicos de advertência não deve ser enfraquecido pela idéia que afirma: “as advertências sobre a apostasia são reais, mas a sua possibilidade, não”. Antes, devemos entender que essas advertências são como uma realidade possível durante o nosso viver aqui, e devemos considerá-las um alerta, se quisermos alcançar a salvação final. Alguns dos muitos trechos do NT que contêm advertências são: Mt 24.4,5,11-13; Jo 15.1-6; At 11.21-23; 14.21,22; 1Co 15.1,2; Cl 1.21-23; 1Tm 4.1,16; 6.10-12; 2Tm 4.2-5; Hb 2.1-3; 3.6-8,12-14; 6.4-6; Tg 5.19,20; 2Pe 1.8-11; 1Jo 2.23-25.

(3) Exemplos da apostasia propriamente dita acham-se em Êx 32; 2Rs 17.7-23; Sl 106; Is 1.2-4; Jr 2.1-9; At 1.25; Gl 5.4; 1Tm 1.18-20; 2Pe 2.1,15,20-22; Jd 4,11-13; a apostasia, segundo a Bíblia, ocorrerá dentro da igreja professa nos últimos dias desta era:
Ocorrerá a “apostasia” (gr. apostasia), que literalmente significa “desvio’’, “afastamento’’, “abandono’’ (2.3). Nos últimos dias, um grande número de pessoas da igreja apartar-se-á da verdade bíblica.
(a) Tanto o apóstolo Paulo quanto CRISTO revelam um quadro difícil da condição de grande parte da igreja — moral, espiritual e doutrinariamente — à medida que a era presente chega ao seu fim (cf. Mt 24.5, 10-13, 24; 1Tm 4.1; 2Tm 4.3,4). Paulo, principalmente, ressalta que nos últimos dias elementos ímpios ingressarão nas igrejas em geral.
(b) Essa “apostasia” dentro da igreja terá duas dimensões.
(i) A apostasia teológica, que é o desvio de parte ou totalidade dos ensinos de CRISTO e dos apóstolos, ou a rejeição deles (1Tm 4.1; 2 Tm 4.3). Os falsos dirigentes apresentarão uma salvação fácil e uma graça divina sem valor, desprezando as exigências de CRISTO quanto ao arrependimento, à separação da imoralidade, e à lealdade a DEUS e seus padrões (2Pe 2.1-3,12-19). Os falsos evangelhos, voltados a interesses humanos, necessidades e alvos egoístas, gozarão de popularidade.
(ii) A apostasia moral, que é o abandono da comunhão salvífica com CRISTO e o envolvimento com o pecado e a imoralidade. Esses apóstatas poderão até anunciar a sã doutrina bíblica, e mesmo assim nada terem com os padrões morais de DEUS (Is 29.13; Mt 23.25-28).
Muitas igrejas permitirão quase tudo para terem muitos membros, dinheiro, sucesso e prestígio (ver 1Tm 4.1). O evangelho da cruz, com o desafio de sofrer por CRISTO (Fp 1.29), de renunciar todo pecado (Rm 8.13), de sacrificar-se pelo reino de DEUS e de renunciar a si mesmo será algo raro (Mt 24.12; 2Tm 3.1-5; 4.3).
(c) Tanto a história da igreja, como a apostasia predita para os últimos dias, advertem a todo crente a não pressupor que o progresso do reino de DEUS é infalível na sua continuidade, no decurso de todas as épocas e até o fim. Em determinado momento da história da igreja, a rebelião contra DEUS e sua Palavra assumirá proporções espantosas. No dia do Senhor, cairá a ira de DEUS contra os que rejeitarem a sua verdade (1Ts 5.2-9).
(d) O triunfo final do reino de DEUS e sua justiça no mundo, portanto, depende não do aumento gradual da igreja professa, mas da intervenção final de DEUS, quando Ele se manifestará ao mundo com justo juízo (Ap 19—22; ver 2Ts 2.7,8; 1Tm 4.1; 2Pe 3.10-13; Jd).

(4) Os passos que levam à apostasia são:
(a) O crente, por sua falta de fé, deixa de levar plenamente a sério as verdades, exortações, advertências, promessas e ensinos da Palavra de DEUS (Mc 1.15; Lc 8.13; Jo 5.44,47; 8.46).
(b) Quando as realidades do mundo chegam a ser maiores do que as do reino celestial de DEUS, o crente deixa paulatinamente de aproximar-se de DEUS através de CRISTO (4.16; 7.19,25; 11.6).
(c) Por causa da aparência enganosa do pecado, a pessoa se torna cada vez mais tolerante do pecado na sua própria vida (1Co 6.9,10; Ef 5.5; Hb 3.13). Já não ama a retidão nem odeia a iniqüidade (ver 1.9).
(d) Por causa da dureza do seu coração (3.8,13) e da sua rejeição dos caminhos de DEUS (v. 10), não faz caso da repetida voz e repreensão do ESPÍRITO SANTO (Ef 4.30; 1Ts 5.19-22; Hb 3.7-11).
(e) O ESPÍRITO SANTO se entristece (Ef 4.30; cf. Hb 3.7,8); seu fogo se extingue (1Ts 5.19) e seu templo é profanado (1Co 3.16). Finalmente, Ele afasta-se daquele que antes era crente (Jz 16.20; Sl 51.11; Rm 8.13; 1Co 3.16,17; Hb 3.14).
(5) Se a apostasia continua sem refreio, o indivíduo pode, finalmente, chegar ao ponto em que não seja possível um recomeço.
(a) Isto é, a pessoa que no passado teve uma experiência de salvação com CRISTO, mas que deliberada e continuamente endurece seu coração para não atender à voz do ESPÍRITO SANTO (3.7-19), continua a pecar intencionalmente (10.26) e se recusa a arrepender-se e voltar para DEUS, pode chegar a um ponto sem retorno em que não há mais possibilidade de arrependimento e de salvação (6.4-6; Dt 29.18-21; 1 Sm 2.25; Pv 29.1). Há um limite para a paciência de DEUS (ver 1 Sm 3.11-14; Mt 12.31,32; 2 Ts 2.9-11; Hb 10.26-29,31; 1 Jo 5.16).
(b) Esse ponto de onde não há retorno, não se pode definir de antemão. Logo, a única salvaguarda contra o perigo de apostasia extrema está na admoestação do ESPÍRITO: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações ( 3.7,8,15; 4.7).
(6) É próprio salientar que, embora a apostasia seja um perigo para todos os que vão se desviando da fé (2.1-3) e que se apartam de DEUS (6.6), ela não se consuma sem o constante e deliberado pecar contra a voz do ESPÍRITO SANTO (ver Mt 12.31, nota sobre o pecado contra o ESPÍRITO SANTO).
(7) Aqueles que, por terem um coração incrédulo, se afastam de DEUS (3.12), podem pensar que ainda são verdadeiros crentes, mas sua indiferença para com as exigências de CRISTO e do ESPÍRITO SANTO e para com as advertências das Escrituras indicam o contrário. Uma vez que alguém pode enganar-se a si mesmo, Paulo exorta todos aqueles que afirmam ser salvos: "Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos" (ver 2 Co 13.5).
(8) Quem, sinceramente, preocupa-se com sua condição espiritual e sente no seu coração o desejo de voltar-se arrependido para DEUS, tem nisso uma clara evidência de que não cometeu a apostasia imperdoável. As Escrituras afirmam com clareza que DEUS não quer que ninguém pereça (2 Pe 3.9; cf. Is 1.18,19; 55.6,7) e declaram que DEUS receberá todos que já desfrutaram da graça salvadora, se arrependidos, voltarem a Ele (cf. Gl 5.4 com 4.19; 1 Co 5.1-5 com 2 Co 2.5-11; Lc 15.11-24; Rm 11.20-23; Tg 5.19,20; Ap 3.14-20; note o exemplo de Pedro, Mt 16.16; 26.74,75; Jo 21.15-22).

OBJETIVOS - Após esta aula. o aluno deverá estar apto a:
Explicar o que é apostasla.
Compreender em que consistia a apostas ia de Israel.
Conscientizar-se de que não podemos com pactuar com a apostasia, para que não venhamos a perecer.




ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA
Professor, reproduza a tabela acima no quadro-de-giz. Ela será útil para mostrar aos alunos. de modo resumido, o ambiente da época.
a mensagem principal de Jeremias e sua Importância.
Explique à classe que Jeremias foi enviado como profeta para repreender Judá por sua rebelião. O povo de Judá estava adorando outros deuses embora tivessem sido instruídos pelo Senhor a respeito desse terrível pecado (Êx 20.3-6). DEUS abomina a idolatria Precisamos ter cuidado! Na atualidade muitos "ídolos" tentam roubar nossa atenção do único e verdadeiro DEUS. Diga aos alunos que precisamos estar atentos.

RESUMO DA LIÇÃO 2
OS PERIGOS DO DESVIO ESPIRITUAL
INTRODUÇÃO
I. O QUE É A APOSTASIA
1. Definição.
2. A apostasia de Israel.
II. UM BRADO CONTRA A APOSTASIA
1. Falar em nome do Senhor.
2. Ser autêntico e não politicamente correto.
3. Anunciar ao povo a tragédia que os rondava.
III. EM QUE CONSISTIA A APOSTASIA DE ISRAEL
1. O afastamento de Jeová.
2. O esquecimento de Jeová.
3. O desprezo pelas coisas divinas.
CONCLUSÃO
Que nada nos desvie de Nosso Senhor JESUS CRISTO.
Em breve virá Ele buscar a sua Igreja. Se não estivermos
preparados, como subsistiremos nesse grande dia?

REFLEXÃO
"Estejamos preparados a fim de expor com ousadia e integridade todo o conselho de DEUS." Claudionor de Andrade
SINOPSE DO TÓPICO (1)
Israel abandonou o Único e Verdadeiro DEUS, para seguir os ídolos e os costumes dos povos ímpios vizinhos.
SINOPSE DO TÓPICO (2)
Jeremias tinha como missão exortar o povo à obediência e alertá-Ios quanto à desgraça que se avizinhava de suas fronteiras: os exércitos babilônios.
REFLEXÃO
"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento [...]" Romanos 12.2
SINOPSE DO TÓPICO (3)
Os filhos de Israel desprezavam ao Senhor e as suas leis.

AUXÍLIO BIBLIOGRÁFICO - Subsídio Bibliológico A Impudência de Judá
"A transgressão irrestrita acaba levando a um estado de impudência (falta de vergonha), onde o indivíduo é incapaz de se importar. Isso agora pode ser visto em relação ao destino de Judá. Embora apanhado em seu pecado como um ladrão e envergonhado por causa de sua conduta, seus reis [..,], príncipes [ou] e os seus profetas continuaram praticando a prostituição espiritual. Eles dizem ao pedaço de madeira (uma árvore ou ídolo de madeira): Tu és meu pai; e à pedra (ídolo): Tu me geraste. Eles desdenhosamente
viraram as costas para o Senhor, a fim de fazerem o que bem Ihes apraz; no entanto, quando aparece a dificuldade, sem o menor constrangimento voltam-se novamente para o Senhor e clamam por sua ajuda. Isso revela a completa irracionalidade do pecado, e DEUS os repreende: Onde, pois, estão os teus deuses, que fizeste para ti? Que se levantem, se te podem livrar. Não havia falta desses deuses, porque cada cidade tinha pelo menos um deus. Quando o castigo continuava, eles se voltavam na sua miséria e reclamavam contra DEUS, como se não tivessem cometido nenhum pecado e tivessem todo o direito de esperar sua ajuda.
Apesar do fato de DEUS permitir o sofrimento para afastá-Ios do seu pecado, eles não aprenderam da sua experiência. Eles não aceitaram a correção, mas mataram os verdadeiros profetas com a espada, na sua loucura em servir outros deuses" (Comentário Bíblico Beacon. Vol. 4: Isaías a Daniel. Rio de Janeiro, CPAD, 2005, pp. 268-69).

AUXÍLIO BIBLIOGRÁFICO - Subsídio Bibliológico
A Escatologia de Jeremias - "Nos capítulos 2-29, Jeremias previu a chegada de Nabucodonosor, a conquista de Judá, a destruição de Jerusalém e a deportação do povo para a Babilônia. Nos capítulos 30-33, ele previu uma era futura, quando DEUS reverteria a sorte de Israel/Judá. Ao fim dos setenta anos, DEUS destruiria a Babilônia (25.11-14) e reconduziria os exilados à Terra Prometida" (29.10-14) (LAHAYE, Enciclopédia Popular de Profecia Bíblica.1. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008, p.189).
Subsídio Teológico - Apostasia - "A apostasia deve ser diferenciada da ignorância ou da falta de conhecimento, bem como da heresia, que é um conhecimento errado (2 Tm 2.25,26). Os homens podem ser salvos da ignorância, mas não da apostasia. Ela é caracterizada por uma rejeição deliberada da divindade de CRISTO (l Jo 2.22,23; Judas 4) e sua morte expiatória" (Fp 3.18) (Dicionário Bíblico Wycliff. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p.161).

Subsidio Devocional
Cisternas quebradas (2.13) - "A invenção de cisternas rebocadas, no subsolo, permitia ao povo do Antigo Testamento viver em áreas montanhosas, onde o índice pluviométrico era pequeno. Jeremias usa desse exemplo familiar para mostrar a tolice da idolatria de Judá. Era o mesmo que manter constante fluxo de água para o interior do deserto, na tentativa de armazená-Ia em cisternas com fissuras, incapazes, portanto, de reter a água e. por conseguinte, de sustentar a vida" (RICHARDS, Lawrence o. Guia do Leitor da Bíblia. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2005, p.450).

QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 2 - OS PERIGOS DO DESVIO ESPIRITUAL
RESPONDA CONFORME A REVISTA DA CPAD DO 2º TRIMESTRE DE 2010
Complete os espaços vazios e marque com "V" as respostas corretas e com "F" as falsas.

TEXTO ÁUREO

1- Complete:

"Porque o meu povo fez _______________ maldades a mim me deixaram, o __________________ de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas _________________ que não retêm as águas" (Jr 2.13).

VERDADE PRÁTICA

2- Complete:

Não podemos compactuar com a _________________________. Ela tem de ser __________________ de entre o povo de DEUS para que não venhamos a ___________________ em nossos pecados.

INTRODUÇÃO

3- Qual era a situação de Israel na época de Jeremias?

( ) Judá aguardava com ansiedade e temor o Messias prometido.

( ) Os judeus continuavam a viver como se DEUS não existisse.

( ) Escarneciam eles do Senhor, alegando que Ele não faz bem, nem mal.

( ) Do rei ao mais humilde dos súditos, achavam-se todos indiferentes ao Eterno e à sua Palavra.

( ) Em conseqüência de sua apostasia, seriam eles exilados de sua terra e passariam a viver insuportáveis provações.

( ) A advertência do profeta era não somente clara, mas explícita. Os judeus, porém, teimavam em seus pecados.

I. O QUE É A APOSTASIA

4- Qual a definição de apostasia?

( ) É uma posição que se assume contrário à idolatria e à imoralidade.

( ) O termo apostasia é proveniente do vocábulo grego apostásis. que significa afastamento.

( ) É o abandono consciente e premeditado da fé que nos foi revelada por intermédio de Nosso Senhor JESUS CRISTO (l Tm 4.1).

( ) É o desvio que conduz à morte espiritual.

5- Em que constituia-se a apostasia de Israel?

( ) Constituiu-se no abandono do Único e Verdadeiro DEUS, conforme revelado na Lei e nos Escritos Sagrados.

( ) constitiu-se no abandono da monarquia e dos sacrifícios no Templo em Jerusalém.

( ) Constituiu-se esta no apego aos ídolos e aos costumes dos povos vizinhos.

II. UM BRADO CONTRA A APOSTASIA

6- Para que DEUS convocou Jeremias?

( ) Para ser mais um dos profetas que apoiariam o povo numa rebelião contra os babilônios.

( ) Para que bradasse contra a rebeldia da casa de Judá.

( ) Para convencer o rei de que deveria enfrentar Nabucodonozor e seus exércitos.

7- Qual era a missão de Jeremias?

( ) Livrar o rei da iminente derrota política que se avizinhava e proclamá-lo profeta de DEUS.

( ) Era a sua missão exortar o rei à obediência.

( ) Conclamar os sacerdotes à santificação.

( ) Desestimular os falsos profetas.

( ) Alertar o povo quanto à desgraça que se avizinhava de suas fronteiras.

8- A ordem do Senhor era mais do que explícita: "Vai e clama aos ouvidos de Jerusalém, dizendo: Assim diz o Senhor" (Jr. 2.1,2). O que deveria Jeremias dizer ao povo?

O profeta Jeremias haveria de:

( ) Falar em nome do Senhor, ser autêntico e politicamente correto em anunciar ao povo o livramento que o Senhor os daria.

( ) Falar em nome do Senhor, ser autêntico e não politicamente correto e anunciar ao povo a tragédia que os rondava.

( ) Falar em nome do Senhor, ser verdadeiro e não politiqueiro e anunciar ao povo a bênção que os esperava.

9- O que significa "falar em nome do Senhor"?

( ) Significa ser portavoz de DEUS somente para mensagens de um futuro promissor e feliz.

( ) Falaria ele em nome do Único e Verdadeiro DEUS.

( ) Todo o Israel deveria reconhecer que Jeremias era, de fato, um autêntico profeta de DEUS e não um mero crítico social.

10- Como temos pregado a Palavra de DEUS? Em nosso nome? Ou no nome de CRISTO JESUS? Complete:

À semelhança de Paulo, estejamos preparados a fim de ___________________ com ___________________ e integridade todo o conselho de DEUS (At 20.7).

Somente assim, teremos condições de _______________________ a apostasia que ameaça a ____________________ da Igreja.

11- O que quer dizer: "ser autêntico e não politicamente correto''?

( ) É ser honesto no saber e dizer o que pensa sem se importar com o que diz a bíblia.

( ) Este é o mal que atinge muitos pregadores: a síndrome do politicamente correto.

( ) Sacrificam a genuinidade do Evangelho no altar de interesses efêmeros e abomináveis.

12- Jeremias fora chamado para ser autêntico. Complete:

Tendo como único compromisso a proclamação da Palavra de DEUS, ousou ______________________ o rei, os nobres e o povo.

Assumamos nossa posição como homens de ____________________. Preguemos corajosamente a sua Palavra, ainda que isto venha a custar-nos a própria ______________.

13- Complete:

Do rei ao mais insignificante dos súditos, achavam todos que, apesar de seus muitos e grosseiros pecados, jamais seriam ____________________ pelo Senhor.

Jeremias, contudo, adverte-os: tal impunidade era __________________. Se não se ______________________, muito sofreriam sob o látego babilônico.

III. EM QUE CONSISTIA A APOSTASIA DE ISRAEL

14- Em que consistia a apostasia de Israel?

( ) Na linguagem poética, equivalia isso a um desquite entre a esposa em Sião e Jeová.

( ) Os filhos de Judá rebelaram-se contra o Senhor, esqueceram-se de todas as suas benignidades e voltaram-se para os ídolos.

( ) Na linguagem profética, equivalia isso a um divórcio entre a virgem filha de Sião e Jeová.

15- Quais as conseqüências da apostasia dos israelitas?

( ) O afastamento de Jeová.

( ) O esquecimento de Jeová.

( ) A aproximação de DEUS com seu perdão.

( ) O desprezo pelas coisas divinas.

16- Como foi o afastamento de Jeová?

( ) De posse da Terra das Promissões, foram os filhos de Israel afastando-se de DEUS e apegando-se aos ídolos das nações vizinhas.

( ) DEUS pede perdão ao seu povo pelo seu sofrimento.

( ) Diante da apostasia de seu povo, pergunta-Ihes o Senhor: "Que injustiça acharam vossos pais em mim, para se afastarem de mim, indo após a vaidade e tornando-se levianos?" (Jr. 2.5).

( ) Que indagação pesarosa! Se Israel lhe era a possessão peculiar, e se do Senhor recebera tantas bênçãos, por que se desviou de seu Redentor?

17- Como foi o esquecimento de Jeová?

( ) Os filhos de Israel não mais perguntavam por Jeová.

( ) Judá clamava por DEUS e seu socorro.

( ) Era como se o Todo-Poderoso, que os tirara com mão forte do Egito, não mais Ihes representasse coisa alguma.

( ) Eles imaginavam que poderiam viver sem o seu Redentor (Jr. 2.8).

18- Como foi o desprezo pelas coisas divinas?

( ) "Houve alguma nação que trocasse os seus deuses, posto não serem deuses?

( ) Todavia, o meu povo trocou a sua glória pelo que é de nenhum proveito"?

( ) Na verdade aquele povo não tinha entendimento e estava sendo enganado sem saber.

19- Complete:

Se os filhos de Israel trocaram a glória de DEUS pelos ________________________ vãos, quantos de nós não estamos a trocar a _______________________ do Evangelho por teologias e modismos ________________________ que só trazem confusão e miséria espiritual. Urge voltarmos às origens do avivamento autenticamente pentecostal.

CONCLUSÃO

20- Complete:

Os filhos de Judá caíram na ______________________. Desviaram-se do Senhor, correndo atrás de coisas efêmeras. A Palavra de DEUS alerta-nos: "Mas o ESPÍRITO expressamente diz que, nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ___________________ a espíritos enganadores e a doutrinas de _____________________" (1 Tm 4.1). Zelemos pela sã doutrina. E que nada nos desvie de Nosso Senhor JESUS CRISTO. Em breve virá Ele buscar a sua Igreja. Se não estivermos preparados, como subsistiremos nesse grande dia?

RESPOSTAS DO QUESTIONÁRIO NOS VÍDEOS EM http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm

AJUDA
CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - BÍBLIA de Estudos Pentecostal.
VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD.
Nosso novo endereço: http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/
Veja vídeos em http://ebdnatv.blogspot.com, http://www.ebdweb.com.br/ - Ou nos sites seguintes: 4Shared, BauCristao, Dadanet, Dailymotion, GodTube, Google, Magnify, MSN, Multiply, Netlog, Space, Videolog, Weshow, Yahoo, Youtube.

Nenhum comentário: